A prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que estava suspensa entre março de 2020 e maio de 2021 e depois novamente em outubro de 2021, voltou a ser obrigatória desde o início de janeiro de 2022.

A realização da prova de vida, tem o objetivo de comprovar que o aposentado ou pensionista que está recebendo o benefício do INSS, está vivo, evitando quaisquer tipos de fraudes. Deste modo, o pagamento continua sendo feito. Este procedimento estava suspenso devido a pandemia da Covid-19. A suspensão perdurou até outubro de 2021, sendo assim, quem não fez a prova de vida em novembro e dezembro do ano passado, deve realizá-la até fevereiro deste ano, pois é neste mês que os prazos começam a vencer.

Segundo levantamento realizado pelo INSS, pelo menos 3,3 milhões de segurados que não executaram a prova de vida no ano passado, precisam realizá-la entre janeiro e abril. Este procedimento é necessário e se não for realizado, os pagamentos das aposentadorias e pensões são suspensos.

Para impedir aglomerações, o INSS determinou um cronograma organizado pelo mês de nascimento dos beneficiários. Segue abaixo os prazos para cada caso.

  • Até 28 de fevereiro de 2022 – quem tem prova de vida vencida até dezembro de 2020;
  • Até 31 de março de 2022 – quem tem prova de vida vencida entre janeiro e junho de 2021;
  • Até 30 de abril de 2022 – quem tem prova de vida vencida entre julho e agosto de 2021;
  • Até 31 de maio de 2022 – quem tem prova de vida vencida entre setembro e outubro de 2021;
  • Até 30 de junho de 2022 – quem tem prova de vida vencida entre novembro e dezembro de 2021.

É importante destacar que o bloqueio para todos os segurados que não realizarem o procedimento nos prazos determinados, ocorre em 1° de julho.

Como fazer a prova de vida do INSS pela Internet?

O procedimento da prova de vida do INSS pode ser feito online de maneira fácil e rápida, através do aplicativo “Meu INSS”. Destaca-se que para ter acesso a este serviço, é preciso ter a biometria facial já cadastrada no Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) ou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para realizar o processo, basta seguir os passos:

  • Fazer o download do aplicativo ou o login;
  • Selecione a opção “Prova de vida” na página inicial;
  • Instalar o aplicativo “Meu gov.br”;
  • Abrir o aplicativo Meu gov.br e selecionar a página “Autorizações”;
  • Autorizar a realização da prova de vida;
  • Permitir o uso da câmera;
  • Informar o documento solicitado;
  • Encaixar o rosto no contorno exibido na tela;
  • Seguir o passo a passo informado;
  • Confirmar se a prova de vida foi efetuada.

Feito isso, a prova de vida está concluída.

Destaca-se que também que é possível realizar a prova de vida no banco responsável pelo pagamento do benefício. O processo pode ser feito por meio dos caixas eletrônicos, via biometria ou no atendimento pessoal nas agências bancárias, neste caso é preciso levar o cartão de débito e um documento com foto.

Para segurados com mais de 80 anos ou com dificuldades de locomoção, é possível solicitar a visita em domicílio. Para realizar o procedimento dessa maneira, deve-se agendar um horário pelo aplicativo Meu INSS ou pelo número 135.

Posso receber o auxílio doença do INSS tendo depressão?

Como não cair em golpe da prova de vida do INSS?

Com o retorno da obrigatoriedade da prova de vida do INSS, o golpe mais comum envolvendo este procedimento voltou a ativa. O INSS emitiu um aviso para que os segurados fiquem atentos aos meios oficiais de realizar a prova de vida.

No golpe que está sendo aplicado, os criminosos ligam para os segurados e informam os dados pessoais das vítimas para passar credibilidade e segurança. Após isso, eles enviam uma mensagem ao WhatsApp do segurado, pedindo o envio de uma foto de algum documento pessoal da vítima, na maioria dos casos o RG, para que seja possível efetuar o “recadastramento” na prova de vida do INSS. Depois de obter os dados pessoais do segurado, os golpistas os utilizam para fazer transações financeiras em nome da vítima.

No aviso emitido pelo INSS, é destacado que o Instituto nunca entra em contato por telefone e não recomenda o compartilhamento de dados pessoais. Em caso de dúvidas é indicado ligar para o número 135.

Dona de casa pode solicitar a aposentadoria do INSS?

Como reativar o benefício suspenso ou bloqueado devido a prova de vida do INSS?

Os segurados que tiveram seus benefícios suspensos ou bloqueados devido a não realização da prova de vida e desejam reativá-los, podem comparecer direto no banco.

Caso o benefício tenha sido cancelado, o segurado deve entrar em contato com o número 135 e agendar o serviço de reativação do benefício. Também é possível realizar esse processo através do aplicativo Meu INSS, por meio da opção “Reativar Benefício”.

Como sacar o FGTS rescisão?

Tem mais alguma dúvida sobre o a prova de vida do INSS? Deixa nos comentários. Acompanhe a FinanZero também nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.