Desde 2019 o governo de São Paulo libera a opção de parcelar o IPVA em até 12 vezes no cartão de crédito para os contribuintes; no entanto, nessa opção é necessário ficar de olho para não gerar grandes dívidas, confira condições

O governo de São Paulo colocou o parcelamento como uma opção para quem precisa pagar o valor do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) 2021.

No município de São Paulo, por exemplo, além da possibilidade de quitar o IPVA em três vezes, os contribuintes também podem dividir o valor do imposto no cartão de crédito.

Isso porque em 2019 o governo liberou essa forma de pagamento não só para o imposto, mas também para multas e taxas, como o Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) e o licenciamento.

Veja também – Faça uma cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Como funciona?

Para parcelar o IPVA com cartão de crédito basta acessar o site de uma das empresas credenciadas à Secretaria da Fazenda e Planejamento, isto é:

  • Vamos Parcelar;
  • Pinpag;
  • Taki, e
  • Parcele na Hora.

Depois disso, basta informar o número da placa do veículo e do Renavam (Registro Nacional do Veículo Automotor). Por fim, simule e escolha a melhor forma de pagamento.

Posso parcelar o IPVA 2021 em quantas vezes?

Essa resposta depende muito de qual empresa foi escolhida e de qual o perfil do contribuinte. Isso porque as quatro empresas têm liberdade para denifir o número de parcelas.

Mas é importante lembrar que: a empresa só parcela o IPVA em até 12 vezes, não mais do que isso.

Além disso, as empresas têm autorização da Secretaria para cobrar taxas pelo serviço. Por isso, é necessário que o proprietário do veículo simule nos sites e compare as opções.

Qual prazo para pagar o IPVA no cartão de crédito?

Não existe um prazo fixo de até quando o contribuinte pode optar por essa forma de pagamento. No entanto, caso o proprietário do veículo deixe a parcela vencer, serão cobrados multa e juros por atraso.

Por isso, é importante ficar de olho no calendário de pagamento do IPVA 2021.

Confira também – IPVA SP 2021: confira calendário de pagamento do imposto e alíquotas

Calendário de pagamento do IPVA de São Paulo

O calendário de vencimento do IPVA 2021 de São Paulo varia de acordo com o número final da placa dos veículos. Por isso, não são todos os contribuintes que pagam na mesma data.

Placa1ª parcela ou cota única com desconto2ª parcela ou cota única sem desconto3ª parcela
17 de janeiro de 20219 de fevereiro de 20219 de março de 2021
28 de janeiro de 202110 de fevereiro de 202110 de março de 2021
311 de janeiro de 202111 de fevereiro de 2021em 11 de março de 2021
412 de janeiro de 202112 de fevereiro de 2021em 12 de março de 2021
513 de janeiro de 202118 de fevereiro de 202115 de março de 2021
614 de janeiro de 202119 de fevereiro de 202116 de março de 2021
715 de janeiro de 202122 de fevereiro de 202117 de março de 2021
818 de janeiro de 202123 de fevereiro de 202118 de março de 2021
919 de janeiro de 202124 de fevereiro de 202119 de março de 2021
020 de janeiro de 202125 de fevereiro de 202122 de março de 2021

Posso receber desconto no valor do imposto?

Sim! Em São Paulo, quem optar por pagar em cota única no mês de janeiro recebe 3% de desconto no valor do imposto.

Também é possível pagar em uma única parcela no mês de fevereiro ou parcelar em três vezes sucessivas e iguais durante janeiro, fevereiro e março. No entanto, essas duas formas de pagamento não dão desconto para o contribuinte.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre parcelamento do IPVA 2021? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.