Entenda como o programa de afiliados funciona, quais são as principais ferramentas de divulgação e como participar

O programa de afiliados surgiu a partir das oportunidades que a internet criou, e vem criando, para o empreendedorismo. Basicamente, um programa de afiliados é uma estratégia de marketing e vendas.

Por isso, o serviço liga as duas pontas de um processo de vendas: o produtor e o afiliado. Por conta disso, temos que:

  • Produtor – é quem produz determinado produto ou serviço e que atua no meio digital com a intenção de comercializá-lo;
  • Já o afiliado trabalha voltado para a área comercial, isto é, utiliza a internet para divulgar e vender os produtos. Por isso, ele promove o serviço do produtor, e cada vez que realiza uma venda, ganha uma comissão sobre ela.

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

Como funciona o programa de afiliados?

Basicamente, quando um afiliado se associa a um produtor, ele ganha um link para divulgar o produto ou serviço.

Esse link é exclusivo para o afiliado, já que ele possui um código que demonstra à plataforma de onde veio a venda. E, por isso, a comissão já é direcionada para o afiliado sem precisar passar por autorização do produtor.

Além disso, é importante ressaltar que normalmente produtores e afiliados procuram plataformas voltadas para esse serviço. Isso porque elas oferecem uma maior segurança e um serviço de gerenciamento do programa.

Por isso, nesse caso:

  • a responsabilidade da venda é do afiliado;
  • a comissão é feita de forma automática via plataforma;
  • mas a responsabilidade do contato com o cliente para direcionar e explicar os próximos passos depois da compra é do produtor.

Quem pode participar?

Basicamente, qualquer pessoa pode participar de um programa de afiliados. No entanto, normalmente, as plataformas não deixam menores de idades participarem.

Mas isso pode variar entre os locais, por isso, é importante checar quais são as regras da plataforma antes de se inscrever nos programas.

Além disso, é importante lembrar que para participar não é necessário ter um investimento inicial ou conhecimento técnico, basta se inscrever e divulgar o produto.

Quais são os tipos de programa de afiliados?

Teoricamente, existem 4 modelos de programa de afiliados. Dentre eles:

  • CPA (Custo por Aquisição) – nesse modelo o afiliado recebe a comissão apenas quando há venda;
  • CPC (Custo por Clique) – já nesse formato, o afiliado recebe toda vez que uma pessoa clicar no link (mesmo que não compre o produto ou serviço oferecido);
  • CPL (Custo por Lead) – esse modelo é uma mistura dos dois anteriores, isso porque para que o afiliado receba a comissão o cliente precisa se tornar um lead (isto é, preencher as informações de contato), mas não exige venda
  • CPM (Custo por Mil Impressões) – nesse modelo, o cliente precisa apenas acessar uma página em que o link está vinculado para que o afiliado receba a comissão

No entanto, é importante lembrar que cada modelo tem comissões diferentes.

Quais produtos podem estar em um programa de afiliados?

Não existe uma regra para qual produto ou área podem estar em um programa de afiliados. Por isso, é possível criar materiais em diversos formatos: desde softwares, e-books, videoaulas, entre outros.

Quais são as plataformas de afiliados?

No Brasil existem inúmeras plataformas voltadas para o programa de afiliados. Mas dentre as mais conhecidas temos: Hotmart, Eduzz e Monetizze. A inscrição nas três é gratuita.

Para decidir qual se encaixa melhor no seu perfil, é necessário fazer uma pesquisa prévia sobre as vantagens e desvantagens de cada uma.

Como divulgar um produto?

Há diversas formas de divulgar os produtos ou serviços do programa de afiliados. É importante lembrar que não existe uma regra para isso, a divulgação depende do perfil do afiliado, de suas estratégias e conhecimentos.

Dentre as formas de divulgação temos:

  • E-mail marketing;
  • Posts em blogs;
  • Posts nas redes sociais;
  • Facebook Ads;
  • Google Ads;
  • Instagram Ads,
  • entre outros.

Além disso, é necessário entender se deseja fazer uma divulgação orgânica ou paga.

Como funciona a divulgação orgânica?

Basicamente, a divulgação orgânica é fazer com que os produtos e serviços chegam até os clientes de forma natural, isto é, sem ter que pagar para os mecanismos de busca.

Para isso, você precisa investir em marketing de conteúdo e saber trabalhar com algumas técnicas que ajudam a melhorar o posicionamento da página, como o SEO.

Além disso, para divulgar um produto de forma orgânica, você pode utilizar: posts em blogs, youtube e redes sociais.

Como funciona a divulgação paga?

Já a divulgação paga, como o próprio nome já diz, você precisa pagar pelo tráfego de clientes. Para isso, você pode utilizar o Google Ads ou Facebook Ads, por exemplo.

No entanto, é importante lembrar que cada plataforma tem suas estratégias e suas especificidades. Por isso, é importante entender como funcionam antes de começar a usar.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre programa de afiliados? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.