Empréstimo para negativado

CPF com restrição? Simule seu empréstimo e receba até 10 ofertas!

Empréstimo para negativado

O que é estar negativado?

Quando você fica com uma dívida por muito tempo, a empresa para a qual você deve pode inscrever esse débito nos chamados órgãos de proteção ao crédito. Alguns deles, por exemplo:

Desse modo, a sua dívida se torna uma negativação ao seu CPF. Isso serve como uma forma de aviso de que você tem dívidas em aberto sem vista de pagamento.

Em resumo, o seu CPF fica com um aviso de inadimplência. Essa palavra quer dizer não cumprir uma obrigação; nesse caso, uma financeira.

Isso afeta o seu acesso a crédito. Há bancos, por exemplo, que não dão empréstimos ou cartões de crédito a pessoas que têm negativação. Há instituições, no entanto, que atendem pessoas com restrição no CPF. Mas, ainda assim, a taxa de juros tende a ser mais alta para alguns tipos de empréstimo.

Restrição no CPF e estar negativado é a mesma coisa?

Sim, restrição no CPF é a mesma coisa que estar negativado. Embora sejam formas diferentes, são usados para falar do mesmo perfil: o de inadimplente.

Em ambos os casos, o dono do CPF tem uma dívida ativa cadastrada em algum órgão de proteção ao crédito. Não importa o valor: contanto que não haja acordo para quitar aquele débito, o nome fica negativado.

Corre por aí uma lenda de que as dívidas caducam a cada cinco anos. Isso, no entanto, é falso. O que acontece é que, após cinco anos, o órgão que negativou o seu nome retira a restrição, mas a empresa para a qual você deve ainda tem o direito a receber. Portanto, ela pode entrar com uma ação judicial obrigando você a cumprir o pagamento.

Como estar negativado afeta meu pedido de empréstimo?

Estar negativado afeta de forma direta o que chamamos de score, uma nota de 0 a 1000 que indica o risco ao banco ou à financeira de te dar um empréstimo. Por isso, quando você tem uma restrição ao seu CPF, tem mais desafios para acessar crédito.

Por exemplo:

  • Há bancos que não abrem contas para pessoas negativadas;
  • Aqueles que têm restrição também podem ter menos chances de conseguir cartão de crédito ou limite de cheque especial;
  • Além disso, outros sequer fazem proposta de empréstimo para quem tem negativação;
  • E, por fim, em casos de empréstimo pessoal sem garantia, em geral quem tem restrição no CPF ou CNPJ encara taxas de juros mais altas.

Isso porque, para todos esses serviços, os bancos ou as financeiras veem que existe um risco maior de descumprimento das parcelas. Afinal, a negativação indica que você já não cumpriu outro acordo. Portanto, os juros mais altos são cobrados para mitigar esse risco de calote. 

Como saber se estou negativado?

Para saber se você está negativado, use o serviço gratuito de consulta ao CPF no site Consumidor Positivo. Lá, basta seguir esse passo a passo:

  • Primeiro, acesse Consumidor Positivo por este link;
  • Em seguida, clique em Consulta de CPF, no alto esquerdo da tela; e
  • Por fim, digite o CPF e selecione Consulte Já.

Será preciso fazer um cadastro, mas você poderá conferir o status do seu CPF diante dos órgãos nacionais de proteção ao crédito do país.

A partir dos dados lá contidos, você pode contatar a empresa para a qual deve e, por exemplo, negociar a dívida.

Como limpar meu nome?

O primeiro passo para limpar o nome é procurar a empresa a qual você tem alguma dívida em aberto. Sendo assim, deve-se pedir um boleto ou um acordo para quitar, que deverá vir com juros mais baixos do que o rotativo da dívida que impacta o nome.

Além de pagar ou assinar um acordo, não há nada que você precise fazer nesse processo para que o nome seja liberado das agências de crédito.

Da mesma forma que para negativar, é a empresa credora a responsável por tirar a restrição do seu CPF. Portanto, seu foco deve ser quitar a dívida o quanto antes.

