FinanzeroBlogFinanças Pessoais

Previdência privada: quais são as vantagens de investir?

Previdência privada: quais são as vantagens de investir?

Compartilhe esse post:WhatsappFacebookLinkedInTwitter

Mesmo sem idade mínima ou necessidade de comprovação de renda, beneficiários da previdência privada ainda não sabem se o investimento é o melhor negócio

Divulgada na última quarta-feira (5) pelo Comitê de Política Monetária (Copom), a taxa selic aumentou em 0,75 o ponto percentual. Desde o dia 26 de abril a taxa se mantinha em 2,75% e atualmente encontra-se em 3,50% ao ano. Com isso, os investimentos tendem a ser prejudicados, uma vez que, a renda variável é impactada.

Por isso, muitos beneficiários da previdência privada não sabem se é vantajoso ou não investir no fundo de garantia que não está relacionado ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Nesse post, a FinanZero reúne as principais informações acerca desse tipo de investimento. Confira abaixo:

Como solicitar o empréstimo pessoal online com a FinanZero?

Por que investir na previdência privada?

Primeiramente, é fundamental compreender que o principal objetivo da previdência privada é aumentar e garantir a renda do investidor durante sua aposentadoria, baseando-se sempre no valor investido pelo próprio cliente. Logo, as seguradoras estabelecem os valores a serem investidos mensalmente e o consumidor faz as aplicações.

Além disso, a possibilidade de investir na previdência privada é um meio que assegura de forma assertiva alguns benefícios governamentais aos investidores. Por exemplo, durante a declaração do Imposto de Renda, o individuo consegue deduzir os valores aplicados no plano de previdência em até 12% da sua renda anual tributável.

Essas vantagens são popularmente conhecidas como “benefícios fiscais” e vale ressaltar que também é possível diversificar as aplicações que são feitas. Nesse sentido, os investidores conseguem investir diferentes porcentagens em: renda fixa e variável, modalidade de imóveis e investimentos que são sujeitos à variação cambial.

O que é previdência privada e como funciona?

Como investir na previdência privada?

O primeiro passo para investir na previdência privada é escolher o tipo plano desejado, sendo estes: o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) ou Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL). A redação da FinanZero já tem um post específico explicando a diferença entre os dois planos, para conferir basta clicar aqui.

Em seguida, será necessário identificar o tipo de tributação desejada e em qual fundo o valor será aplicado. Desse modo, a ideia é verificar o tipo de renda que será investida e definir a idade de aposentadoria. Também é válido reforçar a importância de contar com um suporte correto nesse processo, assim, o investidor garante uma boa aposentadoria e alcança seus objetivos de forma vantajosa.

Como posso cancelar meu consórcio?

Compare já o empréstimo pessoal online ideal para o seu bolso: são mais de 50 parceiros!

Qual o rendimento dos investimentos?

Para compreender qual será o retorno do investimento na previdência privada, o cliente precisa se atentar ao tipo de tributação escolhida no início do investimento. Isto é, antes de começar a investir é preciso escolher se a tributação estará atrelada a tabela progressiva ou regressiva.

Enquanto a tabela progressiva tende a aumentar conforme o valor que o cliente investe e resgata mensalmente, a tabela regressiva, por sua vez, visa reduzir o valor da alíquota conforme o tempo investido. Na prática, funciona da seguinte maneira:

Tabela Progressiva:

Renda Mensal:Alíquota:
De R$ 1.903,99 a R$ 2.826,657,5%
Entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,0515%
De R$ 3.751,06 e R$ 4.664,6822,5%
Acima de R$ 4.664,6827,5%

Tabela Regressiva:

Tempo Investido:Alíquota:
Até 2 anos35%
De 2 a 4 anos30%
De 4 a 6 anos25%
De 6 a 8 anos20%
De 8 a 10 anos15%
Acima de 10 anos10%

Escolher a tabela progressiva ou regressiva?

A resposta para essa pergunta depende principalmente, dos objetivos traçados pelo cliente no que se refere ao investimento na previdência privada. Sendo assim, é importante que algumas questões sejam ponderadas. Entre elas:

  • Eu planejo usar esse investimento em longo prazo?
  • Pretendo resgatar algum valor durante o investimento?
  • A retirada rápida de alguma quantia é vantajosa para mim?
  • Por quanto tempo pretendo deixar o valor investido?

Assim sendo, cabe ao investidor ponderar o tipo de tributação mais adequada de acordo com a sua necessidade. A partir dessas perguntas, é possível considerar qual das duas tabelas faz mais sentido para o investimento pessoal de cada cliente.

O que é um consórcio e como ele funciona?

Quais são as vantagens de investir na previdência privada?

Além dos “benefícios fiscais” que já foram citados anteriormente, os investidores têm direito à sucessão patrimonial. Ao contrário do INSS onde não é possível realizar a transferência de patrimônio, o investimento na previdência privada permite que os valores sejam passados adiante para futuros herdeiros.

Vale ressaltar que os investidores também conseguem fazer a portabilidade do plano caso achem necessário. Desse modo, é possível migrar os planos da previdência numa mesma instituição ou fazer a transferência para outra seguradora. Não são cobrados tributos sobre essa operação, portanto, não haverão custos adicionais para efetuar a portabilidade.

Quais bancos começaram a aceitar pagamentos por WhatsApp Pay?

Por fim, ficou com dúvidas sobre os investimentos na previdência privada? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero te ajuda.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como posso cancelar meu consórcio?

O que acontece se eu desistir de um consórcio?Desistência após 7 dias […]

Ler artigo completo

0 respostas para “Previdência privada: quais são as vantagens de investir?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de EmpréstimoConsórcioSitemapIti – Empréstimo Pessoal OnlineClick Cash – Empréstimo Pessoal OnlineCartão de Crédito OnlineDigio – Cartão de Crédito OnlinePolítica de Privacidade FinanZeroVirtusPay – Boleto Parcelado Onlinebxblue – Empréstimo Pessoal OnlineAgente Imóvel – Refinanciamento Imobiliário OnlinePiki – Empréstimo Pessoal para Negativado OnlineProvu – Empréstimo Pessoal OnlineBoa Vista: Empréstimo Pessoal Online e ScoreCetelem – Crédito Consignado OnlineSuperSim – Empréstimo Pessoal OnlineSofisa Bank – Refinanciamento de Imóvel OnlineBanco Alfa – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo Sim – Crédito Pessoal OnlineCredjet – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Bari – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo Consignado INSS para aposentado e pensionistaParceirosCreditas – Refinanciamento de Imóvel OnlineEmpréstimo para Autônomo Negativado OnlineSimulação de empréstimoEmpréstimo com Garantia OnlineSimule seu empréstimo – ConversãoEmpréstimo ConsignadoNexoos – Empréstimo Para Empresa OnlineCashMe – Refinanciamento de Imóvel OnlineCrediHome – Refinanciamento de Imóvel OnlineTipos de EmpréstimoOmni Financeira – Refinanciamento de Veículo OnlineMoneyman – Empréstimo Pessoal OnlineBanco Pan – Crédito Consignado OnlineNew HomeLivre Digital – Empréstimo Pessoal OnlineBizCapital – Empréstimo e Capital de Giro Para Empresa
Solicite seu empréstimo