A conta salário é destinada ao recebimento de salário, aposentadoria, pensões e outros benefícios similares.

Ao contratar um funcionário, é comum que algumas empresas solicitem a abertura de uma conta salário junto a um banco em que possuem convênio. Isso porque esse acordo, comumente, isenta o funcionário do pagamento de tarifas, normalmente presente nas contas correntes comuns.

Contudo, é importante ressaltar que a conta salário, apesar de isentar o funcionário de pagar as tarifas de manutenção, oferecem serviços mais restritos, já que se trata de uma conta com o objetivo específico de receber um rendimento.

A seguir, vamos explicar o que é a conta salário e como funciona essa modalidade.

Como tirar extrato do Bradesco?

O que é conta salário?

A conta salário é uma modalidade de conta bancária destinada ao pagamento de salários, aposentadorias, vencimentos, pensões e outros tipos de benefícios. A abertura desse tipo de conta, por sua vez, só pode ser feita através de solicitação da empresa pagadora.

Além disso, por ser uma conta vinculada à empregadora, normalmente a conta salário não permite que sejam recebidos depósitos de outras contas, somente da empresa, bem como não admite o envio de dinheiro, por parte do funcionário, para outras contas. Dessa forma, quem possui mais de um emprego, por exemplo, provavelmente não poderá utilizar a conta salário da empresa conveniada para receber quantias de outra empresa.

É importante ressaltar ainda que cada acordo entre empresa e instituição financeira possui suas especificidades. Sendo assim, enquanto em alguns casos o cliente pode ter uma conta com mais limitações, em outros pode haver mais possibilidades de movimentações financeiras. A recomendação é sempre consultar as características da conta oferecida e compreender quais funções estão disponíveis.

Como abrir uma conta salário

Como dito inicialmente, a abertura da conta salário só pode ser feita mediante a solicitação do empregador. Portanto, ao ser contratado em uma empresa que exige a abertura desse tipo de conta, o processo funciona da seguinte maneira:

  • A empresa envia uma carta de recomendação ao funcionário, na qual haverá informações sobre o cargo, salário e em qual instituição financeira deve ser aberta a conta;
  • Além dessa carta, o funcionário deverá ter em mãos um documento de identificação com foto e comprovante de residência;
  • Então, basta se dirigir à agência de preferência do banco em questão e apresentar os documentos citados.

De modo geral, é comum que a conta salário tenha que ser aberta presencialmente, isso é, o funcionário deve realizar o processo pessoalmente, em uma agência.

É importante destacar que apesar da conta salário ser aberta somente através da solicitação da empresa, a conta será criada em nome do funcionário, como qualquer outra, logo, a empresa não possui controle sobre ela.

Cartão Cidadão: senha bloqueada, como desbloquear?

Qual é a diferença entre conta salário e conta corrente?

De modo geral, a principal diferença entre a conta salário e a conta corrente é que a primeira oferece isenção de tarifas, já que está relacionada a um acordo entre a empresa empregadora e a instituição financeira. Por outro lado, é comum que haja limitações nas transações disponíveis da conta salário, por exemplo, o limite mensal para saque.

A seguir, listamos ainda outras diferenças na disponibilidade serviços da conta salário:

  • a abertura de conta salário é feita sem análise de crédito, logo, é possível obtê-la mesmo com restrições no CPF;
  • esse tipo de conta não permite a solicitação de um cartão de crédito, somente o cartão de débito, que será utilizado para consulta do saldo, saque e afins;
  • não é possível ter cheque especial ou talão de cheques;
  • é comum que haja limite para transações bancárias, como TED, DOC e saque, ou demais serviços, como extrato e Pix;
  • a conta salário não oferece acesso a rendimentos de juros, como na conta poupança;
  • normalmente não dá acesso a todas as linhas de crédito oferecidas pelo banco.

Contudo, como já mencionado, o trabalhador deve analisar quais são as suas necessidades. Caso note que a ausência de determinados serviços não é interessante, é possível solicitar a portabilidade de salário.

Como fazer a portabilidade de salário

A portabilidade de salário nada mais é do que transferir automaticamente o valor que cai na conta salário para outra conta que a pessoa escolher. Essa transferência não precisa ser entre contas do mesmo banco, além disso, é um processo gratuito e pode ser solicitado por qualquer pessoa.

Para solicitar a portabilidade de salário, o primeiro passo é consultar a instituição financeira em que possui a conta salário para verificar quais as formas disponíveis de realizar a solicitação. Em alguns casos, é possível fazer o pedido por e-mail, aplicativo ou Internet Banking, em outros, no entanto, é preciso ir até o banco em que a conta foi aberta.

No momento de solicitar a portabilidade, basta informar os dados bancários da conta de origem, isso é, da conta escolhida para receber o salário. A conta, por sua vez, pode ser corrente, poupança ou outra conta salário que já possua.

Ficou alguma dúvida sobre o assunto? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de acompanhar a FinanZero por aqui e nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.