Empréstimo para agricultura visa gerar renda de pequenos produtores. Por isso, o governo fornece alguns programas

No mercado financeiro brasileiro é possível encontrar diversos produtos destinados ao desenvolvimento de atividades agrícolas e pecuárias. Principalmente, o empréstimo para agricultura.

Isso porque o objetivo é incentivar e fortalecer as atividades desse setor, que impactam diretamente na economia do Brasil. Por isso, existem uma série de programas para crédito e financiamento rural, destinados a quem vive e trabalha no campo, principalmente quando falamos de agricultura familiar.

Pensando nisso, a redação da FinanZero separou algumas formas de financiamento e de empréstimo para agricultura.

Crédito Rural

Alguns bancos e instituições financeiras oferecem o empréstimo para agricultura, também chamado de crédito rural. O objetivo é financiar despesas que vão desde custeio do ciclo produto até o investimento em máquinas, bens ou serviços.

Quem pode solicitar o crédito rural?

O crédito rural é um serviço voltado para:

  • produtores rurais;
  • cooperativas de produtores;

Por isso, como dito anteriormente, o objetivo dessa linha de crédito é estimular os investimentos – desde o plantio até a comercialização – no campo, para desenvolver essa área no Brasil.

No entanto, é importante ressaltar que em alguns bancos e instituições financeiras esse tipo de empréstimo requer uma garantia de pagamento. Mas, isso vai depender de qual instituição está oferecendo o crédito. Por isso, é importante comparar as ofertas entre os bancos.

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, também conhecido como Pronaf, é um programa de crédito rural do Governo Federal.

Criado em 1995 tem o objetivo de atender os micro e pequeno e fortalecer as atividades do produtor familiar, para que ele possa ter:

  • aumento de renda;
  • agregar valor ao seu negócio;
  • modernizar o sistema produtivo;
  • profissionalizar os produtores.

Por isso, o programa fornece financiamento para custear implantação, ampliação e modernização da estrutura de produção da agricultura familiar. Isso porque o objetivo aqui é gerar renda e melhorar a mão de obra familiar.

Como funciona o Pronaf?

Para acessar o empréstimo para agricultura familiar é necessário ter a Declaração de Aptidão ao Pronaf, a DAP, sem esse documento não é possível solicitar o valor.

Além disso, em alguns casos, também é necessário apresentar um projeto sobre qual vai ser o objetivo do crédito.

Por fim, após a solicitação, o produtor vai passar por uma análise de crédito, em que o banco vai analisar:

  • se está com as contas em dia;
  • se as condições financeiras permitem assumir uma nova dívida;
  • e se a atividade desenvolvida permite gerar renda suficiente.

Subprogramas

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar tem alguns subprogramas destinados a diferentes categorias brasileiras:

Pronaf Agroecologia

Essa subcategoria diz respeito ao financiamento para agricultores e produtores rurais que buscam crédito para investir em sistemas de produção agroecológicos ou orgânicos.

Pronaf Agroindústria

O investimento desse programa é para:

  • beneficiamento;
  • armazenagem;
  • processamento, e
  • comercialização agrícola.

Pronaf Bioeconomia

Já essa opção do programa de empréstimo para agricultura, de bioeconomia, visa tecnologias:

  • de energia renovável;
  • ambientais;
  • armazenamento hídrico;
  • aproveitamento hidroenergéticos;
  • correção de acidez e fertilidade do solo,
  • entre outras.

Pronaf Jovem

O Pronaf Jovem é voltado para investimentos nas atividades de jovens entre 16 e 29 anos. Contudo, pode existir outros requisitos dependendo da instituição.

Pronaf Mais Alimentos

O Pronaf Mais Alimentos é voltado para investir na estrutura de produção, com o objetivo de aumentar a produtividade e elevar a renda familiar.

Pronaf Mulher

Por fim, a subcategoria Pronaf Mulher é voltado para mulheres agricultoras, independente de seu estado civil.

O que é Agricultura Familiar?

Como dito anteriormente, o empréstimo para agricultura é voltado principalmente para a agricultura familiar. Isso porque o objetivo desse programa é gerar renda para as famílias.

Além disso, em resumo, a agricultura familiar é uma categoria da agricultura. Basicamente, acontece em pequenas propriedades rurais e tem esse nome porque é realizada por grupos familiares. Isso porque a maior parte da colheita desses produtos serve de alimento para essas famílias.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre empréstimo para agricultura? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.