Como fazer empréstimo mesmo negativado?

Pois bem, agora você sabe o que é negativação ou restrição do CPF e como consultar esse status. E, agora, precisa de um crédito. E nada melhor do que fazer isso de forma online, sem sair de casa. Para isso, basta seguir o passo a passo:

  • Acesse o nosso simulador;
  • Escolha o valor desejado;
  • Selecione o número de parcelas – entre 6 e 24 meses;
  • Preencha o restante com todos os dados pedidos;
  • Depois disso, aguarde a pré-aprovação dos nossos parceiros – na FinanZero você pode conseguir até 10 ofertas de uma vez;
  • Por fim, escolha a opção que melhor se encaixe para você.

Depois disso, o próximo passo é assinar o contrato do empréstimo. E sabe o melhor? Isso tudo é feito de forma digital! E, além disso, o dinheiro estará na sua conta em até cinco dias úteis. 

O que é score?

Você já ouviu falar em score? Em suma, é uma pontuação dada a você, de 0 a 1000, que indica o seu perfil de pagador. Quanto mais perto de 1000, maior os seus pontos, porque entende-se que são maiores as chances de você cumprir com uma dívida.

No entanto, quanto mais perto de 0, menor o seu score. Portanto, entende-se que é maior o risco de você não cumprir com um acordo.

Em linhas gerais, os seguintes níveis de score são entendidos:

  • Entre 800 e 1000, score alto;
  • 300 a 600, é na média;
  • Abaixo de 300: baixo.

Também de forma geral, quanto menor os seus pontos, maior a taxa de juros quando se trata de alguns tipos de empréstimo.

Então, de forma simples, o score é a nota dada ao seu CPF e é à fama de bom ou mau pagador que fica de acordo com seu histórico.

Como aumentar o score?

Existem muitas formas de aumentar o seu score. Mas, antes, vamos saber por que isso é importante:

  • Quanto maior as seus pontos, em geral, menores as taxas de juros;
  • Sua análise pode interferir no valor de crédito que você consegue, seja em cartão ou empréstimo; e
  • Por fim, você pode perder acesso a alguns produtos em bancos, como cartão de crédito.

Agora, sobre como subir o score: a melhor chance é quitar sua dívida. E, ainda assim, o processo de aumento dos pontos não é rápido. Afinal, depende da tirada da restrição do seu CPF, o que leva até cinco dias úteis depois do fim da dívida, e também de uma nova análise pelos órgãos de proteção ao crédito.

Que tipo de empréstimo para negativado existe?

Basicamente, todo tipo de empréstimo fica à disposição de quem é negativado. No entanto, o que ocorre são melhores ou piores taxas de juros:

  • Crédito pessoal, com taxas tendem a ser mais altas por causa da restrição;
  • Empréstimo consignado, cujo desconto é direto no seu salário. Neste caso, os juros não mudam muito, em função do tipo de pagamento;
  • Empréstimo na conta de luz, pelo qual a parcela do crédito pessoal é tirado da sua fatura de energia. As taxas de juros não aumentam por você estar negativado;
  • Empréstimo com garantia de celular, no qual a garantia do crédito pessoal é o seu celular. Disponível também para negativados, os juros não são afetados pela restrição;
  • Refinanciamento de imóvel, também chamado de empréstimo com garantia de imóvel. Aqui, a garantia é sua casa ou outros imóveis e, portanto, as taxas de juros tendem a ser mais baixas, apesar da negativação;
  • Refinanciamento de veículo, conhecido ainda por empréstimo com garantia de veículo. Com este tipo, seu carro, moto ou caminhão servem de garantia. Mais uma vez, estar negativado não afeta tanto no juro.

Qual o melhor empréstimo para negativado?

A resposta, simples e fácil, está na FinanZero. O melhor empréstimo para negativado está aqui, porque:

  • Nosso processo é 100% online, sem burocracia;
  • Letras miúdas? Não temos. Aqui é tudo claro e rápido;
  • Um único cadastro permite avaliação com nossos quase 50 parceiros;
  • E, por isso, só por este cadastro você recebe até dez ofertas de empréstimo.

