O Banco Central (BC) continua testando novas funcionalidades para o revolucionário PIX. O cartão PIX com pagamentos por aproximação e de forma offline é o serviço da vez

Nesta última quarta-feira (30), o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, citou a possibilidade da implementação do “cartão PIX”. Isto é, desde que o PIX foi oficialmente lançado em 2020, ele tem transformado o mercado financeiro de forma significativa. Já que, as transações desse meio de pagamentos são concluídas em poucos segundos e ele está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, incluindo os feriados.

De acordo com a pesquisa C6 Bank/Ipec, 83% dos brasileiros já acreditam que o PIX é melhor do que DOC e TED. O próprio BC, por exemplo, divulgou que só no primeiro mês em funcionamento, o PIX já reunia mais de 40 milhões de usuários cadastrados. Por isso, o Banco Central também tem investido em outras formas de aprimorar esse meio de pagamentos que tem se mostrado tão eficiente na vida de milhões de brasileiros.

Além da recente ideia de PIX saque e PIX troco o BC agora está cogitando a possibilidade do “cartão PIX”. Na prática, a ideia é viabilizar a realização do PIX, e portanto, as transações do cartão PIX poderão ser feitas mesmo no modo offline. Além disso, a possibilidade de realizar as operações do cartão PIX por aproximação é uma alternativa mais ágil, segundo as diretrizes do BC.

Clique aqui e faça sua solicitação de empréstimo com a FinanZero!

Como funciona o PIX?

O PIX funciona como um meio de pagamento instantâneo. Além de ser 100% seguro e regulamentado pelo Banco Central, o PIX incentiva a modernização do mercado de pagamentos e promove a inclusão financeira de todos os usuários. Também é válido ressaltar que não há limite mínimo para os pagamentos ou transferências, ou seja, as transações podem ser feitas a partir de R$0,01.

A cerca de valor máximo, também não há uma regra específica do BC quanto a isso. Contudo, cada banco ou instituição financeira pode determinar suas diretrizes visando diminuir os riscos de fraude. Todas essas operações – incluindo pagamentos e transferências – podem ser feitas por grupos distintos, sobre os quais podemos destacar:

  • Primeiramente, entre pessoas físicas;
  • Em seguida, entre pessoas físicas e jurídicas;
  • Também é válido ressaltar as transações apenas entre pessoas jurídicas;
  • E por fim, as operação de pessoas físicas ou jurídicas para o governo.

Quais as novas regras para sacar o FGTS?

Como funciona o cartão PIX por aproximação?

A modalidade de realizar os pagamentos por aproximação é algo que tem aumentado de forma relevante no Brasil, e por isso, o BC deseja unir esse serviço aos funcionamentos do PIX. Segundo a Visa, os pagamentos por aproximação aumentaram cinco vezes mais em 2020, se comparados ao ano de 2019. Com as medidas de distanciamento social em detrimento da pandemia, os brasileiros estão mais adeptos a essas tecnologias.

Já que, o próprio termo contactless sugere que essas transações são feitas “sem contato”. O cartão PIX por aproximação deve funcionar como um cartão de transporte, onde basta o usuário encostar os bilhetes nos validadores específicos, para ter o acesso é liberado. Ainda não há uma data estipulada para lançamento do cartão PIX por aproximação, mas de acordo com o BC a modalidade deve ser liberada 4º trimestre de 2021.

“Você vai aproximar do seu celular, você vai transferir dinheiro online pro offline no cartão. (…) Vai funcionar como um cartão de ônibus, uma tecnologia supersegura.”

– ROBERTO CAMPOS NETO, PRESIDENTE DO BC

O que é uma oferta pré-aprovada de empréstimo?

O que é o cartão PIX offline?

Conforme mencionado, o cartão PIX deve funcionar como uma espécie de “bilhete único”, então, o usuário deve carregar um valor no cartão que posteriormente será transformado em crédito. Desse modo, a ideia é que o BC lance um cartão pré-pago e através deste, os clientes estarão habilitados para fazer as operações de modo offline utilizando o cartão PIX.

“Você vai poder usar o cartão no mundo offline e quando voltar para o mundo online, você se conecta e pode transferir o seu saldo de volta.”

– ROBERTO CAMPOS NETO, PRESIDENTE DO BC

Como o serviço do cartão PIX será implementado em breve, muitas questões ainda estão em aberto. A expectativa é que como a previsão de lançamento do cartão PIX offline também está prevista para o 4º trimestre de 2021, o BC divulgue outras informações nos próximos meses. Nesse caso, o mais adequado é aguardar as novas atualizações do serviços para entender como as funcionalidades serão testadas.

Qual banco o Celso Portiolli faz propaganda?

Por fim, ficou com dúvidas sobre o cartão PIX? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero está à disposição.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.