Saldo da balança comercial segue positivo. Saiba mais

Nesta segunda-feira (21), a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia divulgou que a balança comercial do Brasil registrou um superávit comercial de US$ 1,506 bilhão (aproximadamente R$ 8,13 bilhões) na terceira semana de setembro deste ano.

Por conta do superávit registrado na balança comercial, as exportações atingiram US$ 4,357 (aproximadamente R$ 23,53 bilhões). Já as importações ficaram com US$ 2,851 bilhões (aproximadamente R$ 15,4 bilhões) durante mesmo período. Até o momento, o saldo comercial positivo acumula no ano US$ 41 bilhões (aproximadamente R$ 221,4 bilhões.

Além disso, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior, a média diária de exportações acumulada nas três primeiras semanas de setembro teve uma queda de 1,3% quando comparada com o mesmo período de 2019.

Mas, você sabe o que significa todos esses termos?

Veja mais – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

O que é a balança comercial?

A balança comercial nada mais é do que um termo econômico que calcula a diferença entre o número de importações e o número de exportações de um país. A partir desse cálculo podemos ter informações sobre a situação de um país, podendo gerar três situações, como:

  • Superávit: também é um termo econômico que representa a situação da balança comercial, nesse caso significa que as exportações de um país foram em maior valor do que as importações. Logo, esse país em questão vendeu mais do que comprou e por isso, entrou mais dinheiro do que saiu;
  • Déficit: nesse caso, a situação é contrária a anterior, com o valor de importações maior do que o de exportações. Isso acaba representando um saldo negativo para o país em questão, já que o país gastou mais do que recebeu,
  • Equilíbrio: esse estado, como o próprio nome já diz, é o momento em que os valores de exportações e importações estão em equilíbrio.

Como isso impacta a economia?

Em casos em que a balança comercial apresenta um superávit, como foi o caso das últimas semanas de setembro, é algo favorável para o PIB (Produto Interno Bruto), isso significa que durante aquele período a economia interna do Brasil terá uma influência positiva, tendo uma melhora no indicador.

Por conta disso, pode acontecer um crescimento na economia, gerando mais empregos e atraindo mais investimentos para o Brasil.

Saiba mais sobre a Balança Comercial em: O que é e como funciona a Balança Comercial?

O que é PIB?

O Produto Interno Bruto, ou PIB, é um indicador econômico que registra a soma de todos os bens e serviços produzidos em um determinado local, principalmente quando falamos de países. Ele é considerado um dos principais medidores da economia, mundialmente e com ele é possível calcular o crescimento econômico de determinado país.

Além disso, ele é influenciado pelos seguintes fatores:

  • consumo da população;
  • média salarial da população;
  • investimentos,
  • exportações.

No entanto, os principais responsáveis pelo impacto do Produto Interno Bruto são os setores de agropecuária, indústria e serviços.

Balança comercial em agosto

De acordo com a Secretária do Comércio Exterior, em agosto o Brasil atingiu o maior superávit para o mês desde o início da série histórica, registrando um total de US$ 6,6 bilhões (aproximadamente R$ 35,64 bilhões).

Já quando comparamos este período com o mês de agosto de 2019, a balança comercial cresceu 68,9%. E no acumulado do ano, até o mês de agosto, o saldo foi de US$ 36,6 bilhões (aproximadamente R$ 197,64).

Ficou com mais alguma dúvida sobre a balança comercial? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.