Prazo para solicitar a isenção do Enem e justificar ausência do ano passado termina no dia 17 de abril

Estudantes do Brasil inteiro se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Contudo, uma grande parcela das pessoas que iram realizar a prova não têm condições de pagar o valor imposto. Isso porque, os alunos realizam o exame com o intuito de buscar uma vaga nas universidades públicas do País, ou bolsa 100% para em faculdades particulares.

Com isso, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) garante aos estudantes de baixa renda a isenção total da taxa de R$ 85 do Exame. Porém os pedidos de isenção serão recebidos apenas até o dia 17 de abril, sexta-feira. A previsão é que cerca de 70% dos participantes consigam o benefício. Para saber o passo de como pedir a isenção sem sair de casa a redação da FinanZero preparou algumas dicas importantes.

Veja também – Como regularizar o título eleitoral?

Quem pode solicitar a isenção do Enem?

Não são todos os estudantes que podem realizar a solicitação de isenção completa de taxa. Primeiro é necessário saber se o perfil do aluno se enquadra em alguma das condições que garantem o benefício. Têm direito à isenção da taxa 100% do Enem:

  • Alunos da rede pública que estão cursando o último ano do ensino médio em 2020.
  • Estudantes com renda mensal de até um salário mínimo e meio, que tenham cursado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa 100% integral comprovada em escolas particulares.
  • Candidatos devidamente declarados em situação de vulnerabilidade econômica, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). A renda familiar, por pessoa, deve ser de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos completos.

Como enviar a solicitação de isenção de taxa?

O pedido deve ser realizado pela internet, no site do Enem-Inep. Basta seguir o passo a passo:

  • Acesse a página do participante, no site oficial do Enem 2020.
  • Selecione a opção no campo superior da tela “Isenção Enem 2020”.
  • Insira o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e data de nascimento.
  • Selecione qual é a figura demonstrada no site e envie o formulário.
  • Aparecerá na tela os termos de solicitação para que o usuário concorde.
  • Na tela seguinte, confira se os dados pessoais estão corretos e preenchas os dados de endereço.
  • Coloque com cuidado as informações sobre o ensino médio, um erro pode desclassificar o participante para a isenção de taxa.
  • O site solicitará o número do “NIS”, caso o estudante não possua basta continuar com esse campo em branco.
  • Preencha o questionário socioeconômico, lembrado que as informações serão checadas pelo Inep posteriormente.
  • Coloque todos os dados de contato pedidos.

Assim que o aluno concluir todas as etapas citadas acima, pelo site aparecerá uma mensagem confirmando que está tudo certo. O retorno referente a solicitação será enviada por e-mail, mas o candidato pode acompanhar no site também.

Qual o prazo para solicitação?

Vale ressaltar que o período para realizar o cadastro que dá direito a isenção de taxa para 2020 e justificar a ausência no Enem do ano passado (2019) vai de 6 a 17 de abril de 2020.

É imprescindível justificar a ausência do Enem em 2019, caso o estudante tenha conseguido a isenção da taxa no ano anterior. Somente perante a uma justificativa viável será concedido o benefício novamente para o mesmo candidato. A justifica, que é feita como uma carta ao Inep, também deve ser enviada pela página do participante no site oficial do Exame.

Como saber se a solicitação de isenção foi aprovada?

Os resultados do pedido de isenção ficarão disponíveis para todos os candidatos no dia 24 de abril, sexta-feira. Para acessar a determinação do Inep basta acessar o site e ir até a página do participante.

Caso a isenção tenha sido negada, o estudante poderá entrar com recurso para pedir uma reavaliação cadastral. Para isso, o cadastramento passa por uma nova análise e o estudante precisa realizar a solicitação novamente. O prazo para pedir vai de 17 de abril a 1 de maio.

Quem conseguir a isenção da taxa deve fazer a inscrição do Enem normalmente entre os dias 11 e 22 de maio de 2020. E os candidatos que não tiveram o benefício da gratuidade concedido precisará pagar a taxa de inscrição completa, dentro do prazo estipulado no edital. Caso contrário, o candidato ficará impedido de realizar as provas.

Veja também – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Qual o calendário de provas?

O Inep confirmou a data de aplicação das provas do Enem 2020:

Para os alunos que optaram pela prova digital no ato da inscrição, as provas serão nos dias 11 e 18 de outubro de 2020. Essa novidade do Inep visa melhorar o desperdício de papel. A ideia é que nos próximos anos todos os alunos façam o Enem apenas no ambiente digital. Contudo, aplicação deste material ainda é experimental e estará disponível apenas em 15 capitais.

Os candidatos que preferirem seguir a estrutura de prova convencional, irão fazer o exame nos dias 01 e 08 de novembro de 2020. O Enem 2020 seguirá a ordem de aplicação das edições anteriores:

  • quatro provas objetivas, cada uma contendo 45 questões de múltipla escolha;
  • uma prova de redação obrigatória que vale até mil pontos.

Ficou com mais alguma dúvida sobre como fazer a isenção do Enem? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.