FinanzeroBlogBenefícios do Governo

O que fazer se a empresa não depositar o FGTS?

O que fazer se a empresa não depositar o FGTS?

Compartilhe esse post:

Todas as empresas que contratam em regime CLT precisam depositar o FGTS do trabalhador

Novamente o Governo pretende liberar parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço dos trabalhadores. Essa prática se tornou mais comum recentemente, e busca incentivar a economia, liberando o dinheiro que o próprio trabalhador tem, mas que não pode ter acesso a não ser em casos específicos, como a compra de um imóvel.

Contudo, a liberação do FGTS trás consigo uma surpresa não muito agradável para algumas pessoas, que ao conferir o valor que está para cair na conta bancária, percebem que algumas empresas empregadoras não estavam comprindo o combinado de depositar mensalmente o valor estipulado por lei na conta do fundo do trabalhador.

Muitas pessoas passam pela mesma situação de ver o saldo da conta desfalcado, devido às seguintes razões:

  • Algumas empresas só depositam nos primeiros meses de trabalho;
  • Outras instituições não fazem o depósito com a regularidade certa;
  • E há casos em que o depósito nunca foi feito.

Para saber como agir nessas situações a redação da FinanZero preparou algumas dicas que podem ser necessárias no momento de reivindicar o dinheiro da conta do FGTS.

Veja também – O que é, quanto paga e como conseguir o auxílio reclusão?

Como consultar o saldo do FGTS?

Para consultar o saldo do Fundo de Garantia não é preciso sair de casa. É possível realizar a consulta do FGTS de três formas:

Site da Caixa Econômica Federal:

  • acesse o site;
  • informe o Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • coloque o número do NIS/PIS;
  • clique em cadastrar senha;
  • preencha o formulário com as informações pessoais;
  • aceite os termos de uso do site;
  • clique em consultar o FGTS.

Por e-mail

Ainda no site da Caixa o trabalhador pode informar o NIS (PIS/Pasep) e escolher receber por e-mail informações sobre o seu fundo de garantia mensalmente, na conta vinculada ao FGTS.

Aplicativo

O aplicativo pertence a Caixa e tem o mesmo passo a passo do site. Se o usuário já se cadastrou no site pode usar a mesma senha e login para acessar o app no smartphone. A instalação está disponível para Android e iOS.

Como as empresas devem depositar o FGTS?

De acordo com a leia as empresas precisam depositar o FGTS até o dia 7 de cada mês. O valor que deve constar no extrato do Fundo é de 8% do salário-base do empregado formal, os quais possuem carteira assinada em regime de contratação CLT ou contratual. É importante que haja o depósito pois esse dinheiro é um direito do trabalhador e não deve ser descontado do salário em nenhuma hipótese.

Além disso, também entra na conta do depósito os 8% referentes ao 13º salário e o proporcional de férias. Tudo deve constar no fundo de garantia de forma equivalente. Sendo assim, o montante tem rendimento de 3% + Taxa Referencial (atualmente colocada em 0%) e até 100% do lucro do Fundo (a partir de 2020). Com isso, poderá chegar a render mais que a conta poupança.

E se a empresa não depositar o FGTS?

Se a empresa não depositar o FGTS, como previsto em lei, o trabalhador pode recorrer das seguintes formas:

  • Ação judicial: caso o trabalhador tenha saído da empresa, e a mesma permanecer em débito com o FGTS, é possível abrir uma reclamação trabalhista na Justiça.
  • Causa ou processo trabalhista: no caso da empresa não atender o pedido de depósito ou se recusar a enviar o dinheiro para a conta do Fundo de garantia, o trabalhador pode recorrer ao sindicato ou um advogado para entrar com ação e solicitar o valor devido do FGTS. Caso a causa seja ganha, a empresa precisará liquidar um multa juntamente com o pagamento do valor devido.
  • Diálogo: às vezes a conversa pode ser a melhor opção, por isso conversar com o setor financeiro e pedir para que haja o depósito o quanto antes poderá resolver a situação.
  • Denúncia anônima: Superintendência Regional do Trabalho ou gerenciais do ministério do Trabalho podem verificar com a empresa o motivo do não pagamento do fundo. Para acioná-los o trabalhador pode abrir um denúncia anônima formal e os órgãos irão cobrar da empresa o depósito de todos os funcionários que estejam com alguma pendência.
  • Rescisão indireta: funciona como uma demissão às avessas, em que o funcionário recebe tudo que é devido incluindo a multa de 40% do FGTS e acesso ao valor integral do fundo.

Compare ofertas de empréstimo pessoal com taxas de juros a partir de 1,49% ao mês!

A empresa tem que depositar o FGTS depois de abrir falência?

A empresa que não realizou o pagamento e tenha entrado em falência pode acarretar em mais problemas para o trabalhador. Isso porque, nesse caso não resta muita opção do que aguardar na fila dos credores pelo pagamento do benefício.

Mas, se a empresa fechou as portas de forma informal ou ilegal, ou simplesmente desapareceu, é possível entrar com uma ação contra os sócios dessa empresa. Contudo, é preciso que o trabalhador em questão saiba quem são essas pessoas e tenha alguma informação sobre seu patrimônio e onde estão morando, por exemplo. Caso não tenha essas informações é possível buscar no site da justiça federal.

Nesse caso, para conseguir entrar com a ação, será preciso comprovar quem eram os sócios da empresa por meio do contrato social. Ou até mesmo pela carteira de trabalho. Se eles não forem localizados, o processo judicial será automaticamente arquivado e o trabalhador terá de pagar os honorários do advogado. Caso tenha entrado com uma ação na Justiça.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o que fazer se a empresa não depositar o FGTS? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Qual é a alíquota do FGTS?

Como o percentual de 8% da alíquota implica na alimentação do fundo por meio de depósitos feitos pelo empregador e como consultar o saldo.

Ler artigo completo

6 respostas para “O que fazer se a empresa não depositar o FGTS?”:

  1. Maiara patricia disse:

    Estou trabalhando faz 6 meses numa empresa registrada e não depositaram nada do meu FGTS a empresa pediu pra mim correr atrás para atualização do app do FGTS( eu não tenho obrigacao de correr atrás disso )só que já está atualizado e no meu Holerite não parece descontando o valor , porém eles falam que estão depositando , e não aparece nem meu registro no app e nem valores que eles dizem está depositando!

    • Katia Regina Santos da Silva disse:

      Trabalhei em uma empresa IVC , Instituto de valorização comunitária onde ela me despensou em novembro todos os meses foram descontado o FGTS até minha saída em novembro e ela fez o depósito até julho.entrei em contato pois a representante diz que a contabilidade está resolvendo mais não tem previsão

      • Fernando Antonio de souza disse:

        Sou aposentado e descobri que duas empresa que trabalhei não consta na relação de fundo de garantia

        • Lucineia pauka disse:

          Estou.trabalhando da empresa não deposita meu fgts o que fazer?

          • Robert disse:

            Descobri que a empresa que eu saí em 2018 deixou de pagar umas parcelas de FGTS, e eles estão depositando só agora em 2022, como fui demitido eu consigo sacar na caixa esse FGTS ou ele fica retido?

            • Michele caetano disse:

              Trabalhei 2 meses sem registro e 1 com registro em 2016 a empresa não fez depósito de fgts oiê faço

              Deixe um comentário

              O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

              Navegue por:

              Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
              PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
              Solicite seu empréstimo