Para se cadastrar no gov.br, portal que reúne diversos serviços digitais e informações sobre o governo federal, é possível utilizar CPF, validação facial, Internet Banking e outras opções.

Funcionando desde 2019, o portal gov.br foi criado com o objetivo de integrar serviços e informações relacionados ao governo federal. Portanto, ao criar uma conta, o usuário passa a ter um tipo de acesso digital unificado aos serviços públicos, por exemplo:

  • acesso ao e-CAC sem precisar de certificado digital ou código de acesso;
  • carteira de trabalho digital;
  • meu INSS;
  • portal ENEM.

Além de outros serviços e programas do governo, também é possível realizar solicitações.

Como alterar o e-mail do gov.br?

Como se cadastrar no gov.br

Voltado para pessoa física e jurídica, é possível se cadastrar no gov.br a partir de 6 opções diferentes, listadas a seguir num passo a passo.

Validação facial no aplicativo Meu gov.br

Disponível para Android e iOS, o aplicativo Meu gov.br permite ao usuário se cadastrar utilizando a validação facial. Para isso, o primeiro passo é baixar o app. Então, retorne à página do gov.br, utilizando o computador, e clique na opção “Crie sua conta gov.br”, e depois em “Validação Facial no App Meu gov.br”.

se cadastrar no gov.br com validação final

Em seguida, será necessário informar o CPF, ler e marcar a opção “Li e estou de acordo com os termos de uso” e, depois, marcar a opção “Não sou um robô”. Então, é só clicar no botão “Gerar QR Code”, disponível no canto inferior direito.

O QR Code será mostrado na tela, então é preciso abrir o aplicativo Meu gov.br e clicar no botão “Ler QR Code gov.br”. Feito isso, é só apontar o celular para a tela do computador, marcar que leu e concorda com os termos e condições e depois clicar no botão “Aceitar”.

A próxima etapa é a validação facial, portanto, é exigido que o usuário posicione o rosto de frente para a câmera frontal do celular, seguindo sempre as orientações do aplicativo de piscar os olhos e sorrir, até o sistema validar todas as informações. Além disso, também será preciso tirar uma foto, conforme orientação do sistema no momento.

A etapa seguinte é a validação dos dados pessoais, dessa forma, será preciso informar alguns dados pessoais, como nome, CPF e afins. Então, é só clicar no botão “Avançar” e escolher a forma como deseja ativar a conta, se por e-mail ou SMS.

Na tela seguinte é necessário informar o código de acesso enviado, cadastrar uma senha e finalizar o cadastro. Pronto, é só acessar a conta gov.br.

Bancos Credenciados

Para se cadastrar no gov.br a partir da opção bancos credenciados, o portal permite utilizar o Banco do Brasil, Santander, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica Federal e Sicoob. Portanto, ao chegar na página inicial do gov.br, é necessário clicar no botão “Crie sua conta gov.br” e selecionar a opção “Bancos Credenciados”.

se cadastrar no gov.br com bancos credenciados

Então, é necessário ler e aceitar os Termos de uso e clicar na opção “Avançar”. Nessa opção, cada banco estipula um processo, sendo assim, é preciso seguir as orientações do banco escolhido para cadastrar a conta. Feito isso, basta selecionar a forma como deseja ativar a conta, se por e-mail ou SMS e clicar em “Avançar” novamente.

Na tela seguinte, basta informar o código de acesso enviado e cadastrar uma senha. Pronto, a conta está criada.

Internet Banking

Para se cadastrar no gov.br utilizando o Internet Banking, é preciso acessar a página inicial do portal e clicar na opção correspondente.

se cadastrar no gov.br com internet banking

Vale dizer que essa alternativa está disponível para alguns bancos credenciados, são eles:

  • Banco do Brasil;
  • Banrisul;
  • Banese;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Itaú;
  • Santander;
  • Banestes;
  • Sicred;
  • Sicoob.

Além disso, a conta é criada a partir da geração de uma senha temporária, que deverá ser trocada no primeiro acesso do usuário ao portal. Essa primeira etapa, de geração da senha temporária, varia de acordo com o banco escolhido, portanto, a recomendação é seguir o passo a passo de cada instituição disponibilizado neste link. Vale dizer ainda que, em alguns casos, a senha demora de 24 a 48 horas para ser ativada pelo banco.

