Pis

Saiba como consultar o Pis sem sair de casa por meio do site e aplicativo da Caixa

O Programa de Integração Social, popularmente conhecido como PIS, é uma contribuição social depositada pelas empresas com o intuito de financiar o pagamento dos seguintes benefícios:

  • seguro-desemprego;
  • abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores privados.

O dinheiro desse fundo atualmente vai para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Tem direito ao PIS pessoas que trabalharam com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior. Funciona como um abono salarial, ou 14° salário.

Além disso, o trabalhador precisa ter ganho no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês durante o ano vigente ao pagamento e estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos. E por fim, é preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo para que haja o pagamento do PIS.

Algumas pessoas possuem Cota do Pis para consultar que refere-se a pessoas que tiveram créditos depositados por seus empregadores entre os anos de 1971 a 04/10/1988.

Para consultar o saldo, basta seguir o passo a passo:

  • Acesse o site da Caixa;
  • Clique em “Consultas” e selecione o PIS
  • Digite o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a senha do site;
  • Ao acessar a área logada o trabalhador terá acesso ao saldo e outras informações referentes ao PIS.

Esse passo a passo é válido também para consultar a existência de saldo de cotas do PIS no App Caixa Trabalhador, o qual está disponível para download no Play Store ou na Apple Store.

Como cadastrar a senha da internet do PIS?

Para conseguir acessar o saldo do PIS é necessário uma senha de acesso, confira como criar uma:

  • Acessar o portal de acesso seguro da Caixa;
  • Digitar o CPF ou NIS;
  • Clicar no botão “Cadastrar Senha”;
  • Aceitar o Contrato de Prestação de Serviços do Cidadão;
  • Informar a Senha Cidadão, caso tenha, e a Senha Internet que deseja cadastrar.

Veja também – Como consultar o Pasep?

Quem pode sacar o PIS?

Pode retirar a cota do PIS:

  • Trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/PASEP até 04/10/88 e que ainda não sacaram o saldo da conta individual de participação.
  • Pessoas que possuem o direito ao PIS, por ter exercido atividades remuneradas no período de 30 dias corridos no último ano e se encaixe nas demais exigências.
  • Herdeiros.

O último caso refere-se caso o trabalhador tenha falecido. Dessa forma, o pagamento pode ser efetuado aos dependentes, mediante apresentação dos documentos listados a seguir:

  • Certidão de nascimento do herdeiro;
  • Declaração de dependentes habilitados à pensão por morte expedida pelo INSS;
  • Alvará judicial designando o sucessor/representante legal, indicando o PIS ao qual o benefício se refere;
  • Carteira de Identidade (RG) do sucessor/representante legal (na falta da certidão de dependentes habilitados);

Havendo consenso entre os sucessores, o levantamento do saldo independerá de inventário, sobrepartilha ou de autorização judicial, bastando que os herdeiros tenham por escrito uma autorização do saque e declarando que não existirem outros sucessores conhecidos.

Qual o valor do abono salarial do PIS?

O valor pago para o trabalhador é de até um salário mínimo e varia de acordo com o tempo em que a pessoa trabalhou no último ano.

Se o cidadão trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do salário mínimo. Por exemplo, supondo que o salário base seja R$ 1300, basta dividir por 12 para ter o valor que receberia em um único mês trabalhado , o qual seria R$ 108.33.

Como funciona o saque das cotas do PIS?

A Medida Provisória nº 889/2019, implementada pelo Governo Federal, prevê a liberação dos saldos do PIS para todos os cotistas a partir do dia 19 de agosto de 2019. Se o trabalhador possuir saldo e é cliente da Caixa Econômica Federal (tem uma conta em seu nome) o crédito será disponibilizado automaticamente conforme o calendário de pagamento.

Quem tiver valores até R$ 3.000,00 para receber, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no auto atendimento, lotéricas e correspondente CAIXA Aqui, sem precisar pegar filas. Contudo para os trabalhadores com valores acima de R$ 3.000,00, os saques devem ser feitos nas agências CAIXA mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Quando sacar o dinheiro?

O saque do PIS é liberado aos poucos, de acordo com a data de nascimento (trabalhadores de empresas privadas). As datas de pagamento variam a cada ano. Por isso, é importante estar alerta ao calendário de saques:

As pessoas que perderem o prazo de saque do PIS ficam sem o dinheiro. O qual vai para o FAT assim que o responsável não reivindica o seu direito.

Ficou com mais alguma dúvida sobre como consultar o saldo PIS? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.