No início do mês, começaram boatos sobre o Auxílio Emergencial ser estendido até junho de 2021

Em outubro começou com um burburinho sobre o Auxílio Emergencial.

Entre eles estavam notícias sobre o Ministro da Economia, Paulo Guedes, ter a intenção de estender o auxílio até meados de 2021. E com a aprovação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Mas será que isso vai acontecer?

Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

O que é o Auxílio Emergencial?

De acordo com a Caixa, é um auxílio financeiro dado pelo governo a trabalhadores informais, desempregados e MEI, durante o período de Estado de Calamidade causado pelo Covid-19.

O auxílio tem valores diferentes, veja:

  • As cinco primeiras parcelas são no valor de R$ 600. entretanto, para mães chefes de família esse valor dobra;
  • Aos que têm direito aos 4 meses a mais que o governo liberou, essas parcelas são de R$ 300. Assim como antes, o valor é dobrado para as mães chefes de família.

Caixa inicia pagamento da segunda parcela de R$ 300

Como recebo o auxílio?

Depois que as parcelas forem liberadas, o valor estará disponível no Caixa Tem e o saque pode ser feito de acordo com o calendário. Mas o pagamento de boletos pode ser imediato.

Vale lembrar que, para os que têm Nuconta, existe a opção de gerar um boleto para depósito em sua conta. Dessa forma, não é necessário esperar a data de saque.

Assim como na Nuconta, no Mercado Pago existe a opção de “adicionar dinheiro” usando o cartão virtual caixa.

Leia também: Caixa paga novas parcelas do Auxílio Emergencial

Estado de Calamidade Pública

Desde março o Brasil lida, mais de perto, com a realidade do coronavírus. Com mais de cinco milhões de casos, mais de um milhão só em São Paulo, e 155.460 morte no país (até 22 de outubro de 2020), o Brasil está em segundo lugar em mortes no mundo.

Não só os óbitos chocam, como também o número de desempregados: 13,7 milhões. Em dados do IBGE, temos a taxa de desemprego em 14,3%, a maior desde que começou essa série, em 2012.

O Estado de Calamidade permite que o governo tome medidas excepcionais para que, dessa forma, consiga contornar todos os imprevistos causados pelo covid-19. Daí surge o Auxílio Emergencial, entre outras medidas.

Dúvidas sobre como usar o Caixa Tem?

Auxílio emergencial em 2021

Havia a possibilidade do Ministro Paulo Guedes estender, mais uma vez, o auxílio até meados de 2021. Porém, ele mesmo desmentiu tal notícia em 7 de outubro.

Assim como o Estado de Calamidade, o auxílio terminará em dezembro de 2020. O governo acredita que até lá o país sairá da crise e se recuperará do alto desemprego.

Uma das razões para acabar com o auxílio é aumentar o valor do programa Renda Cidadã. Ele seria o programa social de Bolsonaro, criado para substituir o Bolsa Família. Eventualmente, com esse aumento, manter o auxílio comprometeria o teto de gastos.

Confira as atualizações sobre o auxílio.

Ficou com dúvidas depois que leu esse artigo? Me pergunte nos comentários!

Para mais informações e novidades, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram; /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.