Parceria entre 99 e WhatsApp começa em outubro e apenas para cidades interioranas

A partir do dia 15 de outubro, a empresa de transporte por aplicativo 99 vai começar a aceitar pedidos de corrida pelo WhatsApp. No entanto, em um primeiro momento, apenas quatro cidades do interior paulista terão acesso ao serviço:

  • São Carlos;
  • Araraquara;
  • Bauru,
  • Presidente Prudente.

O novo serviço da 99 deve chegar em outras cidades de forma gradual durante as próximas semanas. A ideia é que a parceria entre as duas plataformas esteja disponível em todo o Brasil até o final do ano.

Além disso, o principal público-alvo dessa novidade será brasileiros das classes C e D. Isso porque, a 99 considera que esse público possa ter celulares com menor capacidade para download de muitos aplicativos. Ou, ainda, que morem em regiões em que o sinal de telefone móvel é mais fraco.

Veja mais – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Quando o serviço da 99 chega em outras cidades?

Até o momento, não há uma previsão dessa informação. A 99 apenas informou que até dia 15 será implementado o serviço nas quatro cidades. Ainda não há informações sobre uma possível data para outras cidades.

No entanto, a empresa informou que deseja implantar o serviço com o WhatsApp em todas as cidades do Brasil, que tem acesso ao aplicativo, até o final desse ano.

De que forma serão os pagamentos?

Por enquanto, o serviço da 99 em parceria com o WhatsApp só aceitará pedidos da categoria 99Pop, com pagamentos em dinheiro.

Além disso, de acordo com a empresa, o valor será o mesmo cobrado nas corridas solicitadas pelo aplicativo da 99. No entanto, os motoristas que desejarem terão a opção de recusar os pedidos para pagamento em dinheiro.

Ainda de acordo com a 99, mais para frente o ideal é que a empresa passe a utilizar o WhatsApp Pay para permitir pagamentos com cartões.

Veja também – Quais são as novas regras da Uber?

O que é WhatsApp Pay?

O WhatsApp Pay, também conhecido como WhatsApp Pagamentos, é uma nova modalidade de transferências de valores na plataforma.

No entanto, o serviço é realizado pelo Facebook Pay, e por isso, é necessário configurar um cartão de crédito ou de débito na plataforma para poder realizar pagamentos ou transferências.

Além disso, o serviço não cobra taxa de serviços dos usuários de contas pessoas, que tem o limite de R$ 1 mil por transação e R$ 5 mil por mês.

Já para empresas do WhatsApp Business não há limite nos valores de transações. Entretanto, o aplicativo cobra taxa de processamento por vendas, que gira em torno de 3,99%.

Até o momento, o serviço está em fase de testes.

Segurança no pedido

Para lidar com a segurança, tanto de usuários quanto dos motoristas, será necessário confirmar seus dados cadastrais no primeiro pedido.

Por isso, quando for realizar um pedido de uma nova corrida, deverá informar:

  • qual local de embarque;
  • local de destino,
  • e um mapa integrado.

Assim, depois disso, você vai receber uma mensagem em seu celular com:

  • previsão do valor da corrida;
  • tempo de espera;
  • nome do motorista, e
  • dados do veículo.

Por fim, quando sua corrida chegar ao fim, você receberá uma mensagem no WhatsApp avisando o valor que deverá pagar, em dinheiro, ao motorista.

Ficou com mais alguma dúvida sobre a nova parceria da 99 com o WhatsApp? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.