Datas da 1ª, 2ª e 3ª parcelas do auxílio emergencial são diferentes dependendo da data de aprovação do pedido

A distribuição das parcelas do auxílio emergencial seguem um modelo de distribuição variada, de acordo com a data de aprovação do benefício. Em função de seu caráter de emergência, as diretrizes do programa de distribuição das parcelas foi surgindo conforme a demanda.

Sem estratégia prévia, mas com desenvolvimento simultâneo à liberação, muitos beneficiários ficaram confusos. De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, o coronavoucher sozinho é o maior pagamento da história do Brasil à população.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

O executivo nem considerou ainda a maior liberação do do seguro-desemprego e de outras medidas que também foram criadas na pandemia: como o Benefício de Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) e o saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Todas essas medidas em conjunto foram pagas pela Poupança Social Digital do aplicativo Caixa TEM.

Destaca-se que nesta quinta-feira (2) termina o processo de solicitação de recebimento por profissionais autônomos e informais que foram abalados pela pandemia do coronavírus, e as recomendações de isolamento social e quarentena obrigatória imposta nos estados brasileiros.

Quais são os lotes de distribuição do auxílio emergencial?

No total, existem 4 lotes de distribuição e um novo deve ser criado para os últimos pedidos e aprovaçães. Estes lotes se referem a quatro datas diferentes de liberação da primeira parcela do coronavoucher, após a aprovação dos pedidos dos lotes:

  • 1º Lote: pertencem a este lote os cidadãos que receberam a 1ª parcela do auxílio emergencial até o dia 30 de abril.
  • 2º Lote: pertencem a este lote os beneficiários que receberam a 1ª parcela até o dia 29 de maio.
  • 3º Lote: pertencem a este lote os cidadãos que receberam a 1ª parcela do auxílio emergencial até o dia 17 de junho.
  • 4º Lote: pertencem a este lote os beneficiários que recebem a 1ª parcela até o dia 4 de julho.
  • 5º Lote: pertencem a este lote os cidadãos que ainda não receberam a 1ª parcel do auxílio emergencial.

Confira abaixo os calendários de pagamentos das demais parcelas de acordo com os lotes.

Calendário do lote 1 do auxílio emergencial

As pessoas que tiveram a 1ª parcela de R$ 600 até o dia 30 de abril recebem as demais:

  • 2ª parcela: já foi paga durante o mês de maio.
  • 3ª parcela: período de pagamentos entre 27 de junho até o dia 4 de julho de acordo com o mês de nascimento.

Veja também – Calendário de pagamentos da 3ª parcela do auxílio emergencial

Calendário do lote 2 do auxílio emergencial

As pessoas que tiveram a 1ª parcela de R$ 600 até o dia 29 de maio recebem as demais:

  • 2ª parcela: período de pagamentos entre 27 de junho até o dia 4 de julho de acordo com o mês de nascimento.
  • 3ª parcela: datas ainda não estão disponíveis.

Calendário do lote 3 do auxílio emergencial

As pessoas que tiveram a 1ª parcela de R$ 600 até o dia 17 de junho recebem as demais:

  • 2ª parcela: datas ainda não estão disponíveis.
  • 3ª parcela: datas ainda não estão disponíveis.

Calendário do lote 4 do auxílio emergencial

E as pessoas que tiverem a 1ª parcela de R$ 600 até o dia 4 de julho recebem as demais:

  • 2ª parcela: datas ainda não estão disponíveis.
  • 3ª parcela: datas ainda não estão disponíveis.

Ficou com mais alguma dúvida sobre os lotes do coronavoucher? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.