Então, não perca tempo e simule no nosso site.

Que banco faz empréstimo para negativado?

Vários bancos e fintechs têm opções de empréstimo para negativado. Mas, em vez de buscar um por um, o ideal é você simular aqui na FinanZero.

Afinal, como já disse antes, com esse único cadastro o seu perfil vai até nossos quase 50 parceiros. Isso, portanto, permite que você receba até dez ofertas de uma única vez. O resultado é, enfim, poder optar pelo melhor custo benefício para o seu bolso, sem filas ou dores de cabeça.

É possível pedir empréstimo para negativado assalariado?

Sim, dá para pedir empréstimo para negativado assalariado! Para isso, basta:

  • Simular o seu crédito para negativado no site da FinanZero;
  • Preencher todas as informações, inclusive sobre a restrição;
  • Incluir os dados de comprovante de emprego assalariado; e
  • Por fim, continuar com o cadastro.

Pronto, você pediu seu empréstimo para negativado assalariado 🙂 Agora, você já pode aguardar as pré-aprovações de nossos parceiros e escolher o melhor para você.

E empréstimo para negativado autônomo, existe?

Sim! Existe empréstimo para autônomo negativado. Quem é autônomo tem maior dificuldade para comprovar sua renda mensal, algo que por si só já dificulta o acesso ao crédito pessoal.

O empréstimo para autônomo negativado é uma linha de crédito que pode sanar emergências para micro e pequenos empresários que tem pendências financeiras. Como há uma negativação do CPF, a análise realizada no caso de empréstimo para autônomo negativado é mais criteriosa que o normal.

Engana-se quem acha que é preciso contrato de trabalho ou vínculo em carteira para documentar renda. O extrato bancário e notas fiscais emitidas comprovam a renda e podem servir para pedir um crédito.

Além disso, seu Imposto de Renda também pode ser um comprovante. Por esse documento é possível identificar os seus ganhos e gastos, por exemplo, mesmo se você for autônomo, e justificar o valor do empréstimo.

Quais os documentos necessários em um empréstimo para negativado?

Todas as solicitações de empréstimo passam por uma análise de crédito, em resumo, uma parte crucial do processo. Isso porque é por meio dessa análise que a instituição financeira consegue entender seu perfil.

Por isso, é importante preencher o máximo de dados possíveis para que a análise seja perfeita e o empréstimo se adeque ao seu perfil. Para isso, é necessário fornecer alguns documentos como:

  • Número do RG;
  • Número do CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Declaração de renda.

A partir desses dados, a instituição financeira consegue achar a melhor taxa de juros e o empréstimo adequado para o seu perfil. Portanto, essa etapa é muito importante! Então, dedique um tempo só para ela, você não vai se arrepender.

Dá para fazer empréstimo para negativado online rápido?

Sim! Na FinanZero, o processo é rápido e sem burocracia! 

Para preencher o formulário, em primeiro lugar, basta tirar alguns minutos do seu dia.  Além disso, depois da análise de crédito, você receberá até dez ofertas pré-aprovadas de crédito, tudo isso em até 48h!

E o melhor: o dinheiro cai em sua conta em até cinco dias úteis! Tudo isso de forma online e digital, sem sair de casa.

Não consegui empréstimo para negativado. E agora?

O problema é que pedir empréstimo estando negativado acaba sendo mais complicado. Afinal, por estar com problemas financeiros, você é visto como um mau pagador pelas empresas que concedem o crédito. Isso pode atrapalhar todo o processo de concessão de crédito.

Apesar de ser mais difícil, quem está negativado consegue sim um empréstimo porque existem algumas instituições financeiras que são focadas em garantir condições especiais para pessoas com o nome sujo.

Contudo, quem não conseguiu um empréstimo pessoal, pode optar por outras opções de crédito que precisam de garantia, e assim oferecem para as instituições uma possibilidade de inadimplência menor.

