É possível fazer empréstimo mesmo estando com o nome sujo; basta encontrar empresas que fazem empréstimo para negativado

O aumento da oferta de concessão de crédito no Brasil ampliou a oferta de empréstimos para pessoas negativadas. Em dezembro de 2018, ainda sob a gestão de Ilan Goldfajn, o Banco Central (BC) permitiu que a primeira fintech pudesse fazer empréstimos por meio da atuação como Sociedade de Crédito Direto (SCD).

De lá para cá, nem dois anos se passaram, mas este mercado expandiu muito. Como antigamente somente grandes bancos e algumas financeiras de médio porte tinham o poder de conceder empréstimos, o perfil de quem tinha aprovação de crédito não era tão flexível.

Mas com os novos players no mercado, novos perfis passaram a ter a aprovação do crédito. Inclusive indivíduos com nome sujo. Dentre as modalidades de crédito disponíveis, o empréstimo pessoal é a principal opção com aprovação para pessoas com nome sujo.

O que é empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal, também conhecido como crédito pessoal, é um produto financeiro voltado para:

  • Pessoa física;
  • Maior de 18 anos;
  • Com conta bancária;
  • Com comprovação de renda;

A conta bancária é um dos requisitos pois será nela que o dinheiro será depositado em caso de aprovação do pedido. Já a comprovação da renda é um requisito para evitar a inadimplência do solicitante.

O crédito pessoal não é voltado para o longo prazo, mas sim para o curto. Trata-se de um empréstimo com caráter emergencial, e é recomendado para situações urgentes.

Veja também – Aprenda como calcular os juros de empréstimo

Qual financeira faz empréstimo com restrição?

A FinanZero é um buscador de empréstimo online que compara as ofertas de mais de 40 parceiros. Com um único cadastro em nossa plataforma é possível receber até 10 ofertas de crédito. Dentre os nossos parceiros estão fintechs e financeiras que podem aprovar empréstimo mesmo para quem esteja negativado(a).

Como fazer empréstimo mesmo estando negativado?

Para fazer empréstimo mesmo estando negativado, o solicitante deverá:

  1. Acessar o site da FinanZero;
  2. Escolher um valor entre R$ 500 e R$ 50 mil;
  3. Escolher o parcelamento entre 6 e 24 meses;
  4. Avançar a tela;
  5. Preencher os dados pessoais solicitados;

Em até 5 minutos após o término do cadastro poderão ficar disponíveis até 10 ofertas pré-aprovadas de crédito pessoal. O crédito só é de fato aprovado mediante apresentação da documentação utilizada para fazer o cadastro. O envio destes documentos é totalmente virtual:

  • Registro Geral (RG) ou outro documento oficial com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de residência;

Após a aprovação do empréstimo, o dinheiro cai na conta em até 48 úteis.

Como fazer empréstimo para negativado autônomo?

O processo de solicitação de empréstimo online para o profissional autônomo é o mesmo do profissional com carteira assinada e regulamentada pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

A diferença está na comprovação de renda. Enquanto o trabalhador com carteira assinada apresenta o holerite, o comprovante de renda do autônomo ou informal será por meio de:

  • Pró-labore;
  • Declaração do Imposto de Renda;
  • Extrato bancário;

Veja também – Será que devo pedir um empréstimo ou não?

É necessário pagar taxa antecipada por conta do nome sujo?

NÃO! Conforme a regulamentação do BC, a cobrança antecipada em qualquer pedido de empréstimo é ilegal e configura crime. Isto inclui a proibição de cobranças antecipadas em pedidos de crédito para pessoas com restrição de crédito (nome sujo).

A prática de cobrança antecipada é aplicada por estelionatários que visam aplicar golpes financeiros em suas vítimas. Estes criminosos inventam empresas de crédito ou se passam por empresas conhecidas no mercado para faturar com o crime.

A recomendação é que em hipótese alguma o consumidor faça depósitos antecipados, pois o ato de realizar a cobrança em primeiro lugar já é um crime.

Para saber se a cobrança pelo banco, financeira ou fintech está correto, basta que siga as regras abaixo:

  1. Não é feita antecipadamente;
  2. Não é feita fora do parcelamento do empréstimo;

O contrato do crédito deve especificar todos os custos, que incluem:

  • Taxa de juros;
  • Tarifas bancárias;
  • Tarifas de documentação;
  • Impostos;

Por fim, a soma de todos estes custos constitui o Custo Efetivo Total (CET), que é demonstrado em percentual. Este percentual deve estar claro no documento contratual.

Veja também – Como fazer o planejamento de um empréstimo?

Como fazer um empréstimo seguro pela internet?

Para fazer um empréstimo seguro pela internet, a primeira recomendação é jamais fazer pagamentos antecipados. A cobrança antecipada não condiz com empresas sérias e confiáveis, que sigam as normas do BC. Pelo contrário, trata-se de um ato ilegal.

Além disso, para fazer um empréstimo seguro pela internet é importante que o consumidor procure pelo Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da instituição financeira no site da Receita Federal.

Outras dicas para fazer um empréstimo para negativado seguro são:

  1. Não divulgar os dados do pedido de empréstimo em comentários de redes sociais. Estelionatários podem ver e entrar em contato com o indivíduo oferecendo exatamente as mesmas condições para atrair a vítima;
  2. Não confiar em tabelamento de valores e taxas de juros. Esta prática não é comum entre instituições financeiras sérias, pois há um cálculo para cada perfil de solicitante na definição da taxa de juros. Afinal, uma análise de crédito é feita sobre o perfil, e desta análise resultará o risco de inadimplência. De acordo com este risco, os juros são estabelecidos;
  3. Pesquise as referências da empresa no Google. Veja se outras pessoas conseguiram fazer o empréstimo com a financeira de interesse;

É importante que os clientes prestem atenção nestes detalhes e não se desesperem com as dívidas. De acordo com um levantamento do Reclame Aqui, houve um aumento de quase 200% nos golpes do empréstimo falso entre 2017 e 2019.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o empréstimo para negativado(a)? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.