Auxílio emergencial: calendário pelo Whatsapp e o que fazer se não for avisado por mensagem.

A partir da quinta parcela, o auxílio emergencial terá sua divulgação feita através do Whatsapp. Apenas os beneficiários do Bolsa Família sabem ao certo a data do recebimento, pois seu cronograma é o mesmo.

Os pagamentos das novas parcelas estão previstos para: 5ª parcela (agosto), 6ª parcela (setembro) e 7ª parcela (outubro).

De acordo com o Ministério da Cidadania, os beneficiários começarão a ser avisados ainda nesta segunda semana de agosto. A previsão é que os pagamentos de iniciem no próximo dia 18.

Veja como realizar um empréstimo com nome sujo

Como será feito o envio do calendário do auxílio emergencial?

As mensagens via Whatsapp só serão enviadas para os beneficiários gerais, que são aqueles cadastrados no inicio do programa. O calendário será informado através do número de telefone informado no ato do cadastro. Na mensagem será avisado o dia de depósito do valor nas contas digitais e as datas de liberação do saque.

É importante ressaltar que a mensagem, sobre o calendário auxílio emergencial, será enviada por uma conta oficial e verificada da Caixa Econômica Federal (CEF). Esse mesmo perfil será responsável por fazer o envio de outras informações relevantes sobre o benefício.

Caso não queira receber as mensagens, o usuário pode desativar essa funcionalidade. O recebimento das mesmas é totalmente gratuito e o usuário recebe mesmo que não tenha acesso à internet.

Outra informação importante é que não é possível responder a este perfil, pois sua única função é informar os beneficiário do auxílio.

Os pagamentos continuarão sendo escalonados e seguindo o mês de nascimento de cada beneficiário. No caso dos beneficiários do Bolsa Família, o calendário segue o número final do NIS.

Auxílio Brasil: como funciona o substituto do Bolsa Família?

Não recebi minha mensagem sobre o auxílio pelo Whatsapp. O que fazer?

O governo fará o envio através dos números já cadastrados no Caixa Tem. O ideal é que todos os beneficiários acessem o aplicativo e confirmem se o telefone está correto.

Se mesmo assim o usuário não receber as mensagens, a única forma de resolver é se deslocando até uma agência da Caixa. Mas é necessário levar um documento de identificação com foto e o aparelho celular.

A instituição bancária fará a confirmação dos dados e solicitará que o beneficiário aceite o recebimento das informações via Whatsapp.

Posso perder meu imóvel se eu atrasar a parcela do empréstimo com garantia?

Calendário do auxílio emergencial já divulgado

Como já citado, as mensagens com o calendário serão enviadas apenas para aqueles beneficiários que se cadastraram através do Caixa Tem. Aqueles que recebem o Bolsa Família já possuem seu calendário próprio, que segue com datas fixas.

As datas são definidas pelo número final do NIS de cada um. Confira o calendário completo:

  • NIS com final 1: recebimento em18 de agosto
  • NIS com final 2: recebimento em 19 de agosto
  • NIS com final 3: recebimento em 20 de agosto
  • NIS com final 4: recebimento em 23 de agosto
  • NIS com final 5: recebimento em 24 de agosto
  • NIS com final 6: recebimento em 25 de agosto
  • NIS com final 7: recebimento em 26 de agosto
  • NIS com final 8: recebimento em 27 de agosto
  • NIS com final 9: recebimento em 30 de agosto
  • NIS com final 0: recebimento em 31 de agosto

Quem ainda tem direito ao auxílio emergencial?

Todos os que já receberam as quatro parcelas anteriores continuarão sendo beneficiários do auxílio. Mas existe uma exceção: aqueles que passaram a trabalhar com carteira assinada.

O Dataprev analisa todos os cadastros a cada nova parcela e aqueles que forem registrados perdem o direito ao benefício. Mas essa não é a única razão para que o auxílio emergencial seja suspenso, veja outras:

  • Morte do beneficiário;
  • Recebimento de pensão;
  • Recebimento de outros benefícios;
  • Prisão do beneficiário;
  • Recebimento de seguro-desemprego.

Caso o beneficiário tenha recebido o auxílio indevidamente e queira devolver, saiba que é possível. Para isso é preciso acessar o site de devolução e gerar Guia de Recolhimento da União (GRU).

Lembrou de alguma dúvida sobre o Calendário auxílio emergencial? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.