O CDB é um dos investimentos de renda fixa mais conhecidos pelos brasileiros. Saiba mais sobre

O Certificado de Depósito Bancário, também conhecido como CDB, é um investimento de renda fixa, considerado de baixo risco. É classificado como um título emitido por bancos com objetivo de trazer dinheiro para a instituição.

Por isso, na prática, quem está investindo nesse tipo de título está emprestando dinheiro para a instituição financeira – que vai utilizar esse valor para financiar atividades de crédito – em troca de uma remuneração, por um determinado período de tempo.

Além disso, essa modalidade de investimento pode ser encontrada em bancos, corretoras de valores e outras instituições financeiras.

Veja mais – Simule seu empréstimo e encontre as melhores taxas de juros do mercado!

Como funciona o Certificado de Depósito Bancário?

Como dito anteriormente, na prática, o CDB funciona como um empréstimo do seu dinheiro para uma instituição financeira de sua escolha e de sua confiança.

Isso acontece porque, a instituição está captando dinheiro para financiar as atividades deles, podendo ser:

  • Novos projetos;
  • Crescimento da empresa;
  • Pagamento de dívidas,
  • Entre outros.

E, claro, em troca você vai receber um valor que corresponde a taxa de rentabilidade do Certificado de Depósito Bancário, definido no momento da compra.

Para que tudo isso seja possível, assim como em outros tipos de investimento, é necessário escolher uma corretora ou banco de sua confiança para investir. Depois disso, é necessário abrir uma conta e escolher qual tipo de CDB você deseja investir.

Além disso, é importante lembrar que cada título do Certificado de Depósito Bancário pode ser emitido com diferentes datas de vencimento. No entanto, em geral, existem três tipos de CDB:

Prefixado

Como o nome já diz, nesse tipo de investimento, a pessoa consegue saber exatamente qual vai ser o valor da remuneração até o vencimento do Certificado de Depósito Bancário.

Isso porque a taxa de juros do investimento é definida e informada desde o início da aplicação. Por isso, caso você opte por um CDB prefixado com taxa de 9% ao ano, por exemplo, ele vai oferecer exatamente 9% a.a até o vencimento estabelecido.

Pós-fixado

Ao contrário do anterior, o pós-fixado não tem uma renda fixa pré-estabelecida. No entanto, nesse caso, o investidor sabe qual indicador da economia vai servir de referência para a rentabilidade.

Por isso, é possível ter uma previsão, mas não uma certeza de qual será o retorno em reais no final do investimento. Isso porque, ele seguirá a dinâmica de variações do indicador.

CDB Híbrido

Nesse tipo de investimento, a remuneração mescla duas estruturas: uma prefixada e outra pós-fixada. Além disso, é importante lembrar que normalmente o rendimento desse CDB acompanha o índice IPCA, isto é, a inflação.

Glossário: o que é índice IPCA?
Também conhecido como Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado todos os meses pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ele mede a variação dos preços no comércio para o público final e é considera o índice oficial de inflação do país.

Saiba mais em – Como começar a investir? FinanZero responde

Existe um valor mínimo de investimento?

Essa informação varia entre as instituições financeiras, mas normalmente é comum que muitas incluam um valor mínimo para investir.

No entanto, em alguns bancos é possível encontrar CDBs com valor mínimo pequeno, como por exemplo, a partir de R$ 500. Mas, é importante ficar de olho. Isso porque, muitos CDBs desse tipo acabam oferecendo uma remuneração menor.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o Certificado de Depósito Bancário? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.