Depois de uma compra que não foi satisfatória ou uma cobrança indevida, há algumas formas de conseguir o estorno e ter o seu dinheiro de volta

Devolução de itens, não continuidade de um serviço, cobranças indevidas, desistências e cancelamentos já pagos. Esses são alguns motivos para a solicitação de um estorno. Conforme o Código de Defesa do Consumidor (CDC), o cliente tem o direito, em prazo estipulado, a solicitar a devolução integral ou parcial de valores.

O estorno pode ser feito de diversas formas. Com a devolução do limite do cartão de crédito, depósito em conta bancária ou algum bônus oferecido pela empresa com valor equivalente em compensação.

Veja abaixo quais formas de pagamento podem ser feito o pedido de estorno e como fazê-lo.

Cartão de crédito

Se o cliente deseja um estorno de compra feita com cartão de crédito, o mesmo tem alguns prazos e protocolos a serem seguidos:

  • o consumidor deve entrar em contato com a empresa que vendeu o produto ou serviço;
  • se a compra for pela internet, a empresa solicitará o produto via Correios. Se for comprado em loja física, irá pedir para levar o produto na loja que foi comprado para análise;
  • a empresa irá analisar as condições do produto, pois ele não deve ter sido usado e nenhuma etiqueta deve ter sido retirada;
  • se for serviço, deve ser entendido o motivo da desistência ou insatisfação;
  • no entanto, se estiver tudo correto, a empresa realizará o estorno, que será creditado em até dois meses na fatura;
  • se a compra for parcelada, o estorno prossegue da mesma forma, com o estorno da primeira parcela se já estiver paga, e as demais não aparecem mais na fatura.

Cartão de débito

No cartão de débito, o procedimento é um pouco diferente. Geralmente, os estornos de débito são por cobranças em duplicidade. Se for esse o caso e o cliente ainda estiver no local, a pessoa que realizou o procedimento na maquininha consegue fazer o estorno.

A maquininha vai gerar um comprovante e o cliente deve aguardar até 30 dias para o dinheiro retornar para a conta. Se não for possível o contato com o local, entre em contato com o banco para intermediar a solicitação.

Veja também – Faça a simulação do seu crédito pessoal com segurança na FinanZero!

Cheque

Mesmo que atualmente tenha pouca utilização, ainda tem algumas transações financeiras que aceitam esse tipo de pagamento. Para esse tipo de estorno, o cliente deve entrar em contato diretamente com o banco para realizar a solicitação. Os passos são:

  • informar ao banco o valor e para quem foi feito o pagamento com o CPF ou CNPJ;
  • realizar o pagamento para a pessoa ou empresa de outra forma, ainda na agência.

O procedimento pode demorar até 30 dias para ocorrer, e o valor retorna diretamente para a conta bancária do remetente.

Depósito ou transferência

O estorno de depósito é mais frequente quando tem alguma informação errada da conta que vai receber o valor. Nessa situação, o cliente deve entrar em contato com alguma agência bancária do banco administrador da conta. A devolução do valor é realizada em até 30 dias e pode ser sacado no caixa ou voltar para a conta-corrente do destinatário.

Ficou com mais alguma dúvida sobre estorno? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.