Empréstimo com garantia: o melhor banco, taxa de juros, qual o melhor tipo, as garantias que podem ser usadas e a perda do imóvel no refinanciamento

O empréstimo com garantia é uma modalidade que oferece as melhores taxas e condições por contar com uma segurança para os bancos credores, diferentes de outras opções de crédito como o empréstimo pessoal. Dessa forma, muitas dúvidas podem surgir em relação as opções de refinanciamento.

Além disso, os pedidos de créditos aumentaram, segundo dados do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) são mais de 6 milhões de pedidos, apenas no primeiro trimestre do ano de 2021. Por essa razão, abaixo estão as principais questões sobre o empréstimo com garantia.

É possível conseguir cartão de crédito estando negativado?

Qual o melhor banco para fazer empréstimo com garantia de imóvel?

São muitas as instituições que oferecem o empréstimo com garantia de imóveis para os seus clientes e a escolha de qual banco é melhor precisa levar algumas questões em consideração, como:

  • Taxas de juros;
  • Tempo de quitação do empréstimo;
  • Valor que poderá ser emprestado;
  • Custo efetivo total (CET);

Além das questões citadas é importante que o solicitante observe o atendimento da instituição, já que a ligação com ela se dará até a quitação do empréstimo concedido. Demais condições que são relevantes no crédito também devem ser observadas antes de sua contratação como as condições impostas pelo banco, essas devem ser analisadas pois condições melhores podem ser encontradas em outras instituições.

Isso porque, cada instituição possui condições e exigências que são impostas aos seus clientes com base em análises de crédito e score. As coletas, estudos e decisão podem ser distintas em cada banco, resultando em condições diferentes. Por isso, o cidadão deve entrar em contato e realizar simulações em diferentes instituições financeiras.

Dessa forma, o melhor banco para realizar o empréstimo com garantia é aquele que pode oferecer o que o cliente deseja ou que esteja mais próximo disso. É importante que as questões que são relevantes para o crédito e para o solicitante sejam atendidas, assim as problemáticas são menores e as possibilidades de imprevistos futuros também.

Qual a taxa de juros para empréstimo com garantia de imóvel?

As taxas de juros são cobradas em todas as modalidades de empréstimo pois são necessárias devido ao valor que foi emprestado do banco ao solicitante. Porém, algumas instituições contam com taxas diferentes, assim como as demais condições que são impostas. Isso acontece pois as taxas de juros e demais condições são exigidas de acordo com os dados e análises que são feitas a partir das informações do solicitante. Sendo assim, para saber a taxa de juros do empréstimo com garantia que o cidadão deseja solicitar, ele deve entrar em contato com a instituição.

A FinanZero, conta com mais de 50 parceiros que oferecem diversas modalidades de empréstimo, no refinanciamento de imóveis a taxa de juros mínima que a financeira oferece atualmente é de 0,75% ao mês. Além disso, os valores que podem ser solicitados variam entre R$ 40 mil e R$ 1 milhão e o tempo de quitação de dívida fica entre 36 e 240 meses.

Quais imóveis podem ser refinanciados?

Qual o melhor empréstimo com garantia?

Existe duas principais categorias de empréstimo com garantia, cada uma com características diferentes e que podem contribuir para a escolha do indivíduo. Abaixo estão descritas as principais informações sobre as opções de empréstimo com garantia.

Refinanciamento de imóveis

O refinanciamento de imóveis, também é chamado de empréstimo com garantia de imóvel e de Home Equity, nessa modalidade o bem utilizado como forma de pagamento em casos de inadimplência é um bem imóvel. Dessa forma, é comum que a casa do solicitante seja utilizada como garantia. Nessa opção de crédito, a instituição financeira credora se torna proprietária indireta do imóvel, enquanto o dono possui usufruto dela, ou seja, possui o direito de permanecer com a moradia.

Refinanciamento de veículo

O refinanciamento, também chamado de empréstimo com garantia de veículo possui o mesmo funcionamento do refinanciamento de imóvel, com a diferença do bem móvel que é usado como forma de pagamento. Sendo assim, um veículo é usado como garantia do valor que foi emprestado e assim como o imóvel, ele também passa a ser propriedade indireta do banco e o solicitante permanece com o direito de uso.

Diante das informações mencionadas sobre cada tipo de empréstimo com garantia, é válido mencionar que o melhor é aquele que atende a necessidade do solicitante. Além disso, cada um depende do encaixe do cidadão nas condições necessárias, então, o bem que o indivíduo possui precisa estar de acordo com o que é solicitado na opção de crédito. Sendo essa condição uma possível eliminatória do tipo de refinanciamento.

Vale a pena pegar empréstimo para limpar o nome?

Quais garantias podem ser dada como garantia a um empréstimo?

Como comentado, no refinanciamento de imóveis os bens que podem ser usados são necessariamente moradias, como casas, apartamentos ou terrenos. Além disso, é importante que a garantia esteja de acordo com algumas condições, como:

  • O bem precisa estar em boas condições de uso;
  • Com a documentação atualizada;
  • No nome do solicitante do crédito;
  • E com 50% do valor já quitado;

As condições citadas são válidas tanto para os imóveis quanto para os móveis, que são utilizados no refinanciamento de veículo, como carros, motos e caminhões. Cada bem será analisado pela instituição financeira, escolhida pelo cidadão, que decidirá a liberação do uso ou não do móvel ou imóvel do cidadão. Porém, as exigências podem ser negociáveis e cabe ao solicitante a tentativa de solução caso o empréstimo seja negado.

Posso perder meu imóvel se eu atrasar a parcela do empréstimo com garantia?

O imóvel usado como garantia em um refinanciamento apenas é utilizado como forma de pagamento quando ocorre inadimplência por parte do solicitante do crédito. Isso significa que ao atrasar ou não pagar as parcelas do empréstimo o banco pode recorrer ao bem do cidadão para que o valor seja devido seja pago. Contudo, essa medida é extrema e não acontece com frequência entre os solicitantes do empréstimo com garantia.

Além disso, o uso do bem como forma de pagamento pode ser evitado com renegociações da dívida. Por isso, é válido que o indivíduo devedor recorra ao banco e negocie o valor devido para dar continuidade ao pagamento das parcelas restantes sem perder o bem que possui. Dessa forma, é possível perder o imóvel no empréstimo com garantia e é uma condição que deve ser analisada, porém, não deve ser um motivo de desistência do crédito, pois existem outras formas de pagamento.

Quais são os motivos de reprovação do meu empréstimo?

E então, restou mais alguma dúvida se vale a perda do imóvel no empréstimo com garantia? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.