Crédito em conta ficará disponível a partir de 29 de junho enquanto saques do FGTS emergencial iniciam em 25 de julho

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou no último sábado (13) o calendário de depósitos nas contas bancárias e liberação dos saques de correntistas da Caixa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) emergencial.

De acordo com projeções do governo, a liberação de até R$ 1.045,00 de contas ativas e inativas do FGTS deve movimentar R$ 36 bilhões. Cerca de 60 milhões de brasileiros terão a possibilidade de sacar o valor correspondente a um salário mínimo, parcial ou integralmente.

Veja também – Faça a cotação e receba ofertas pré-aprovadas com o simulador de empréstimo pessoal!

Calendário de depósitos do FGTS emergencial 2020

Veja abaixo quando ficará disponível o crédito em conta bancária dos R$ 1.045 do FGTS emergencial de acordo com o mês de nascimento:

  • Janeiro: crédito em conta disponível a partir de 29 de junho;
  • Fevereiro: crédito em conta disponível a partir de 6 de julho;
  • Março: crédito em conta disponível a partir de 13 de julho;
  • Abril: crédito em conta disponível a partir de 20 de julho;
  • Maio: crédito em conta disponível a partir de 27 de julho;
  • Junho: crédito em conta disponível a partir de 3 de agosto;
  • Julho: crédito em conta disponível a partir de 10 de agosto;
  • Agosto: crédito em conta disponível a partir de 24 de agosto;
  • Setembro: crédito em conta disponível a partir de 31 de agosto;
  • Outubro: crédito em conta disponível a partir de 8 de setembro;
  • Novembro: crédito em conta disponível a partir de 14 de setembro;
  • Dezembro: crédito em conta disponível a partir d 21 de setembro;

Veja também – Quem tem direito ao saque emergencial do FGTS de R$ 1.045?

Calendário de saques do FGTS emergencial 2020

Confira abaixo quando ficarão disponíveis os depósitos do FGTS emergencial de acordo com o mês de nascimento:

  • Janeiro: saque disponível a partir de 25 de julho;
  • Fevereiro: saque disponível a partir de 8 de agosto;
  • Março: saque disponível a partir de 22 de agosto;
  • Abril: saque disponível a partir de 5 de setembro;
  • Maio: saque disponível a partir de 19 de setembro;
  • Junho: saque disponível a partir de 3 de outubro;
  • Julho: saque disponível a partir de 17 de outubro;
  • Agosto: saque disponível a partir de 17 de outubro;
  • Setembro: saque disponível a partir de 31 de outubro;
  • Outubro: saque disponível a partir de 31 de outubro;
  • Novembro: saque disponível a partir de 14 de novembro;
  • Dezembro: saque disponível a partir de 14 de novembro;

Veja também – Como sacar o FGTS emergencial de R$ 1.045 em junho?

O que é o saque emergencial do FGTS de R$ 1.045?

Criado devido à pandemia do coronavírus, o saque emergencial do FGTS com o limite de um salário mínimo é mais uma medida do governo para amenizar a crise gerada com a quarentena e o isolamento social.

Trabalhadores brasileiros com contas ativas e inativas, ou seja, que estejam trabalhando atualmente ou não, podem resgatar até R$ 1.045 de suas contas do FGTS. Contanto que possuam o valor no fundo.

O calendário do crédito em conta e dos saques foi feito pela Caixa a fim de minimizar as filas nas agências bancárias, postos de atendimento e caixas eletrônicos. O auxílio emergencial, que também está sendo liberado pelo banco estatal, gerou uma grande movimentação da população, contrariando as recomendações de saúde para evitar o contágio do coronavírus.

Ficou com mais alguma dúvida sobre o auxílio emergencial? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.