Auxílio emergencial: beneficiários do bolsa família recebem ou não, o valor e como fica o calendário do auxílio 2021 para o bolsa família

A volta do auxílio emergencial para 2021 já está em vigor. O auxílio está sendo liberado pelo Governo Federal a fim de ser uma ajuda a população diante da pandemia do Covid-19, que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é a maior crise sanitária na nossa época.

Diante desse cenário muitas dúvidas surgem na população em relação aos benefícios concedidos pelo Governo. Para aqueles que recebem o bolsa família as dúvidas são ainda mais recorrentes, visto que existem questionamentos em relação ao recebimento do auxílio. De acordo com o Ministério da Cidadania, são 14,2 milhões de famílias que recebem o amparo do programa.

Previdência privada: quais são as vantagens de investir?

Bolsa família vai receber o auxílio emergencial 2021?

Segundo o Governo Federal aqueles que já recebem o bolsa família irão receber o auxílio emergencial 2021. Contudo, os dois valores não serão somados. Entenda como vai funcionar para cada caso:

  • Caso o valor recebido pelo bolsa família seja menor do que o pago pelo auxílio, o beneficiário recebe apenas o auxílio emergencial;
  • Para valores recebidos do bolsa família que são maiores do que o auxílio o cidadão continua recebendo o benefício bolsa família;

Para saber se o valor recebido é maior do que aqueles distribuídos pelo auxílio basta verificar quais são as composições familiares que se encaixam em cada caso. Já que o valor a ser recebido depende dos integrantes que compõem a família do beneficiário.

Caso o cidadão tenha direito de receber o bolsa família mas está recebendo apenas o auxílio, o valor do bolsa família volta a ser pago no mês de agosto, após as parcelas do auxílio emergencial serem pagas. Nesse caso, o valor que não foi pago, relacionado ao bolsa família, não será devolvido pelo Governo.

O que é previdência privada e como funciona?

Qual o valor do auxílio emergencial para o Bolsa Família 2021?

Como comentado, os valores que serão liberados para o bolsa família dependem da composição familiar do indivíduo, assim como para os não beneficiários do programa. Os valores seguem conforme a quantidade de pessoas em cada família:

  • Se a família for composta por apenas um membro o valor segue em R$ 150;
  • Para aquelas que possuem mais de um membro o valor vai para R$ 250;
  • E por fim, para famílias que são chefiadas por mulheres solteiras com um membro menor de 18 anos o valor fica em R$ 375;

Serão 4 parcelas pagas nos meses de abril, maio, junho e julho.

Como fica o calendário do auxílio emergencial 2021 para o bolsa família?

O calendário para aqueles que já recebem o bolsa família segue de acordo com o final do número do NIS. Como mostrado a seguir:

Final do NIS1° Parcela2° Parcela3° Parcela4° Parcela
116/0418/0517/0619/07
219/0419/0518/0620/07
320/0420/0521/0621/07
422/0421/0522/0622/07
523/0424/0523/0623/07
626/0425/0524/0626/07
727/0426/0525/0627/07
828/0427/0528/0628/07
929/0428/0529/0629/07
030/0431/0530/0630/07

Para quem não é beneficiário do bolsa família o calendário do auxílio emergencial segue de acordo com a data de nascimento de quem recebe o amparo.

Vale a pena comentar que para consultar o auxílio emergencial basta entrar no site do DataPrev com nome completo, CPF, nome da mãe e data de nascimento. Lá estarão informações referentes ao auxílio, como o número de parcelas que ainda faltam para receber.

Caso o cidadão não receba o auxílio emergencial mas possui direito é possível solicitar a contestação que aparecerá no site do DataPrev 10 dias após a lista com os nomes de quem receberá o auxílio. A lista com os nomes é divulgada pela Caixa próximo da primeira data de pagamento da parcela do auxílio no mês em questão. Dessa forma, é preciso estar atento as informações divulgadas pelo Governo Federal e pela Caixa Econômica.

Quais são os tipos de consórcio e qual escolher?

E então, restou mais alguma dúvida sobre o calendário do auxílio emergencial 2021 para o bolsa família? Se sim, deixe aqui o seu comentário que a FinanZero te ajuda.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.