Com autorização do Banco Central (BC), gradualmente o WhatsApp Pay será liberado aos usuários do aplicativo

Desde o dia 30 de março, a opção de transferir dinheiro foi liberada aos usuários do WhatsApp no Brasil. Um levantamento feito pelo Grupo Croma apontou que o WhatsApp é o aplicativo mais acessado pelos brasileiros no celular, por isso, unir o app de conversação aos meios de pagamento parece ser uma alternativa muito eficiente.

A Índia, por exemplo, já vinha usufruindo da nova versão desde novembro do ano passado. A partir disso, a função de pagamentos vinha sendo cogitada para funcionar no Brasil e recentemente o Banco Central (BC) autorizou o funcionamento do aplicativo. Assim, a ideia é que esses pagamentos reduzam os custos das transações.

Nesse sentido, alguns usuários que estão tendo acesso as novas funcionalidades do WhatsApp Pay já estão relatando suas experiências através das redes sociais. Confira:

O que é WhatsApp Pay?

De forma literal, “WhatsApp Pay” significa “Pagamento pelo WhatsApp”. Isto é, o aplicativo WhatsApp agora permite que os usuários façam pagamentos dentro de sua própria plataforma. No mesmo menu onde encontram-se opções para o envio de arquivos, será possível localizar a função “pagamento” e transferir o valor desejado.

Foto: Divulgação/WhatsApp

Além disso, o aplicativo funcionará como uma espécie de “ponte” entre as transações bancárias. Portanto, os usuários precisam ter conta nos bancos aceitos e cadastrar um cartão de débito, um cartão múltiplo com função débito ou um cartão pré-pago para conseguir realizar as operações via WhatsApp Pay.

Tenho FGTS para receber em 2021?

Quais bancos estão aceitando o WhatsApp Pay?

Ainda não são todos os bancos que estão aceitando as operações via WhatsApp Pay, assim sendo, o próprio WhatsApp disponibilizou uma lista com os bancos disponíveis e as bandeiras aceitas. Então, são eles:

  • Banco do Brasil: Visa
  • Banco Inter: Mastercard
  • Bradesco: Visa
  • Itaú: Mastercard
  • Mercado Pago: Visa
  • Next: Visa
  • Nubank: Mastercard
  • Sicredi: Mastercard e Visa
  • Woop, a conta digital da Sicredi: Visa

A princípio, esses são os bancos e bandeiras divulgados pelo WhatsApp. Contudo, o aplicativo já deixou explícito que está em busca de novos parceiros para ampliar os serviços de pagamentos para todos os usuários no Brasil.

Como saber se tenho PIS/Pasep a receber em 2021?

Como ativar a função de pagamentos?

Conforme mencionado, o acesso será liberado gradualmente aos usuários. Em virtude disso, a maior dica é manter o app atualizado para conferir se o recurso encontra-se disponível. Quando a função estiver visível, o usuário deve seguir o seguinte passo a passo que foi disponibilizado pelo próprio WhatsApp:

Em resumo, o usuário deverá acessar a aba “pagamento” e inserir o valor que deseja prosseguir. Em seguida, será necessário criar um PIN de 6 dígitos através do Facebook Pay (o Facebook é integrado ao WhatsApp, por isso a ligação). Por fim, basta inserir os dados pessoais do usuário e os dados do cartão de débito.

Após esse processo, os dados do cartão serão verificados e já será possível realizar os pagamentos. Também é válido ressaltar que, o WhatsApp não fará cobrança de quaisquer taxas para que os usuários enviem ou recebam o dinheiro.

Como saber se vou receber a segunda parcela do auxílio emergencial 2021?

O WhatsApp Pay é seguro?

Sim, 100% seguro. Segundo o próprio aplicativo, o WhatsApp Pay é protegido pela cliptografia de ponta a ponta e todos os dados do cartão de débito são armazenados em um local separado e altamente protegido, de acordo com os requerimentos do mercado de pagamentos.

Além disso, os próprios usuários podem tomar medidas antifraude. Acerca destas, podemos destacar: ativar o bloqueio por impressão digital, Touch ID ou Face ID no aparelho, definir alguma senha segura para a tela de bloqueio do celular, ativar a confirmação em duas etapas no WhatsApp e não compartilhar senha ou PIN com ninguém.

Empréstimo consignado: como funcionam as novas regras?

Por fim, ficou com dúvidas sobre o WhatsApp Pay? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero te ajuda.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.