Entenda como a balança comercial afeta a economia

A balança comercial é um termo econômico utilizado saber a diferença entre o volume de importação e exportação do País. Essa balança quantifica a soma de todos os produtos e serviços vendidos ou comprados dentro do Brasil por pessoas físicas e jurídicas, e ela conta com três estados básicos, são eles:

Superávit: que significa que as exportações de um país foram tiveram um valor maior que as importações. O Superávit demonstra que, ao final de um determinado período de tempo, entrou mais dinheiro no País do que a quantia que saiu por meio das exportações.

Déficit: representa um saldo negativo, significa que obteve-se um prejuízo ou o sistema está gastando mais do que ele consegue ganhar. Esse estado da balança comercial ocorre no momento em que o valor das importações é maior que o das exportações.

Equilíbrio: como o próprio nome já diz, é o estado em que a balança comercial identifica que não os valores de exportação e importação estão na mesma linha de gastos.

A função primária da balança comercial é demonstrar como está a situação financeira da nação.

Confira mais clicando aqui – O que fazer em casa na quarentena do coronavírus?

Como funciona a balança comercial?

A balança comercial, como visto anteriormente, é o valor das exportações do País, subtraindo o valor das importações. As fórmulas de cálculo seriam:

  • Exportações (valor em moeda nacional) – Importações (valor em moeda nacional) = Balança comercial.
  • (Exportações / Importações) x 100% = Taxa de cobertura.

Ela abrange todos os produtos, bens e serviços, vendidos e comprados e funciona com o intuito de refletir a situação econômica de um país.

A balança comercial no momento positivo mostra que o País está com vendas altas, e comprando menos bens de consumo. Isso é um sinal de que a produção, o emprego e a renda estão em crescimento. Além disso, significa que o país está atraindo investimentos estrangeiros.

Veja também – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

O que influência o resultado da balança comercial?

A balança comercial pode ser afetado pelos seguintes fatores:

Taxa de câmbio:

  • Moeda nacional se valoriza comparado às moedas estrangeiras, normalmente o dólar.
  • Os produtos que são importados se ficam mais baratos, no mesmo momento em que as exportações se tornam menos buscadas. Contudo, se a moeda está mais fraca a importação cai e a exportação pode subir.

Protecionismo:

  • Esse fator ocorre quando há altas tributações para a entrada de produtos no País, isso pode reprimir a demanda dos produtos que são importados.

Nível de renda do próprio País:

  • O País começa ter a capacidade de produzir bem e vender no mesmo ritmo, assim como também consegue consumir mais produtos e serviços de fora. Isso depende das condições econômicas do País, as quais devem estar estáveis.

Nível de renda dos outros países:

  • No caso de um País que é parceiro comercial importante encontrar-se em um bom estado econômico, a demanda em cima dos produtos e serviços tendem a aumentar, e o País poderá importar cada vez mais.

Quais impactos a balança gera na economia?

O Produto Interno Bruto (PIB) é o valor de tudo o que é produzido e comercializado no País, contado a partir de um determinado período de tempo. Com isso, para chegar ao valor final do PIB é levado em consideração quatro elementos, que são:

  • os gastos do governo;
  • investimentos privados;
  • o consumo da população;
  • o saldo das negociações que são realizadas com o exterior.

No momento em que os pontos citados acima estão crescendo, o resultado é favorável em relação ao PIB. Isso significa que, no momento em que a balança comercial apresentar o que é chamado de superávit durante aquele período a economia interna terá uma influência positiva. Dessa forma, se existe melhorias nesse indicador, é sinal de que mais recursos estão entrando no dentro do País em questão, graças ao volume de vendas realizadas para outros países.

Logo o impacto gerado é o crescimento da economia, a qual começa a gerar mais empregos. E, com o tempo, o País começa atrair mais investimento em infraestrutura de transporte e ,aos estímulo de tecnologia. Além de outros benefícios que a economia estável pode prover.

Contudo, caso os fatores citados não sejam positivos, como por exemplo:

  • a queda no consumo dos cidadãos;
  • a falta de investimento da iniciativa privada;
  • gastos excessivos no Governo;
  • um possível déficit na balança comercial

A situação da economia não fica equilibrada, e estratégias de incentivos precisaram ser aplicadas para visar uma melhoria.

Como acompanhar a balança do Brasil?

Acompanhar a balança comercial ajuda a compreender qual a situação do País e a previsão do comportamento da economia. É importante para os consumidores entenderem se é um bom momento para fazer grandes compras, e para os empreendedores saber se vale a pena investir no próprio negócio ou se é melhor aguardar.

É possível acompanhar como está o nível de exportação e importação por meio do site do Ministério da Economia, Indústria Comércio exterior e Serviços (MDIC), o qual oferece os percentuais mensais da balança comercial para todos os brasileiros.

Ficou com mais alguma dúvida sobre a balança comercial? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.