O momento de receber aquele dinheiro extra no final do ano é o mais esperado e é ótimo, mas aproveitá-lo da melhor maneira é ainda mais vantajoso.

Para aproveitar bem o décimo terceiro salário, a primeira coisa que deve ser feita é a verificação das contas. É preciso revisar as despesas e ver se está tudo certo. Depois de conferir, é importante ponderar com o que realmente é necessário gastar, para que esse benefício não se dissolva com coisas supérfluas.

É interessante fazer um planejamento antes de receber o décimo terceiro, para decidir o melhor que pode ser feito com ele. Com esse estudo antecipado é possível ter um aproveitamento completo desse dinheiro extra, já que todo o necessário será definido antes. O segredo é planejar…

É interessante lembrar que, apesar de gastar o décimo terceiro com o que é realmente necessário, guardar uma parte dele é importante, para que no futuro, além de ganhar esse extra, se tenha mais uma boa parte guardada, pronta para ser usada no momento certo.

Quem tem direito ao 13º?

Como renegociar dívidas com o décimo terceiro?

Renegociar as dívidas com o décimo terceiro salário é super possível e muito útil. O planejamento citado no tópico anterior, é importante para fazer isso acontecer, pois antes de tudo, é preciso conhecer as próprias dívidas. Focar na taxa de juros é o segundo passo. Cada dívida tem uma taxa e para não errar é preciso conhecer cada uma delas, sendo assim, é melhor priorizar as que estão com os juros mais altos.

Depois de escolher as dívidas a serem pagas, é hora de negociar com as instituições para procurar reduzir o valor ou mesmo, melhorar as circunstâncias do pagamento.

Depois da quitação das dívidas é necessário fazer uma revisão financeira para eliminar os riscos de adquirir novas e assim ter a chance de economizar o décimo terceiro.

Sou autônomo e quero fazer um empréstimo, o que fazer?

Como guardar o décimo terceiro?

Para guardar o décimo terceiro, é importante ter todas as dívidas quitadas. Depositar o valor em uma conta poupança é uma boa pedida, mas é importante lembrar que esse dinheiro é para ser deixado lá. Só é indicada a utilização dele em casos de extrema necessidade e importância.

Como investir o décimo terceiro?

Investir o valor do décimo terceiro pode trazer benefícios, como obter uma boa renda extra, já que ele está à parte do orçamento mensal disponível. A depender da situação financeira atual, o investimento de parte do valor total já é muito bem vindo. Antes de começar a investir é importante definir objetivos.

O mais viável é investir na renda fixa, por ser uma categoria de baixo risco e que mantém o valor no positivo, além de ser de fácil entendimento para os iniciantes. Há inúmeras maneiras de investir nessa categoria. Como:

  • Letras de Crédito (LC) – Através das LC é possível fazer um investimento mínimo de mil reais, mas possui alguns riscos.
  • Comprovante de Depósito Bancário (CDB) – Através do CDB é possível ter uma boa rentabilidade. De acordo com a maioria das instituições, o valor investimento rende aproximadamente 6,0% ao ano .

Tem mais alguma dúvida sobre o décimo terceiro? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de acompanhar a FinanZero por aqui e nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.