Especialista da FinanZero explica como entender se é melhor comprar ou alugar um imóvel

A gente já ouviu essa pergunta por aí, né? E alguns de nós já se perguntou: mas, afinal, eu devo comprar ou alugar um imóvel?

A resposta não é tão simples quanto parece. Por isso, fomos consultar nossos especialistas aqui na FinanZero!

E quem responde é Ana Mukoyama, especialista em investimento e Product Manager.

Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Compro ou alugo?

“Depende – e muito!

O primeiro passo é entender os seus sentimentos. É um sonho ter um imóvel só seu? Se a resposta for não, matematicamente nem faz sentido se perguntar se deve comprar ou alugar.

Mas, se for, alguns cenários precisam ser analisados.

O primeiro: o pagamento será à vista? Se for, talvez valha a pena. Assim, você pode pedir um desconto e, inclusive, aplicar o que lhe sobrar.

A avaliação é que se você investiu em um imóvel e não terá uma dívida, não tem preocupação.

No entanto, se a opção para a compra for um financiamento, novas perguntas surgem:

  • Qual será o prazo para o pagamento do financiamento?
  • Qual será o juros desse financiamento?
  • E como ele será recalculado? Pelo IPCA?

A questão, neste ponto, é o juros. Se em vez de gastar a sua economia toda, você seguir pagando aluguel e guardar a diferença do valor (que inclui o juros), poderá comprar um imóvel mais caro e à vista no futuro do que se financiar.

A questão é organização financeira

E, de novo, imóveis à vista significam desconto! Ou seja, você poderia comprar um apartamento melhor se juntar o dinheiro, em vez de financiar.

Alguns se perguntam o que aconteceria se eles ficassem sem dinheiro para pagar o aluguel. E a verdade é que aconteceria o mesmo se você parasse de pagar um financiamento: você seria despejado. No caso do financiamento, perderia o que pagou até então do imóvel.

Sim, se o imóvel for parcialmente seu, poderá vender. Mas terá que manter os gastos em dia para conseguir concluir a venda.

A questão entre comprar ou alugar é, portanto, 100% de organização financeira.

O resumo é: se você aplicar o valor que gastaria num imóvel financiado, além do que tem guardado hoje, e seguir economizando, se organizará para comprar um imóvel melhor.

Ou, então, até ter dinheiro para seguir pagando um aluguel mesmo em caso de uma aposentadoria menor.

O lado sentimental é compreensível, mas o racional diz pra fazer as contas e pensar no todo.

Então, avalie, coloque na ponta do lápis e escolha o melhor dentro da sua realidade”.

Quer saber mais sobre comprar ou alugar um imóvel? Deixe nos comentários.

Ah, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.