FinanzeroBlogBenefícios do Governo

Salário-maternidade: saiba quais são os pré-requisitos e como saber o valor a receber

Salário-maternidade: saiba quais são os pré-requisitos e como saber o valor a receber

Compartilhe esse post:

Gestantes e mulheres adotantes têm direito a receber um salário-maternidade para auxílio do afastamento de suas atividades

O salário-maternidade é um benefício assegurado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para todas as mulheres contribuintes durante a gestação, a partir do momento de afastamento por licença-maternidade, de nascimento da criança ou de declaração de ordem judicial de guarda de menor.

O auxílio é pago pela própria empresa para mulheres com carteira assinada. Para mulheres MEI (microempreendedor individual), empregadas domésticas e em regime de adoção, o pedido deve ser feito pelo site Meu INSS na internet.

Confira abaixo as principais dúvidas sobre o benefício.

Quem tem direito a receber o salário-maternidade?

Tem direito de receber as trabalhadoras registradas, empregadas domésticas e mulheres que contribuem pela guia do INSS com pelo menos 10 meses de contribuição (exceto empregadas domésticas e trabalhadoras avulsas, onde não há tempo mínimo de contribuição). O benefício é liberado no caso da segurada dar à luz, tirar licença ou receber a guarda de uma criança mediante a ordem judicial.

O que precisa para dar entrada no salário-maternidade?

Em caso de entrada pela empresa, a funcionária deve avisar o RH da gravidez e entregar o atestado quando for se afastar. Entretanto na adoção, ela deve entregar a ordem judicial de guarda da criança. A partir desse momento, os salários seguintes já serão salário-maternidade.

Para as demais categorias, basta criar o cadastro no Meu INSS com seus dados pessoais e digitalizar a certidão de nascimento ou a ordem judicial e fazer upload na área correspondente.

Veja também – Faça a simulação do seu crédito pessoal com segurança na FinanZero!

Qual é o valor pago pelo benefício?

O valor do salário-maternidade não pode ser inferior a um salário mínimo. De qualquer forma, o cálculo é feito conforme a condição da segurada. São elas:

  • Contribuinte individual, segurada facultativa e contribuinte especial: 1/12 das últimas 12 contribuições nos últimos 15 meses;
  • Empregada CLT e empregada doméstica: valor mensal da remuneração;
  • MEI: salário mínimo.

Confira mais clicando aqui – Meu INSS: veja quais são os benefícios disponíveis

Existe salário-maternidade para desempregadas?

Existem dois casos possíveis para desempregadas receberem o benefício:

  1. Se saiu da empresa grávida, tem direito de receber o auxílio maternidade da Previdência Social nos casos em que foi demitida por justa causa ou que tenha pedido demissão. Entretanto, se tiver sido demitida sem justa causa, a empresa tem a obrigação de pagar o salário-maternidade;
  2. No entanto, se não estava grávida quando saiu da empresa, o benefício é pago pela Previdência. Contudo, é necessário ter trabalhado por pelo menos 1 dia com carteira assinada entre a data de nascimento da criança e 14 meses e meio antes da data de nascimento para ter direito. Se tiver recebido seguro-desemprego, esse prazo de 14 meses e meio sobe para 26 meses.

Por quanto tempo são feitos os pagamentos?

Os pagamentos são contabilizados pela situação da criança. As possibilidades são:

  • Parto antecipado ou não: 120 dias;
  • Adoção: 120 dias;
  • Natimorto: 120 dias;
  • Aborto espontâneo: 14 dias.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o salário-maternidade? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Estorno: quais são os tipos e como proceder com a solicitação

Saiba em quais meios de pagamento é possível fazer a solicitação e como proceder para receber o valor. Leia mais aqui.

Ler artigo completo

0 respostas para “Salário-maternidade: saiba quais são os pré-requisitos e como saber o valor a receber”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
Solicite seu empréstimo