A Black Friday acontece agora em 27 de novembro; saiba quais são as expectativas para a data

Agora em novembro acontece a Black Friday, e para essa data os Correios projetam que o volume de entregas deve aumentar mais de 20% quando comparado ao ano de 2019.

No entanto, apesar da alta, os Correios têm que lidar com a competição com pequenos e médios grupos de logística que vêm ganhando espaço no Brasil. Isso porque essas empresas têm demonstrado uma maior agilidade nas entregas em grandes centros.

Além disso, a estatal também tem que lidar com varejistas e e-commerces com seus próprios meios de transporte.

Veja mais – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Jornada Black Friday

Para apoiar os empreendedores brasileiros e ajudar na preparação para a Black Friday 2020, os Correios iniciaram em 29 de outubro a Jornada Black Friday.

O evento é marcado por uma série de encontros virtuais, apresentados por meio de lives transmitidas toda quinta-feira às 11h, no canal da empresa no YouTube.

O primeiro encontro, por exemplo, foi abordado o tema “o final de 2020 para o e-commerce”, com o Samuel Gonsales, diretor do E-commerce Brasil. A live abordou o comportamento do consumidor que faz compras online e o quanto esses novos hábitos podem impactar as datas comemorativas.

Já o segundo dia de evento, em 5 de novembro, teve como tema “sou pequeno, o marketing digital é para mim?” com Diego Santana, do E-commerce Rocket . A ideia era abordar a forma prática e os benefícios do uso das redes sociais para aumentar as vendas.

Além disso, é importante ressaltar que todas as lives ficam disponíveis no canal Correios Oficial mesmo após a transmissão.

Leia também – Black Friday: Procon elabora dicas para consumidor não cair em golpes

Black Friday Correios 2020

Além da Jornada, os Correios também fizeram uma transmissão ao vivo no canal de YouTube da estatal para lançar a campanha oficial da Black Friday 2020. Por isso, a empresa mostrou em vídeo parte do processo para as entregas.

Pesquisa Reclame Aqui

De acordo com pesquisa do Reclame Aqui, 70% pretende fazer compras durantes a Black Friday.

No entanto, apesar da porcentagem alta, as pessoas não pretendem gastar muito. Isso porque:

  • 14% pretende gastar acima de R$ 3 mil;
  • 10% entre R$ 2 mil e R$ 3 mil
  • 20% planeja desembolsar entre R$ 1 mil e R$ 2 mil;
  • 15% planeja gastar de R$ 800 a R$ 1 mil;
  • 8% entre R$ 600 e R$ 800 e
  • 8% até R$ 200.

Além disso, 30% diz que não pretende fazer compras nessa época. Isso porque de acordo com uma parcela (26%) das pessoas os preços na Black Friday não são verdadeiros e sim “maquiados”. Dentre os outros motivos está:

  • falta de dinheiro;
  • falta de confiança;
  • não precisarem de nada.

O que é a Black Friday?

A Black Friday é uma época em que as lojas, tanto físicas quanto e-commerces, colocam grandes descontos em seus produtos. E acontece sempre na sexta-feira após o feriado de ação de graças, isto é, na última sexta-feira de novembro.

No entanto, apesar de já fazer parte da nossa cultura, a data foi criada nos Estados Unidos.

Além disso, a Black Friday só chegou no Brasil em 2010 e apenas nos e-commerces. Em 2011, o Extra adotou a data para suas lojas físicas e a partir daí os comerciantes começaram a prestar atenção no potencial da época.

Ficou com mais alguma dúvida sobre a Black Friday? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.