Mesmo assim, não fui aprovado. O que posso fazer?

Você pode, por exemplo:

  • Pague a dívida que está deixando seu nome em restrição;
  • Procure negociar ou renegociar dívidas para novas formas de pagamento;
  • Após limpar seu nome, evite compras parceladas;
  • Dê prioridade sempre às contas essenciais como supermercado e boletos essenciais.

Vale a pena pegar empréstimo para limpar o nome?

Quando é preciso limpar o nome, é mais vantajoso fazer um empréstimo. Isso porque uma operação dessas não consta como dívida, ou seja, você pode:

  • quitar o valor negativo;
  • limpar seu nome;
  • pagar as parcelas do crédito mensalmente.

Sendo assim, com essa estratégia, você consegue limpar seu nome em pouco tempo e aproveitar as oportunidades que aparecerem para aumentar o seu próprio score. Além disso, a duração do processo pode ser calculada somando o prazo para a liberação do empréstimo mais 5 dias úteis para remover seu CPF do banco de dados, em média.

Quais as taxas de juros de empréstimo para negativado?

Não há taxas de juros específicas para negativado. Portanto, para determinar o valor dessa tarifa, segue-se a avaliação normal do seu perfil, como em qualquer outro empréstimo. Desse modo, você ainda precisa passar pela análise de crédito.

Para isso, deve entregar os documentos completos e ser o mais transparente possível. 

O que avaliar antes de contratar um empréstimo?

Antes de contratar um empréstimo é preciso saber: 

  • Em primeiro lugar, exatamente qual é a taxa do seu empréstimo. Mais do que apenas as taxas de juros, saiba o Custo Efetivo Total (CET). Este custo inclui todas as possíveis despesas e gastos do seu empréstimo, como os juros e impostos.
  • Fique atento às taxas com porcentagens muito abaixo do mercado, principalmente de instituições desconhecidas. Desconfie sempre, pois pode se tratar de um golpe.
  • Leia atentamente o contrato. As famosas letras miúdas podem te surpreender depois. Portanto, é melhor ter atenção antes de assinar qualquer documento.
  • Por fim, pesquise a melhor opção entre as agências financeiras e bancos disponíveis. Como já mencionado, as taxas e o CET podem variar.

Preciso pagar algo antecipado por estar negativado?

Não! Essa prática é considerada ilegal pelo Banco Central. Por isso, fique de olho: caso alguma instituição financeira esteja oferecendo empréstimo e pedindo depósitos antecipados, você pode estar caindo em um golpe!

Enfim, agora que você já sabe quais são os tipos de empréstimos que existem para quem  está negativado ou passando por um problema financeiro, você está preparado para adquirir um empréstimo com segurança. Então, tenha sempre todas as dicas em mente!

Além disso, você também pode ver mais sobre empréstimo para negativado em nossas redes sociais: FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

É simples e confiável! Peça seu empréstimo pessoal agora

Faça seu pedido:

Ao entrar no site, escolha o valor do seu empréstimo pessoal, o número de parcelas e preencha o cadastro até o final com os seus dados. O processo é inteiro online!

BCA

Escolha seu empréstimo pessoal:

A partir do cadastro, seu pedido será analisado e pode ser pré-aprovado por até 10 instituições financeiras! Assim, você consegue escolher qual a oferta que melhor cabe no seu bolso.

A

Receba o dinheiro na conta:

Após ter escolhido uma oferta, você deve confirmar seus dados pessoais. Em caso de aprovação, é só assinar o contrato e pronto!

Perguntas frequentes sobre empréstimo para negativado

Devo pagar valores antecipados?

Não! Essa é uma prática ilegal, de acordo com o Banco Central.

Você só deve pagar o valor das parcelas quando receber o valor do empréstimo de forma integral na sua conta.

Além disso, só deve recorrer a bancos ou fintechs que tenham autorização para conceder empréstimos.

