O empréstimo com garantia de celular Samsung é voltado para quem precisa de crédito com valores mais baixos e de forma rápida.

Segundo dados do Índice FinanZero de Empréstimos, a busca por empréstimo com garantia de celular cresceu 400% entre janeiro e julho de 2021, se comparado ao mesmo período do ano anterior.

O empréstimo com garantia de celular é uma modalidade de crédito recente no mercado, mas que se assemelha aos empréstimos com garantia de imóvel e automóvel. No entanto, neste caso, o valor do crédito tende a ser menor, já que o bem em questão também possui menor valor como garantia. Sendo assim, o valor pode variar entre R$300 e R$5 mil, com prazo de pagamento em até 12 meses.

Como funciona o empréstimo com garantia de celular para negativado.

Como funciona o empréstimo com garantia de celular?

De modo geral, o empréstimo com garantia de celular utiliza o aparelho como garantia de pagamento, dessa forma, se o solicitante não quitar a dívida, a instituição financeira possui autorização para bloquear o celular e, em alguns casos, o aparelho deverá ser entregue à credora.

Dessa maneira, ao efetuar o empréstimo, o solicitante deve instalar um aplicativo que permite à instituição financeira bloquear o aparelho em casos de inadimplência. Para isso, é necessário que o aplicativo se torne o único administrador do aparelho, de forma que o dono não consiga desinstalá-lo ou burlar qualquer regra.

Vale ressaltar que o banco não possui acesso às informações pessoais do dono do celular, ou seja, não é possível visualizar mensagens ou fotos, por exemplo. O intuito do aplicativo é apenas ter a permissão de bloquear o aparelho, então, conforme as parcelas são pagas, o uso do celular é concedido.

Para simplificar, vamos a um exemplo: suponhamos que uma pessoa solicitou empréstimo de R$800 através do empréstimo com garantia de celular, e dividiu o pagamento em 6 meses, logo, 180 dias. Neste caso, o uso do celular custa, diariamente, R$4,44, pois o valor total é dividido pela quantidade de dias em que o empréstimo foi parcelado. Portanto, neste exemplo, a cada R$4,44 pagos pelo solicitante, um dia de uso é concedido a ele.

Isso quer dizer que se essa pessoa pagar, de uma vez, R$500, poderá utilizar o aparelho celular por 112 dias sem preocupações. Na prática funciona como um serviço pré-pago, ou seja, o tomador do crédito tem o uso do celular liberado, conforme paga algum valor à instituição.

Essas parcelas, normalmente, são pagas de forma flexível, pois não existe uma data certa para pagamento, e o pagamento é feito dentro do próprio aplicativo, basta que o solicitante gere um boleto com o valor a pagar. Além disso, é comum que haja um prazo de carência de 30 dias, dessa forma, o empréstimo só começa a ser pago após um mês que a quantia foi disponibilizada.

Por fim, após quitar a dívida, a instituição financeira remove o bloqueio e o aplicativo pode ser desinstalado.

O que acontece se não quitar a dívida?

Quando a dívida não é quitada pelo dono do celular, o aparelho terá todas as funcionalidades bloqueadas, portanto, será possível somente realizar ligações de emergência e acessar o aplicativo instalado pela instituição financeira. Em alguns casos, a credora pode disponibilizar funções ou aplicativos específicos, que não os citados, mas essa regra varia de acordo com cada empresa.

Ao bloquear o aparelho, no entanto, o tomador do crédito ainda pode negociar a dívida, de modo que o celular volte às suas funcionalidades integrais. Por outro lado, se a pessoa alegar a impossibilidade de quitar a dívida, a instituição financeira pode solicitar a entrega do aparelho.

Também vale ressaltar que o não pagamento de dívidas pode negativar o nome do devedor, ou seja, ao não efetuar o pagamento do empréstimo, há a possibilidade do nome ser inscrito nos cadastros de proteção ao crédito, isso é, “ficar sujo”.

É possível fazer empréstimo com cartão de crédito?

Como realizar o empréstimo com garantia de celular Samsung

É importante ressaltar que, de modo geral, o empréstimo com garantia de celular pode contar com variações entre as instituições financeiras que oferecem essa linha de crédito. Com isso, é possível que a pessoa interessada se depare com a incompatibilidade do celular, por exemplo, seja pelo modelo ou sistema operacional.

Portanto, o primeiro passo para solicitar o empréstimo com garantia de celular Samsung é pesquisar se o aparelho oferecido como garantia é compatível aos critérios da instituição em questão. Feito isso, é possível realizar a simulação de crédito, que em alguns casos, como a FinanZero, está disponível de forma totalmente online.

Então, se a proposta oferecida corresponder às necessidades, a etapa seguinte é realizar a solicitação do empréstimo. Para isso, é comum que seja necessário enviar alguns dados pessoais, bem como informar o valor desejado. A partir daí, a empresa realiza a análise de crédito e também do aparelho oferecido como garantia, assim, se o perfil do solicitante for compatível, será necessário somente assinar o contrato, instalar o aplicativo e o valor será debitado na conta.

A depender da empresa ou da situação, é possível que mais documentos ou etapas sejam incluídas, mas como dito inicialmente, as regras variam de acordo com cada local.

O que é preciso saber sobre o empréstimo com garantia de celular

Dentre todas essas informações, alguns pontos devem ser levantados sobre o empréstimo com garantia de celular, são eles:

Não há juros por inadimplência

O não pagamento da dívida não implica em taxas e juros maiores do que o acordado em contrato. Isso porque, se o pagamento atrasar ou não for realizado, o aparelho celular será bloqueado.

Valor de crédito mais baixo

Por contar com uma garantia de valor menor, quando comparado à imóvel, por exemplo, essa modalidade de crédito oferece créditos mais baixos. Por outro lado, quem precisa de valores menores e de forma rápida, pode lidar bem com essa opção.

Mais acessível

Ao permitir o uso de aparelhos celulares como garantia para solicitação de empréstimo, a linha de crédito se torna mais acessível, já que bens como imóveis e automóveis não são considerados populares e acessíveis como os smartphones.

Taxas de Juros

Apesar de não contar com juros por atraso, o Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo com garantia de celular costuma ser mais alto e, às vezes, próximo às taxas de juros dos empréstimos sem garantia.

Portanto, tendo isso em mente, cabe a cada consumidor analisar e escolher o modelo que melhor se adequa às necessidades.

Ficou mais alguma dúvida sobre o empréstimo com garantia de celular Samsung? Deixa nos comentários. Ah, e não deixe de nos acompanhar nas redes sociais também, para ficar por dentro de tudo: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.