Segundo calendário de pagamento do Auxílio Emergencial, a 5° parcela será paga a partir de 20 de agosto. Para os beneficiários do Bolsa Família o calendário seguirá o final do NIS.

No início de julho o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prorrogou o pagamento do Auxílio Emergencial. Com isso, os beneficiários vão receber mais três parcelas, que serão pagas em agosto, setembro e outubro.

Conforme divulgou o site do Ministério da Cidadania, o pagamento do Auxílio Emergencial para quem não é beneficiário do Bolsa Família começa no dia 20 de agosto. Já para quem é beneficiário do programa de transferência de renda, as novas parcelas serão pagas a partir do dia 18 de agosto, seguindo a regra habitual, que leva em consideração o número final do NIS.

Novo Bolsa Família: como funciona?

Calendário de pagamento do Auxílio Emergencial

Confira o calendário de pagamento do Auxílio Emergencial 2021, bem como a data para saque, para quem não é beneficiário do Bolsa Família. Vale lembrar que a definição da data de pagamento e saque leva em consideração o mês de nascimento.

Calendário da 5ª parcela do Auxílio Emergencial

A quinta parcela do Auxílio começa a ser paga no dia 20 de agosto, já o saque estará disponível a partir do dia 01 de setembro.

Mês de nascimento

Janeiro

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

Data de pagamento

20 de agosto

21 de agosto

21 de agosto

22 de agosto

24 de agosto

25 de agosto

26 de agosto

27 de agosto

28 de agosto

28 de agosto

29 de agosto

31 de agosto

Data para saque

01 de setembro

02 de setembro

03 de setembro

06 de setembro

09 de setembro

10 de setembro

13 de setembro

14 de setembro

15 de setembro

16 de setembro

17 de setembro

20 de setembro

Calendário da 6ª parcela do Auxílio Emergencial

A sexta parcela do auxílio, por sua vez, será pago a partir de 21 de setembro, e o saque estará disponível a partir do dia 04 de outubro.

Mês de nascimento

Janeiro

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

Data de pagamento

21 de setembro

22 de setembro

23 de setembro

24 de setembro

25 de setembro

26 de setembro

28 de setembro

29 de setembro

30 de setembro

01 de outubro

02 de outubro

03 de outubro

Data para saque

04 de outubro

05 de outubro

05 de outubro

06 de outubro

08 de outubro

11 de outubro

13 de outubro

14 de outubro

15 de outubro

18 de outubro

19 de outubro

19 de outubro

Calendário da 7ª parcela do Auxílio Emergencial

A sétima e última parcela começará a ser paga em 20 de outubro, com saque disponível a partir do dia 01 de novembro.

Mês de nascimento

Janeiro

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

Data de pagamento

20 de outubro

21 de outubro

22 de outubro

23 de outubro

23 de outubro

26 de outubro

27 de outubro

28 de outubro

29 de outubro

30 de outubro

30 de outubro

31 de outubro

Data para saque

01 de novembro

03 de novembro

04 de novembro

05 de novembro

09 de novembro

10 de novembro

11 de novembro

12 de novembro

16 de novembro

17 de novembro

18 de novembro

19 de novembro

Apesar da divulgação geral do calendário de pagamento do Auxílio Emergencial, os beneficiários cadastrados desde o início do programa ainda receberão mensagens através do WhatsApp com confirmação de data de depósito e liberação do saque do benefício.

O imóvel precisa estar quitado para refinanciar?

Quem pode receber o Auxílio Emergencial e quais os valores?

Todas as pessoas que receberam as quatro parcelas anteriores do Auxílio Emergencial continuarão tendo direito às próximas três, com exceção de quem deixar de cumprir os critérios de elegibilidade do benefício. Sendo assim, vai continuar recebendo o Auxílio quem:

  • recebeu o benefício em 2020;
  • é trabalhador informal;
  • beneficiário do Bolsa Família;
  • tem renda mensal familiar de até três salários mínimos, equivalente a R$3.300;
  • tem renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa, equivalente a R$550.

Os valores das próximas três parcelas são iguais aos pagos durante 2021, e dependem da condição de cada beneficiário, portanto:

  • quem mora sozinho receberá R$150;
  • família com mais de uma pessoa, mas que não é chefiada por mulher, receberá R$250;
  • família chefiada por mulher, com ao menos uma pessoa menor de dezoito anos, receberá R$375.

Para saber se está apto ao recebimento do Auxílio é possível consultar o Portal da Dataprev, ligar no telefone 111 ou ainda acessar o site da Caixa.

Como ficará o Bolsa Família após o Auxílio Emergencial 2021?

Como será feito o pagamento do Auxílio Emergencial

O pagamento ocorrerá da mesma forma, portanto, os valores serão creditados nas contas digitais gratuitas abertas pela Caixa. Após receber o depósito, o dinheiro só poderá ser movimentado no aplicativo Caixa Tem para pagamento de contas e compras. Depois, o valor é disponibilizado para saque, conforme mostrado nas tabelas acima.

Para obter mais dicas e informações sobre o assunto, siga a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.