PIS: como funciona, quem tem direito e como sacar e consultar o benefício triplo destinado aos cidadãos que não realizam o saque

O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASSEP), são dois benefícios pagos pelo Governo Federal. Ambos são destinados aos trabalhadores da rede privada e pública reespectivamente e estão relacionados com o tempo de contribuição de cada indivíduo.

Esse benefício trabalhista é pago seguindo algumas condições e por isso pode gerar muitas dúvidas entre os cidadãos que possuem a carteira de trabalho assinada. A seguir estão as principais informações sobre quem possui o direito de receber o saque triplo do PIS, nova modalidade da benefício.

São até 10 ofertas pré-aprovadas de empréstimo pessoal para você comparar, vem para a FinanZero!

Como funciona o saque triplo do PIS?

O saque triplo do PIS está relacionado com o benefício não sacado nos anos de 2019 e 2020. Com isso, esse benefício é destinado aos cidadãos que receberam o PIS/PASSEP no período mencionado, mas que não conseguiram ou escolheram não sacá-lo.

Essa opção de saque também é conhecida como “PIS esquecido”, já que se trata dos benefícios que podem estar disponíveis sem o conhecimento dos beneficiários. O indivíduo então pode ter acesso ao valor ganho pelo governo.

Além disso, a Caixa Econômica Federal, liberou os saques não recebidos do PIS nos anos de 1970 a 1988. Dessa maneira, os trabalhadores que receberam o benefício durante o período podem sacá-lo até o final do ano de 2022.

Como sacar o PIS triplo?

Para ter acesso ao valor esquecido do PIS, será preciso fazer uma requisição formal de reemisão. Esse pedido pode ser feito de duas maneiras, são elas:

  • De forma presencial: em agências do ministério do trabalho;
  • Por e-mail: enviando a mensagem para o contato trabalho.uf@economia.gov.br. É necessário colocar a sigla do Estado em que reside no lugar de “uf”;

Ao solicitar o saque do PIS triplo é necessário ter mãos os seguinntes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;

É possível antecipar o PIS?

Quando será pago o PIS triplo?

O saque triplo do PIS se refere ao benefício pago no ano de 2022 e ainda os valores esquecidos do ano de 1970 a 1988, 2019 e 2020. Vale mencionar que o benefício trabalhista referente ao ano de 2021 será pago apenas em 2023, devido as consequências da pandemia do Covid-19.

O PIS esquecido poderá ser pago até o dia 29 do mês de dezembro de 2022. O cidadão têm até o mesmo período para solicitar que o dinheiro não sacado seja resgatado por ele. Já o benefício do ano de 2022 foi liberado até o mês de março.

Como consultar o PIS triplo?

A consulta do PIS esquecido pode ser feita por meio de ligação ou aplicativo da carteira de trabalho digital. O telefone para consulta é 158 e o aplicativo pode ser baixado em IOS ou Android. Basta que o trabalhador entre em contato ou acesse seu documento digital para encontrar as informações referentes ao seu benefício.

Quem tem direito ao saque triplo do PIS?

Possui o direito de receber o PIS triplo os indivíduos que receberão o benefício trabalhista no ano de 2022, sendo então aqueles que estão de acordo com os seguintes requisitos:

  • Estarem cadastrados no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos;
  • Terem exercido atividade remunerada para pessoa jurídica por 30 dias consecutivos ou não, no ano base para o recebimento do benefício;
  • Terem recebido até 2 salários mínimos mensais;
  • Estarem com os dados corretos e atualizados no eSocial;

Além do benefício do ano de 2022, o indivíduo ainda precisa ter o benefício do ano de 2019 e 2020 para receber. Assim, a soma dos 3 valores serão o saque triplo do PIS.

Entenda o lançamento do novo portal FGTS digital

E então, restou mais alguma dúvida sobre o saque triplo do PIS? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.