Daniela Muniz é dona da empresa Dany Candy & Cake e supervisora de Customer Success da FinanZero

As altas dos preços nos produtos da cesta básica preocupam grande parte da população que permanece em situação de desemprego durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Isso porque o Brasil tem hoje uma taxa de desemprego de 13,3%, que atinge 12,8 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Por isso, a empreendedora Daniela Muniz fala um pouco sobre a possibilidade de tentar amenizar o baque econômico das altas do mercado por meio da construção de uma rotina equilibrada e renda extra.

Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Como é conciliar a vida de empreendedora, dona de casa e supervisora?

“Acredito que a chave para conseguir conciliar tudo e ainda manter uma boa saúde mental e financeira é a estruturação de uma rotina. Eu separo muito bem o horário em que trabalho para mim mesma e o tempo em que devo dedicar a empresa.

Mesmo em Home Office eu sei os horários em que devo me dedicar a cada área da minha vida.”

Compras em meio a alta de preços: como fazer?

“Não tem como não sentir o baque da alta dos preços de todas as mercadorias que estão à venda no mercado. No meu caso eu compro por atacado na maioria das vezes, pois assim dá para ter desconto sobre a mercadoria.

Contudo, a melhor ferramenta para evitar os preços abusivos ainda é a pesquisa de mercado. Não ter medo de bater perna e ver quais os locais estão oferecendo promoções e o que vai facilitar o orçamento no final do mês.”

Com o aumento dos preços os seus clientes ficam prejudicados?

“Quem trabalha por conta sabe a dificuldade que é difícil manter os preços de suas mercadorias quando a matéria-prima aumenta. Mas eu tento ao máximo não fazer com que meus consumidores sejam prejudicados. Afinal, estamos todos juntos nessa crise.

Eu sempre prefiro segurar os preços, converso com os clientes mais antigos e explico a situação a fim de fidelizá-los cada vez mais. Assim, nada aumenta o preço do nada, sempre comunico o motivo e com o tempo verifico se há precisão de mudar os valores.

Um exemplo claro sobre como essa alto interferiu no meu dia a dia é o preço do leite condensado. Uso muito para fazer as sobremesas que eu vendo, e prezo pela compra de uma marca consolidada no mercado para que a qualidade seja sempre a melhor. Infelizmente, de uma hora pra outra esse material aumentou de R$ 3,90 a unidade para R$ 5,90. Isso me fez considerar trocar o fornecedor por outro da mesma qualidade, para não interferir nos preços.

Muitas vezes, essa é a alternativa mais prudente. Realizar a troca do fornecedor não mudou a qualidade, e eu continuo mantendo o valor enquanto for possível.

O consumidor sabe que tudo está cada mais mais caro, mas isso não significa que ele tenha que consumir alimentos que não o façam feliz. É preciso encontrar alternativas”.

Como começar uma renda extra?

“Acredito que é preciso sempre ter um plano de emergência. Inclusive ajudar as pessoas com isso é um projeto de vida meu.

Antes de mais nada, o certo é pensar na pessoa que será o seu público. Por isso, o primeiro ponto é saber o que vender e para quem vender!

Arrisque-se, faça muitas receitas e ofereça para seu público, ouça o feedback e tente buscar a melhoria por meio do que as pessoas podem dizer sobre o produto. Eu mesma adoro testar e ouvir o que meu público acha das novidades.

Comecei vendendo trufas quando estava desempregada, o que incentivou a minha busca por novidades dentro do ramo de confeitaria, até que um dia tive uma experiência incrível.

Eu estava acostumada apenas com aqueles brigadeiros simples que já vem feito em embalagem comprada no mercado. Um dia, em uma festa, comi um brigadeiro artesanal que me fez o mundo parar. Era uma delícia sem precedentes.

Decidi pesquisar e me aprofundar no universo dos doces, até criar a Dany Candy & Cake. Com isso, acho que posso dizer que ser apaixonado pelo que você oferece é uma das melhores formas de atingir a sonhada renda extra.

A melhor dica que eu posso oferecer é não esquecer de testar, receber e perder o medo de feedback e nunca parar de aprender.

Eu, por exemplo, estou sempre aprendendo e me arriscando.”

Veja também -Comprar ou alugar um imóvel? FinanZero responde

Ficou com mais alguma dúvida sobre como iniciar um renda extra no meio da pandemia mesmo com os preços em alta? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.