Cadastro Único: quem pode se cadastrar, como saber se estou inscrito e como fazer a atualização cadastral do registro pela internet

O cadastro único, também conhecido como CadÚnico, é um registro que mostra ao Governo Federal quais são as famílias que estão em situações de pobreza ou extrema pobreza e que eventualmente precisam ou precisarão receber amparos sociais. O Governo auxilia grande parte da população, visto que são mais de 30 milhões de famílias que estão em situação de pobreza no período de pandemia do Covid-19.

Alguns benefícios do Governo exigem que o CadÚnico esteja atualizado para que cidadãos e famílias ainda possam ser beneficiados. Por isso, abaixo estão as principais questões relacionadas ao assunto, a fim de sanar eventuais dúvidas que possam surgir na população que recebe o amparo do Governo.

Como consultar benefício do INSS pelo CPF?

Quem pode ter Cadastro Único?

O cadastro único pode ser feito pelos cidadãos que se encaixarem em algumas categorias, como:

  • Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 550, considerando o atual salário mínimo);
  • Ou renda familiar de até até três salários mínimos (até R$ 3.300);
  • Ter renda maior do que três salários mínimos desde que comprovado o recebimento por programas sociais do Governo;
  • Pessoa ou família em situação de rua;
  • Cadastro para receber algum benefício oferecido pelo Governo que exija a inscrição;

O CadÚnico pode ser feito pelo responsável familiar no serviço responsável pelo setor da cidade em que mora, em geral as prefeituras são as responsáveis pelas inscrições. Além disso, o cadastramento ao programa pode ser feito em Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), localizados próximos a residência do cidadão solicitante.

Quem tem direito ao lucro do FGTS 2021?

Como saber se estou inscrito no Cadastro Único?

O CadÚnico é um registro utilizado para que os cidadãos possam receber os benefícios sociais oferecidos pelo Governo Federal. Para saber sobre a inscrição ou não o indivíduo pode optar por 3 possibilidade, são elas:

Pelo site

A consulta do cadastro único pode ser feita por meio do site do Ministério da Cidadania, basta que o cidadão siga os passos abaixo:

  • Acesse o site do cadastro único;
  • Informe os dados solicitados, que são nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município;
  • Após adicionar as informações, clique em “Não sou um robô” e em seguida em “Emitir Certidão” para verificar a inscrição ou não no Cadúnico;

Pelo aplicativo

O aplicativo do cadastro único pode ser baixado para que o mesmo procedimento comentado anteriormente seja feito, assim basta seguir os passos:

  • Baixe o aplicativo no Google Play ou App Store;
  • Após abrir o aplicativo clique em “Entrar”;
  • Informe os dados solicitados e clique em “Emitir Certidão”;

Pelo telefone

Uma outra opção de verificação de cadastro é a ligação as centrais de atendimento do ministério da cidadania, para isso ligue para o número: 0800 707 2003.

Auxílio Brasil: quem tem direito?

Como atualizar o Cadastro Único pela internet?

O cadastro único precisa ser atualizado a cada 2 anos e sempre que houver atualizações nas famílias cadastradas como:

  • Nascimentos;
  • Morte de algum membro da família;
  • Mudanças de endereço, trabalho ou escola;

As atualizações precisam acontecer nos mesmos postos em que são realizadas as inscrições do registro. Dessa forma, é possível atualizar as informações em Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou prefeituras localizadas próximas a região que o cidadão reside.

Mesmo com a pandemia as atualizações cadastrais estão sendo realizadas de forma presencial, algumas prefeituras podem cobrar por agendamentos para que a ação possa ser feita evitando as aglomerações. Sendo assim, não é possível fazer a atualização de dados por meio da internet, sendo necessário o comparecimento presencial aos locais indicados.

E então, restou mais alguma dúvida sobre como atualizar o cadastro único pela internet? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.