O cheque caução é muito utilizado para aluguéis, serviços e até aquisições de crédito

O cheque caução é uma modalidade utilizada por empresas que precisam de uma certeza de devolução. Ele funciona como garantia de que você irá pagar por algo que usou ou alugou. Portanto, ele não é uma forma de pagamento à vista e por esse motivo, ele não costuma ser descontado e geralmente é devolvido.

A exigência do cheque pode ser feita por empresas que trabalham com serviços e aluguéis. Assim, se acontecer qualquer problema com o carro ou com o imóvel, o valor do cheque pode ser descontado para cobrir o prejuízo.

Confira as principais dúvidas sobre o tema:

Como funciona um cheque caução?

Caução é do que o termo usado para uma garantia oferecida a um prestador. Funciona para se, caso aconteça algo fora do planejado no negócio, ele não sairá no prejuízo.

O valor solicitado servirá como garantia e será equivalente ao produto ou serviço. No entanto, se correr tudo como planejado, o cliente poderá reaver o seu cheque sem sofrer nenhum prejuízo. No caso do cartão de crédito como caução, o limite comprometido é liberado.

Essa modalidade é prevista em lei?

O cheque caução é legal. No entanto, existe uma exceção prevista na legislação brasileira: hospitais não podem demandar esta garantia para a realização de atendimentos emergenciais.

Essa é considerada uma conduta abusiva e constitui um crime. Em primeiro lugar, porque fere o direito do consumidor que paga o seu plano de saúde regularmente. Em segundo, porque dificulta o acesso de quem não possui plano de emergência.

Veja também – Faça a simulação do seu crédito pessoal com segurança na FinanZero!

Como funciona o cheque caução para locação de imóvel?

A caução de imóveis funciona da seguinte forma: o locador dá como garantia o valor de até três aluguéis para o proprietário do imóvel. A garantia pode ser em forma de um cheque-caução, depósito caução ou depósito cautelar.

O valor é pago no mesmo momento do fechamento do contrato de aluguel e pode cobrir reparos na casa causados por mau uso do imóvel pelo cliente, pinturas estragadas, perfurações indevidas, entre outros.

Como preencher um cheque caução?

O cheque deverá ser preenchido como um cheque comum, em caso do cheque propriamente dito. Entretanto, algumas medidas podem aumentar a segurança de quem emite esse tipo de cheque. São elas:

  • no verso do cheque, escreva que ele é um cheque caução;
  • indique em qual circunstância ele poderá ser depositado;
  • se possível, notifique seu banco da existência dele;
  • faça o cheque nominal não à ordem, evitando que seja depositado por terceiros e impedir a empresa de repassar o cheque para outra pessoa.

Ficou com alguma dúvida sobre como funciona o cheque caução e quando ele pode ser pedido? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.