Pagamentos da segunda parcela da Renda Básica Emergencial começaram dia 26 de abril e vão até 7 de maio

Segundo a Prefeitura de São Paulo, só em 2020, 1.265.827 pessoas recebem o benefício da Renda Básica Emergencial (RBE). A princípio, a estimativa é que em 2021 os beneficiários sejam em torno de 1.287.422 pessoas com um investimento previsto em R$ 398 milhões.

A Renda Básica Emergencial (RBE) é regulamentada pela Lei Nº 17.504, que assegura o pagamento do benefício em detrimento da pandemia causada pelo coronavírus. Os pagamentos desse ano serão feitos em março, abril e maio.

O que é a Renda Básica Emergencial?

A Renda Básica Emergencial (RBE) é um benefício financeiro concedido pela Prefeitura de São Paulo. Isto é, as famílias que encontram-se em situação de vulnerabilidade e estavam inscritas (até setembro de 2020) no programa Bolsa Família podem receber os valores disponibilizados pela Prefeitura.

Além disso, trabalhadores ambulantes que atendam os critérios do Bolsa Família, possuam o Termo de Permissão de Uso (TPU) vigente ou estejam cadastrados no sistema “Tô legal!” também tem direito de receber o benefício.

BEm 2021: quando começam os pagamentos do governo?

Como solicitar a Renda Básica Emergencial?

Diferentemente de outros benefícios sociais, como é o caso do Auxílio Emergencial ou do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm), não é necessário fazer nenhum cadastro para solicitar a Renda Básica Emergencial (RBE).

Pelo contrário, o benefício é gerado automaticamente para as famílias que se enquadram nos critérios do programa. Assim sendo, não será necessário o deslocamento para Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), postos do Descomplica SP ou agências da Caixa Econômica Federal (CEF) para realizar a solicitação.

Vai ter prorrogação do benefício emergencial em 2021?

Como funcionam os pagamentos?

Conforme mencionado, os pagamentos da Renda Básica Emergencial (RBE) serão feitos em 3 parcelas. Nesse sentido, o valor pago é de R$100,00 por mês e pessoas com deficiência (exceto os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC) recebem R$200,00.

O depósito é feito em Conta Fácil, Conta Poupança Fácil ou Poupança na Caixa. Aos que não possuem conta na Caixa, a Prefeitura solicitou abertura de conta e frisou que a movimentação da RBE poderá ser feita pelo app “Caixa TEM” (disponível em sistemas Android e IOS).

Calendário do BEm 2021: quando começam os pagamentos?

Calendário da 2ª parcela

Os pagamentos da 2ª parcela da Renda Básica Emergencial (RBE) começaram a ser feitos na segunda-feira passada (26), conforme comunicado da Câmara Municipal.

Além disso, os depósitos serão feitos baseando-se no final do Número de Identificação Social (NIS). Confira o calendário:

Final do NIS:Data do Pagamento:
126/04
227/04
328/04
429/04
530/04
603/05
704/05
805/05
906/05
007/05

Desse modo, também é válido reforçar que a Prefeitura ainda não divulgou o calendário de pagamentos da 3ª parcela.

BEm 2021: como consultar o meu benefício?

Por fim, ficou com dúvidas sobre a Renda Básica Emergencial de 2021? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero te ajuda.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.