FinanzeroBlogNegócios

PinPad: o que é e para que serve?

PinPad: o que é e para que serve?

Compartilhe esse post:

O PinPad é um dispositivo para recebimento de pagamentos com cartões, que conta com o sistema de Transferência Eletrônica de Fundos (TEF).

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Pix, sistema de pagamentos instantâneos, foi o meio de pagamento mais utilizado em 2022, seguido pelos cartões de crédito e débito, que registraram 18,2 bilhões e 15,6 bilhões de operações no período, respectivamente.

Com isso, a utilização de maquininhas de cartões continua sendo de suma importância nos comércios, não à toa, em 2021 havia mais de 11 milhões de maquininhas em funcionamento no Brasil, como mostra o levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

Dentre as opções disponíveis no mercado, há diferentes tipos e modelos, como é o caso do PinPad, que explicamos a seguir como funciona e quais as diferenças em relação ao modelo convencional.

Como solicitar o informe de rendimento das maquininhas de cartão de crédito?

O que é e para que serve o PinPad?

O PinPad é o nome dado a um equipamento de leitura de cartões, que permite o pagamento por clientes na função débito e crédito, seja no método de aproximação, o contactless, ou inserindo o cartão na máquina, assim como aceita o uso de tickets, como vale-alimentação e vale-refeição.

Na prática, o dispositivo funciona como uma maquininha de cartões comum, mas conta com um sistema que o diferencia dos demais, porque as operações são via Transferência Eletrônica de Fundos (TEF). Desse modo, após o cliente inserir ou aproximar o cartão, o PinPad fará a captação das informações do mesmo e dos dados numéricos da transação, os criptografará, ou seja, fará com que se tornem legíveis para terceiros, e enviará a transação para a credenciadora, que é a empresa intermediadora entre o cliente e o comerciante.

Quando presente em um ponto de venda fixo, como lojas e restaurantes, a conexão do PinPad é realizada de forma física, através de cabos USB ou Serial, que devem ser conectados a um computador ou tablet. Com isso, o varejista não precisa digitar o valor a ser pago na maquininha, mas diretamente no dispositivo externo, que por sua vez, enviará os dados à maquininha e, em seguida, à credenciadora.

Já para quem usa a versão mobile, como é o caso de entregadores ou vendedores ambulantes, a ligação entre a plataforma de pagamento e a maquininha PinPad ocorre via bluetooth com um celular que possua o sistema instalado. É importante destacar que na versão mobile não é possível emitir o comprovante de pagamento, portanto, o documento comprobatório é enviado via SMS para o celular do comprador.

Como juntar dinheiro ganhando pouco?

Como configurar o PinPad?

A configuração do PinPad deve ser feita através do computador ou outro dispositivo conectado à máquina. Então, é só fazer o seguinte:

  • após confirmar a integração entre os aparelhos, acesse o Painel de Controle;
  • clique em “Gerenciamento do computador”;
  • em seguida, selecione a opção “Gerenciador do dispositivo” e identifique a porta em que há comunicação com o PinPad;
  • realize as configurações necessárias;
  • reinicie a rotina 2075 – frente de caixa para que as alterações sejam validadas.

Qual é a diferença do PinPad para o POS?

A principal diferença entre o PinPad, que utiliza o sistema de Transferência Eletrônica de Fundos (TEF), para o POS, sigla referente à Point of Sale, que significa Ponto de Venda, é que o primeiro precisa se conectar a outros equipamentos, como computador ou tablet, para funcionar adequadamente, enquanto o segundo opera sozinho, sem a necessidade de conexão com equipamentos secundários.

Além disso, por exigir maior estrutura para funcionamento, o custo do PinPad se torna maior.

Dívidas de cartão? Confira algumas dicas de como não cair nessa cilada

Quais as vantagens do PinPad?

Antes de tudo, é importante destacar que o PinPad é recomendado, principalmente, para estabelecimentos comerciais maiores e que, consequentemente, apresentam maior fluxo de caixa. Tendo isso em vista, as principais vantagens dessa opção são:

Facilidade: essa opção está interligada a sistemas de gestão integrada, os chamados ERPs, sigla para Enterprise Resource Planning. Com isso, o lançamento das transações são feitas automaticamente e de forma sistematizada, facilitando o dia a dia do varejista.

Variedade: o PinPad permite o uso de diferentes bandeiras, inclusive, são aceitas mais opções, quando comparado ao sistema POS. Também são aceitos diversos tipos de cartões, como crédito, débito, vale-alimentação e vale-refeição. Além disso, é possível receber pagamentos de até R$200 via contactless, que é o pagamento por aproximação.

Apesar de ter uma mobilidade reduzida em relação ao POS, o Pinpad facilita bastante a operação e a vinculação do pagamento aos dados da venda, pois como ele é operado pelo computador, o software de Vendas tem maior controle sobre os dados, o que facilita a contabilidade e a apuração dos dados de vendas e cobranças.

Segurança: por oferecer o sistema de integração e automação, os lançamentos de dados, conferências de caixa e controle são feitos de forma interligada e automatizada, propiciando a diminuição de perda financeira, diferente do sistema POS, em que essas operações são realizadas de forma manual no portal do adquirente.

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixa nos comentários. Acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.

Próximo artigo

Como juntar dinheiro ganhando pouco?

Saiba como juntar dinheiro ganhando pouco e veja algumas dicas para fazer com que isso dê certo. Veja também a importância dessa atitude.

Ler artigo completo

0 respostas para “PinPad: o que é e para que serve?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoKeycash – Financiamento e Crédito ImobiliárioSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosCredistar: Empréstimo Pessoal OnlineWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresasStoriesÍndice de Empréstimo
Solicite seu empréstimo