Mesmo se você está negativado, não se pode cobrar valores antecipados, sobre qualquer argumento, como, por exemplo:

  • taxa de avalista;
  • abertura de contrato;
  • aumento de score.

Além de a maioria dessas taxas serem ilegais, elas nunca podem ser cobradas de forma adiantada, independente de ter ou não restrição no seu CPF.

Enfim, se isso acontecer com você, fuja. Esse pode ser um sinal de golpe ou então de uma empresa que não age de acordo com a regulamentação, o que pode indicar problemas no futuro, não é?

Preciso passar por uma análise de crédito para conseguir empréstimo?

Sim! Essa é uma parte muito importante do processo de crédito, independente da modalidade. Seja você negativado ou não, o seu perfil é uma parte crucial da determinação de:

  • taxas de juros;
  • prazo de pagamento;
  • e, por fim;
    do valor liberado para você.

Por isso, esteja atento à sua realidade financeira quando pedir um empréstimo. Nunca peça valores cujas parcelas sejam maiores do que 30% do seu rendimento mensal. Portanto, calcule bem o quanto ganha, de quanto precisa e qual o prazo para concluir esse contrato.

Isso não só te ajuda a conseguir taxas de juros melhores para você quanto agiliza o processo de análise.

Assim, agiliza o processo ter em mãos documentos como:
  • CNH ou RG e CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Declaração de endereço; e
  • Documentos de bens, se for fazer um empréstimo com garantia.

Score alto é um fator importante para conseguir empréstimo?

Sim. Quanto mais alto, maiores são suas chances de conseguir um empréstimo pessoal.

Isso porque o score, uma pontuação de 0 a 1000, indica a sua fama de bom ou mau pagador.

Ou seja, pelo seu score, analisa-se o seu histórico de pagamento. Portanto, ele é crucial para determinar pontos importantes do seu empréstimo, como taxa de juros e valor final liberado.

No entanto, em geral, pessoas com restrição ao CPF têm scores mais baixos, o que afeta a taxa de juros e o valor liberado.

No entanto, quando você quita essa dívida, volta a aumentar os seus pontos.

Para saber quanto é a sua pontuação, verifique em sites de órgãos de proteção de crédito, como o Consumidor Positivo. Assim, você tem em mãos os seus pontos e consegue, dessa maneira, saber melhor a sua realidade diante do mercado.

Então, se puder, fique em dia com as contas.

No mais, mesmo se seu score for baixo, NUNCA pague nenhum valor antecipado, nem mesmo sob o pretexto de aumentar a sua pontuação, ok?

Depósito antes de receber empréstimo é crime!

Posso pedir empréstimo mais de uma vez?

Sim! Assim que quitar o primeiro empréstimo você pode solicitar um novo.

Ao mesmo tempo, no entanto, não é recomendado ter diversos empréstimos.

Isso porque, quanto mais empréstimo você tiver ao mesmo tempo, maior a chance de inadimplência. Portanto, maior o risco para você ficar ainda mais endividado.

De novo, vale salientar que é importante nunca comprometer mais do que 30% do seu salário com uma parcela de empréstimo para negativado. Afinal, você segue com os custos normais da vida, além do valor desta parcela.

Então, planeje-se. É preferível pegar um valor mais alto de uma única vez do que diversos empréstimos pequenos picados. Enfim, assim você paga juros apenas uma vez e, do mesmo modo, consegue organizar sua vida financeira.

Se precisar de mais dicas, manda mensagem para a gente! Estamos sempre à disposição.

Negativados também podem solicitar empréstimo?

Sim! Restrição no nome não impede que você tente pedir um empréstimo.

Há, sim, bancos e fintechs que não trabalham com aqueles que têm negativação.

Contudo, nós temos entre os nossos quase 50 parceiros diversas financeiras que atendem esse público.

Por isso, não deixe de fazer sua simulação por causa de uma negativação.

Muito embora isso pode afetar o seu score o que, por consequência, afeta sua análise de crédito, não é um impeditivo para que você consiga um crédito pessoal com um de nossos parceiros.