Reabertura das agências do INSS deve acontecer de forma gradual e com atendimento com agendamento prévio

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tinham suspendido o atendimento nas unidades em março por conta da pandemia do novo coronavírus. Desde então, o INSS e o Ministério da Economia vem prorrogando o atendimento remoto.

De acordo com a última portaria, publicada em agosto no Diário Oficial da União (DOU), a reabertura gradual das agências está programada para a próxima segunda-feira (14).

O atendimento exclusivo por meio de canais remotos acontece até essa sexta-feira (11). No entanto, mesmo com a volta do atendimento presencial, os canais virtuais continuarão disponíveis.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Como o atendimento funcionará?

O atendimento do INSS será exclusivo para segurados que fizerem agendamento prévio pelo site, aplicativo ou no número 135.

O instituto afirmou que os segurados sem agendamento que forem até às agências não serão atendidos. Isso porque o objetivo do Instituto é evitar aglomerações dentro e fora das agências, seguindo as orientações do Ministério da Saúde.

Qual horário de atendimento das agências do INSS?

O horário de funcionamento das agências do Instituto será reduzido, a jornada vai ser das 7h às 13h de segunda a sexta-feira.

Quais serviços estarão disponíveis?

De acordo com o INSS, estarão disponíveis para atendimento presencial os seguintes serviços:

  • Avaliação social;
  • Cumprimento de exigência;
  • Justificação administrativa;
  • Perícia Médica,
  • Reabilitação profissional.

Como solicitar um agendamento para ter atendimento presencial?

O Instituto deixou claro que apenas segurados que realizaram agendamento prévio serão atendidos. Para isso, basta:

  1. Acessar o site ou aplicativo Meu INSS;
  2. Conectar com a senha de acesso pessoal;
  3. Abrir o menu principal,
  4. Selecionar a opção de atendimento.

Depois de clicar em atendimento, você será redirecionado para um formulário de interesse, em que deve informar qual serviço precisa realizar na agência.

Além de preencher seu endereço para poder ter acesso às unidades mais próximas de sua casa. No final do processo, é necessário imprimir o comprovante que informa o dia e horário marcado. Isso porque ele vai ser solicitado na agência de sua escolha para que possa comprovar que realmente houve um agendamento prévio.

Veja também – Como funciona o drive-thru do INSS?

Procolos de segurança

Para que o INSS possam reabrir, a administração está realizando uma inspeção técnica em todas as agências do Instituto. O procedimento está sendo realizado por médicos peritos que estão avaliando o espaço e readequando-o para que possa evitar um contágio da covid-19.

A readequação acontece porque todas as agências precisaram ser reconfiguradas para que exista um distanciamento entre as baias de atendimento. Além de ter equipamentos de segurança para os funcionários. Por isso, apenas unidades que passarem por esse processo poderão reabrir.

Além disso, em agosto, o Instituto havia informado que cada uma das agências devia avaliar se é possível um retorno, mesmo que gradual. Para isso, é preciso que eles analisem se possuem condições se segurança sanitária, a partir de alguns dados como:

  • Perfil dos funcionários;
  • Volume de atendimentos;
  • Espaço físico;
  • Medidas de limpeza,
  • Equipamentos de proteção individual e coletivas.

Ameaça de greve dos funcionários do INSS

Na última segunda-feira (8) foi aprovado a greve dos servidores, junto com a Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores da Previdência Social (Fenasps).

A categoria já havia informado que não retornaria para o atendimento presencial enquanto os índices de contaminação e morte da covid-19 estivessem altos. Por isso, a orientação da federação é que os servidores continuem em home office com atendimento virtual.

Por isso, pode ser que aconteça um novo adiamento da reabertura do INSS.

Ficou com mais alguma dúvida sobre a reabertura gradual das agências do Instituto Nacional do Seguro Social? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.