Tendo em mãos a senha temporária, é só retornar à página inicial e realizar o login com CPF e a senha em questão. Na tela seguinte será preciso informar a senha temporária e cadastrar a senha definitiva. Também é necessário marcar a opção “Não sou um robô” e clicar no botão “Concluir”. Pronto, a conta está criada.

Cadastro com CPF

Opção mais comum entre as pessoas físicas, para se cadastrar no gov.br com CPF é preciso acessar a página inicial e clicar na opção “Número do CPF”.

se cadastrar no gov.br com cpf


Na tela seguinte será preciso informar o CPF e nome completo, além de preencher a caixa de ciência dos termos de uso e confirmar que “não é um robô”. Já na etapa de validação dos dados são realizadas algumas perguntas ao usuário, como data de nascimento e nome da mãe, a fim de garantir que não haja uso indevido do CPF.

Então, é só escolher se deseja receber o código de acesso para ativação da conta por e-mail ou SMS e, na etapa seguinte, informá-lo no campo solicitado, junto a senha que deve ser cadastrada. Feito isso, a conta estará ativada.

Certificado digital

O cadastro com certificado digital de pessoa física está disponível na opção “Certificado Digital”, conforme mostrado abaixo:

se cadastrar no gov.br com certificado digtial

Ao clicar, é preciso ler com atenção as informações e marcar a opção “Li e estou de acordo com os Termos de uso” e clicar em “Ler Certificado Digital”, disponível no canto inferior direito.

Na etapa seguinte o usuário deve conferir se os dados estão corretos e clicar na opção “Avançar”. Então, na próxima tela é só escolher como deseja receber o código de acesso para ativação da conta, se por e-mail ou SMS, e clicar novamente em “Avançar”.

O código recebido, por sua vez, deverá ser informado na tela seguinte, junto com a senha de acesso. Com isso, a conta estará criada.

Certificado em nuvem

Para se cadastrar no gov.br a partir do certificado em nuvem é preciso clicar na opção “Certificado Digital em Nuvem”, conforme mostrado abaixo:

se cadastrar no gov.br com certificado em nuvem

Essa opção está disponível nas nuvens:

  • SafeID;
  • NeoID;
  • BirdID;
  • RemoteID;
  • Vidaas.

Então, é só escolher o tipo de certificado em que deseja cadastrar, marcar a opção “Li e estou de acordo com os Termos de uso” e clicar no botão “Ir para”, disponível no canto inferior direito.

Na etapa seguinte será preciso conferir se os dados estão corretos e selecionar como deseja receber o código de ativação da conta, se por e-mail ou SMS. Após clicar em “Avançar”, a tela seguinte exigirá o código de acesso enviado, e na posterior é necessário cadastrar uma senha. Feito isso, a conta será criada.

Empréstimo Pessoal com parcelamento em até 24 meses. Peça já!

Como saber se tenho conta no gov.br?

Uma das formas mais simples de saber se possui cadastro no portal gov.br é clicando no botão “Crie sua conta gov.br” e, em seguida, selecionando a opção “Número do CPF”. Na tela seguinte será necessário informar o CPF e nome completo, bem como marcar a opção “Li e estou de acordo com os Termos de uso” e “Não sou um robô”.

Então, ao clicar no botão “Avançar”, se o usuário já possuir uma conta no gov.br aparecerá um alerta, como o mostrado abaixo:

se cadastrar no gov.br

Se isso acontecer, é só retornar à página inicial, inserir o CPF no espaço destinado para quem já possui cadastro e clicar na opção “esqueci minha senha”. A tela seguinte disponibiliza quatro opções para redefinição de senha: validação facial no app Meu gov.br, autenticação de bancos credenciados, Internet Banking e através de um código de acesso enviado por e-mail.

Basta escolher a melhor opção e seguir as orientações do portal para redefinir a senha.

Ficou mais alguma dúvida sobre como se cadastrar no gov.br? Deixa nos comentários! Ah, e não deixe de nos acompanhar nas redes sociais também, para ficar por dentro de tudo: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.