O Registrato é um sistema administrado pelo Banco Central, que permite a consulta a relatórios sobre contas bancárias, chaves Pix, empréstimos e outras informações.

O debate sobre acesso à informação é cada vez mais recorrente, já que ele permite que as pessoas tenham conhecimento sobre o uso de seus dados, além de facilitar as tomadas de decisões em diversos cenários, por exemplo, a vida financeira.

Dessa forma, o Banco Central do Brasil oferece uma ferramenta chamada Registrato, que concentra informações bancárias de pessoas físicas e jurídicas, além de mapear todas as operações realizadas, e pode ser consultada por todas as pessoas que realizem o cadastro.

Como funciona o Pix, sistema de pagamentos do Banco Central?

O que é Registrato

Como dito inicialmente, o Registrato é um sistema administrado pelo Banco Central, que consolida dívidas, operações de crédito e câmbio e outras atividades de uma pessoa física ou jurídica junto à uma determinada instituição financeira.

Na prática, o Registrato disponibiliza um relatório com diversas informações agrupadas sobre a vida financeira de uma pessoa e o relacionamento dela com as instituições financeiras. De modo geral, é possível acessar os seguintes relatórios no Registrato:

  • Relatório de Chaves Pix cadastradas;
  • Relatório de Empréstimos e Financiamentos (SCR);
  • Relatório de Cheques sem Fundo (CCF);
  • Relatório de Contas e Relacionamentos em Bancos (CCS);
  • Relatório de Câmbio e Transferências Internacionais;
  • Relatório de Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor púbico federal (Cadin).

O acesso a essas informações, contudo, é permitido somente ao titular da conta, através de cadastro e confirmação da identidade. Os relatórios só podem ser acessados por terceiros em casos de procurações específicas.

Como se cadastrar no Registrato

Inicialmente o Registrato estava disponível para acesso somente de forma física ou por meio dos Correios. No primeiro caso, era necessário comparecer presencialmente a uma unidade do Banco Central, em Brasília. Quem optasse pelos Correios, por sua vez, deveria enviar documentos autenticados, para comprovar a identidade e obter acesso às informações em questão.

No entanto, diante da pandemia, o sistema passou a permitir as consultas online, também. Dessa forma, é preciso realizar um cadastro no Registrato, para então acessar os relatórios gerados pelo sistema.

O cadastro pode ser realizado através do aplicativo ou Internet Banking das instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central e que disponibilizam o serviço de validação a seus clientes. Além disso, também é possível utilizar o certificado digital.

Celular

O cadastro no Registrato através do aplicativo da instituição financeira, pode variar de acordo com o sistema de cada uma, contudo, o processo é parecido em todos os casos. Portanto, funciona assim:

  • ao acessar o aplicativo, busque pela opção “Registrato”. Em alguns casos, a opção está disponível na área de “Serviços”, como no Banco do Brasil, Itaú e Sicoob, enquanto em outros, está disponível no menu principal;
  • feito isso, o aplicativo solicitará um processo de segurança e, em seguida, será gerado um código PIN.

Com esse código anotado, o aplicativo irá redirecioná-lo para a página de credenciamento do Bacen. Caso esse processo não aconteça automaticamente, é só clicar neste link.

Nessa página de credenciamento, é preciso informar o CPF, instituição financeira e o PIN gerado no aplicativo. Além disso, também é necessário cadastrar um e-mail e senha para acesso ao Registrato. Por fim, o cadastro será criado, basta retornar à página inicial e informar o CPF e senha cadastrada.

Internet Banking

Quem optar pelo Internet Banking, deverá realizar um pré-cadastro no site do Banco Central. Nessa primeira etapa será necessário informar o CPF, data de nascimento, primeiro nome da mãe e a instituição financeira. Na tela seguinte será gerada uma frase de segurança, válida por 48 horas, e que deve ser inserida no Internet Banking do banco informado na etapa anterior.

Portanto, na página inicial do Internet Banking, busque pela opção “Registrato”. O serviço também pode aparecer como “BACEN – Auto Credenciamento Registrato – Validação da frase de segurança”. Ao encontrá-lo, informe a frase de segurança gerada no site do Banco Central.

Então, retorne à página do Banco Central e vá para a última etapa, a de “Cadastro”. Nela, também será necessário informar a frase de segurança, bem como o CPF e a instituição financeira. Além disso, é preciso cadastrar um e-mail e senha para acesso ao Registrato.

Certificado digital

Outra opção para cadastro é através do certificado digital, um documento eletrônico que funciona como uma identidade virtual e que autentica transações realizadas online. Sendo assim, para se cadastrar dessa forma, basta acessar a página de login do Registrato e clicar na opção de login com certificado digital.

É importante ressaltar que esse tipo de cadastrado deve ser realizado através do computador de uso habitual, para que haja o reconhecimento do certificado.

Por que não tenho direito ao PIS?

Como consultar o Registrato

Após concluir o cadastro no Registrato, é só informar o CPF e senha para acessar o sistema. Os relatórios estão disponíveis no canto esquerdo da tela, portanto, para obter algum deles, é só clicar na sigla correspondente, aceitar os termos de responsabilidade e ciência e clicar no botão “Gerar relatório”.

Então, serão apresentadas na tela todas as informações referentes ao tipo de relatório solicitado. Ou seja, quem solicitar o relatório das chaves Pix cadastradas, por exemplo, terá acesso a uma tabela que conta com a chave Pix, a instituição, número da conta e agência em que está cadastrada, bem como a data em que foi feito o cadastro.

Se preferir, é possível realizar o download do relatório, basta clicar no botão com uma seta virada para baixo, disponível na parte superior direita do relatório. Da mesma forma, é possível enviar o documento para o e-mail cadastrado, é só clicar no botão de envelope, disponível no mesmo local.

Ficou mais alguma dúvida sobre como realizar o cadastro no Registrato? Deixa nos comentários. Ah, acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.