FinanzeroBlogBenefícios do Governo

Como funcionam as férias remuneradas?

Como funcionam as férias remuneradas?

Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Segundo a Constituição Federal no seu artigo 7º, inciso XVII é direito dos trabalhadores o “gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal”.

Todo colaborador que trabalha sob o regime Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tem direito as férias remuneradas. As férias funcionam da seguinte maneira: é conferido após 12 meses de contratação um período de férias de 30 dias, este, é conhecido como período aquisitivo e é proporcional ao número de meses e dias trabalhados.

Passado os 12 meses (período aquisitivo), inicia-se o período concessivo, que representa que o colaborador trabalhou o tempo necessário na empresa para ter direito a elas.

Destaca-se que é permitida a divisão dos 30 dias de férias em três vezes, por exemplo, é possível tirar um período de férias de 20 dias em janeiro e 10 em dezembro.

Pagamento de férias: quanto e quando devo receber?

Como calcular o valor das férias remuneradas?

O cálculo das férias remuneradas de 30 dias se dá por um salário bruto inteiro, somando com um terço do salário bruto, menos os descontos. Exemplificando, se o salário é de R$ 1500,00, o valor das férias será:

  • 30 dias de férias – R$1500,00
  • Um terço do salário – R$ 500,00
  • Total bruto a receber – R$ 2000,00

Quer encontrar as melhores condições de empréstimo pessoal? Acesse FinanZero e simule já!

Com base neste cálculo, entende-se que os descontos serão calculados sobre o total bruto a receber, neste caso, R$ 2000,00.

O colaborador também tem o direito de renunciar a um terço das férias, ou 10 dias (abono pecuniário), neste caso, o cálculo se altera, para fazê-lo é preciso realizar a divisão do salário bruto por 30 (valor por dia) e depois uma multiplicação pelo número de dias vendidos. Seguindo o mesmo exemplo citado anteriormente:

  • 20 dias de férias tiradas – R$1000,00
  • Um terço das férias – R$333,33
  • 10 dias de abono pecuniário – R$500,00
  • Um terço do abono pecuniário – R$166,66
  • 10 dias de salário equivalente ao período de férias trabalhados – R$500,00
  • Total bruto a receber – R$2499,99

 Destaca-se que do abono pecuniário não é descontado o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF).

Como recuperar a senha do Caixa Tem?

Posso escolher a data das férias remuneradas?

A data das férias remuneradas pode ser proposta pelo colaborador, mas quanto a decisão final, como descrito no artigo 134 da CLT, cabe a empresa tomá-la, determinado se acata ou não o pedido do colaborador. No caso das férias coletivas, é a empresa que decide quando será o períodos de férias.

É importante destacar que o colaborador deve ser avisado sobre as férias 30 dias antes do agendamento e deve lhe ser mostrado o documento no qual consta a data de início e término das férias.

Posso vender as férias remuneradas?

Segundo o Art.143, “é facultado ao empregado converter um terço do período de férias a que tiver direito em abono pecuniário, no valor da remuneração que lhe seria devida nos dias correspondentes”, portanto é possível sim efetuar a venda das férias remuneradas, mas a questão é que é liberada a venda de apenas um terço das férias.

A venda das férias deve ser solicitada, ainda segundo o Art. 143, 15 dias antes do término do período aquisitivo, já para as férias coletivas a solicitação deve ser acordada entre o colaborador e a empresa.

Tem mais alguma dúvida sobre férias remuneradas? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de acompanhar a FinanZero por aqui e nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como recuperar a senha do Caixa Tem?

Como recuperar a senha do Caixa Tem?Como alterar o e-mail cadastrado no […]

Ler artigo completo

0 respostas para “Como funcionam as férias remuneradas?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
Solicite seu empréstimo