O Pix não pode ser desativado, contudo, clientes de instituições financeiras e fintechs têm a opção de excluir as chaves Pix cadastradas.

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central e lançado no final de 2020. Através dele, pessoas físicas e jurídicas podem realizar pagamentos e transferências em operações que levam até dez segundos.

Para utilizá-lo, basta que a instituição financeira ou fintech em que o cliente possui conta ofereça o serviço, inclusive, o BC disponibiliza uma lista com todas as participantes, que pode ser consultada aqui.

Dessa forma, através do próprio aplicativo é possível acessar o serviço e também cadastrar as chaves Pix, um tipo de identificação da conta do usuário.

Por que meu Pix foi bloqueado?

O que é chave Pix e como funciona?

A chave Pix é uma forma de identificar a conta de uma pessoa ou empresa durante as transações, isso é, ao invés de pedir agência, conta e CPF do recebedor, por exemplo, basta solicitar a chave.

Para cadastrar essa chave, por sua vez, o usuário pode utilizar o próprio CPF/CNPJ, e-mail, número de celular e/ou chave aleatória. Essa última, a chave aleatória, é uma sequência de letras e números gerada automaticamente pelo sistema Pix.

É importante destacar, contudo, que não é permitido cadastrar a mesma chave Pix em mais de uma conta. Por exemplo, ao cadastrar o e-mail como chave em uma determinada conta, não será possível utilizá-lo em outra.

Além disso, o cadastramento dessa chave não é obrigatório, quem preferir pode utilizar o número da conta e agência para receber dinheiro através do Pix, no entanto, o Banco Central recomenda que seja feito o cadastro de, pelo menos, uma chave, pois caso contrário pode ocorrer demora nas transações.

Como saber a chave Pix?

Atualmente é possível consultar as chaves Pix ativas através do Registrato, disponível pelo Banco Central, e também diretamente no aplicativo do banco em que realizou o cadastro da chave e possui conta ativa.

A seguir, vamos explicar como realizar a consulta em cada um deles.

Registrato

O Registrato é um sistema administrado pelo Banco Central, que concentra diversas informações bancárias de pessoas jurídicas e físicas, desde as chaves Pix cadastradas, até mesmo relatórios sobre empréstimos e financiamentos.

Nele, é possível acessar o Relatório de Chaves Pix, que traz à tona a lista dos bancos, cooperativas de crédito e demais instituições financeiras e de pagamentos em que o usuário possui chaves Pix cadastradas.

Para acessá-lo, basta realizar o seguinte passo a passo:

  • acesse a página inicial do Registrato e realize o login com a conta gov.br ou com o login Sisbacen. Caso não possua conta, veja aqui como se cadastrar no Registrato;
  • já na tela inicial do sistema do Banco Central, clique em “Relatórios”, disponível no canto esquerdo da tela e, em seguida, clique na opção “Pix”;
  • por fim, é preciso aceitar os termos de responsabilidade e ciência e clicar no botão “Gerar relatório”.

As chaves cadastradas aparecerão em uma tabela, que conta com a identificação da chave, a instituição, número da conta e agência em que está cadastrada, bem como a data em que foi realizado o cadastramento.

É importante destacar que o serviço é gratuito.

Aplicativo do banco

A consulta às chaves Pix através do aplicativo do banco é considerada mais prática, já que não exige a realização de cadastros. Contudo, as informações são menos detalhadas e, caso possua mais de uma conta, será necessário realizar o processo em todas elas.

Ainda assim, se essa for a opção, basta acessar a área Pix no aplicativo e, em seguida, clicar no botão “Ver todas as minhas chaves Pix” ou “Configurar Pix”, a depender do sistema.

Pronto, o usuário terá acesso às chaves Pix cadastradas naquela conta, bem como pode excluir ou adicionar outras.

Sou autônomo, como emitir nota fiscal?

Como desativar o Pix?

Antes de tudo, é importante ressaltar que não é possível desativar o Pix do aplicativo do banco, já que o sistema de pagamentos está habilitado para todos os usuários com conta nos bancos e fintechs participantes.

Contudo, caso não queira mais utilizar o serviço, é possível descadastrar as chaves Pix, dessa forma, os dados são retirados automaticamente do Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT) do Banco Central.

Para isso, o processo costuma ser similar entre as instituições financeiras e fintechs, portanto:

  • acesse a área Pix na conta em que possui a chave cadastrada;
  • clique na opção “Minhas Chaves Pix”;
  • selecione a chave que deseja excluir e confirme a ação de exclusão da chave.

É necessário realizar o procedimento em uma chave por vez e, após concluir o processo, o usuário não contará mais com chaves Pix ativas.

Ficou mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de acompanhar a FinanZero por aqui e nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.