Em live, a Caixa anunciou uma série de mudanças para os próximos meses

Nesta quarta-feira (14), a Caixa Econômica Federal anunciou uma redução na taxa de financiamento de imóveis para pessoas físicas, com recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo).

Atualmente o piso é de 6,5%, vai reduzir para 6,25% mais a taxa referencial (TR) ao ano. Já o teto caiu de 8,5% para 8% mais TR. As novas taxas vão valer a partir do dia 22 de outubro para os novos financiamentos.

Além disso, durante o anúncio, Pedro Guimarães, presidente da Caixa, fez uma simulação de um financiamento de R$ 200 mil para 30 anos e ressaltou que a instituição financeira prevê conceder mais de R$ 14 bilhões em crédito imobiliário até o fim deste ano.

Veja também – Faça uma cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Pausa na prestação da casa própria

Além da redução nas taxas da Caixa, a instituição anunciou que pretende renovar a pausa de 6 meses nas prestações da casa própria nas contratações até 30 de dezembro.

No entanto, essa prorrogação vai valer apenas para novos contratos de financiamentos de imóveis novos.

Por isso, pessoas físicas poderão iniciar o pagamento do encargo (juros + amortização) após seis meses da contratação. Durante esse tempo, só será necessário pagar os valores do seguro e a taxa de administração do contrato.

Feirão da casa própria

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o famoso Feirão da Casa Própria vai acontecer neste ano de forma virtual. Até o momento ainda não temos mais detalhes, mas será realizado em duas edições: uma agora no mês de outubro e outra em novembro.

“Essa é uma iniciativa famosa, todos os anos, que é uma concentração de data, aonde temos um volume de vendas muito grande porque temos as construtoras no mesmo local”, ressaltou Guimarães durante anúncio em live.

Por isso, a Caixa prevê a participação de alguns parceiros, como:

  • Câmara Brasileira da Indústria da Construção;
  • Associação Brasileira de Incorporadas Imobiliárias;
  • Sindicato das Empresas de Compra e Venda;
  • Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário,
  • Entre outras.

Veja também – Projeto de lei permite uso do FGTS para gastos com educação e reforma

Crédito no aplicativo Caixa Habitação

Além de mudar o feirão para o formato virtual, a Caixa também vai oferecer novas oportunidades online.

Isso porque, a partir de 19 de outubro, a Caixa vai passar a aceitar contratos de financiamento de casas próprias pelo aplicativo Caixa Habitação. Por isso, o cliente só precisará ir até uma agência da Caixa para assinar o contrato.

Pagamento parcial

Além de ter crédito habitacional online, o aplicativo Caixa Habitação também vai oferecer novas opções de pagamento das prestações. Por isso, as famílias vão poder pagar de forma parcial as prestações:

  • Pagar 75% da prestação por até seis meses, ou
  • Pagar entre 50% e 75% da prestação por até três meses.

Esse novo formato de pagamento das parcelas já está disponível no aplicativo da Caixa, e pode ser feito por pessoas que:

  • adiaram o pagamento dos primeiros meses da pandemia,
  • pagaram as parcelas em dia, mas agora estão com dificuldades para manter o pagamento.

Ficou com mais alguma dúvida sobre as novas medidas da Caixa? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.