Aplicativo Caixa TEM tem atualizações constantes; beneficiários devem ficar atentos

A hashtag #auxilioemergencial está entre os tópicos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira (28). A espera para acessar o Caixa TEM se tornou alvo de piadas e memes entre os usuários da redes social.

Veja abaixo o que o usuário pode fazer para conseguir acessar o app Caixa TEM.

Não consigo baixar o app Caixa TEM. O que fazer?

Para as pessoas com dificuldades em fazer o download do aplicativo, a recomendação é tentar fazê-lo com a internet via wi-fi, ao invés dos dados móveis.

Na data deste post, o tamanho do app era de 3,8 MB. Esta dimensão é considerada pequena para download, especialmente em uma conexão via wi-fi.

Os links para baixar o app oficial são:

Atenção! É importante que o usuário saiba a diferença entre os apps:

  • Caixa Auxílio Emergencial: é o aplicativo para os cidadãos que desejam se inscrever no recebimento do benefício e não estão no Cadastro Único (CadÚnico). Quem já está no CadÚnico não precisa fazer a inscrição no app da Caixa, pois é automática;
  • Caixa TEM: é o aplicativo para os cidadãos que tiveram o auxílio emergencial aprovado e buscam recebê-lo, mas não possuem conta bancária na Caixa Econômica Federal (CEF) e nem no Banco do Brasil (BB);

Veja também – “Dados inconclusivos” no auxílio emergencial: o que fazer?

Além disso, ressalta-se que:

  • Existem muitos criminosos disseminando links falsos de cadastro e recebimento do auxílio emergencial nas redes sociais, principalmente no WhatsApp e no Facebook. O beneficiário deve ficar atento aos aplicativos oficiais para não tornar-se vítima de estelionatários;
  • Existem vários aplicativos da Caixa, a pessoa deve prestar atenção no nome e a finalidade dos mesmos;

Não consigo fazer login no app Caixa TEM. O que fazer?

Os beneficiários vêm relatando algumas mensagens que aparecem na tentativa de fazer o login no app Caixa TEM, sendo a mais comum: “Não é possível acessar esse site login.caixa.gov.br demorou muito para responder. Tente: Verificar a conexão”.

O primeiro passo é a pessoa seguir a recomendação da Caixa e verificar se de fato não há problemas com a conexão da internet. O aplicativo pode apresentar lentidão dependendo do tipo de conexão:

  • 3G ou 4G (dados móveis);
  • wi-fi;

Não há uma regra clara sobre qual a melhor conexão, afinal, existem beneficiários no Twitter defendendo uma ou outra. Isto dependerá do plano contratado com a operadora, e a região do usuário.

Se mesmo assim o problema persistir, uma dica é o cidadão tentar acessar em outro horário. Por exemplo, no início da madrugada ou logo pela manhã, quando a massa da população vai dormir ou está dormindo.

Nestes horários, há menor tráfego, ou seja, menor quantidade de pessoas tentando acessar. Por isso existem maiores chances do sistema da Caixa não apresentar falhas.

O motivo do erro é exatamente este: o grande número de pessoas tentando acessar o app que não possui suporte para “aguentar” tantos acessos simultâneos.

Veja também – Como usar o aplicativo Caixa TEM?

Não consigo ver meu saldo no Caixa TEM. O que fazer?

Mais uma vez, o problema é o grande número de acessos no aplicativo que ainda não possui suporte para tanto. As recomendações são:

  1. Atualizar o app: para saber se há atualização disponível, basta acessar a Apple Play (iOS) ou o Google Playstore (Android) e examinar se há a opção “atualizar” ou somente “desinstalar”. Caso só esteja disponível a segunda opção, significa que o aplicativo no aparelho já está com a última versão.
  2. Desinstalar e baixar novamente o app;
  3. Acessar o aplicativo em momentos “fora de pico”, como antes das 8h e após as 20h;

Se a mensagem que aparece no app é “Estamos com muitos acessos no momento”, ao invés de “Sua vez está chegando” como na imagem do tweet no início do post, é possível que o aplicativo esteja desatualizado.

A mais recente atualização do app, que tem tido atualizações constantes, apresentou um relógio de atendimento abaixo da mensagem “Sua vez está chegando”. Este cronômetro representa uma fila virtual.

Na condição da persistência do problema, o usuário poderá recorrer ao atendimento telefônico pelo número 111. A indicação é perseverar e aguardar, além de ficar em casa e não comparecer à agência física do banco. Pois as funcionalidades das mesmas estão destinadas ao saque do dinheiro e não à solução de problemas com aplicativos.

Ficou com mais alguma dúvida sobre Caixa TEM? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.