FinanzeroBlogCrédito

Como comprar casa sem entrada?

Como comprar casa sem entrada?

Compartilhe esse post:

Quem deseja comprar casa sem entrada, pode optar pelo consórcio de imóveis, que é isento de juros e está disponível para diversos perfis de consumidores.

O financiamento imobiliário é a operação de crédito utilizada por quase 90% dos brasileiros que desejam adquirir a casa própria. Contudo, além da taxa de juros que pode chegar a 11% ao ano, encarecendo o valor final, as instituições tendem a liberar até 80% do valor do imóvel. Com isso, cabe ao consumidor arcar com o restante mediante o pagamento da entrada.

Esse cenário, por sua vez, pode gerar alguns impedimentos para quem não possui recursos financeiras para pagar o percentual que não é financiado. Nestes casos, os consumidores tendem a buscar opções de crédito que permitam comprar casa sem entrada.

O que é escritura de imóvel?

É possível comprar casa sem entrada?

Sim, é possível comprar casa sem entrada, para isso, o consumidor pode utilizar o consórcio de imóveis, uma modalidade que funciona como um autofinanciamento coletivo. Sendo assim, diversos consumidores interessados em adquirir um bem do mesmo segmento formam um grupo de consórcio e, mensalmente, efetuam depósitos mensais a um fundo comum, através do pagamento das prestações. Essa quantia, então, é usada para a concessão da carta de crédito, que permite aos participantes comprar o imóvel.

Como comprar casa sem entrada?

Para comprar através do consórcio, o consumidor passará por algumas etapas, que explicaremos a seguir.

Pesquisa e simulação

Antes de tudo, o primeiro passo é verificar a reputação das administradoras que oferecem consórcio de imóvel. Para isso, recomenda-se consultar o site do Procon, ReclameAqui e perfis nas redes sociais, a fim de identificar quais os principais problemas apontados por clientes e a forma de resolução da empresa.

Escolhidas as empresas que melhor se adequam às expectativas, é preciso entrar em contato e solicitar uma simulação, que nada mais é do que informar à administradora o bem e valor desejado, bem como em quantas vezes deseja parcelar. De acordo com esses dados iniciais, a empresa realiza os cálculos e apresenta uma ou mais ofertas de consórcio.

Na FinanZero, por exemplo, é possível ter acesso a até 10 ofertas diferentes com apenas um cadastro, porque contamos com dezenas de parcerias. Para ter acesso, é só preencher o formulário e aguardar, pois em minutos serão disponibilizadas as opções através do e-mail cadastrado. O processo, inclusive, é totalmente online e gratuito e o formulário pode ser acessado aqui.

Adesão ao consórcio de imóveis

A adesão ocorre mediante a assinatura do contrato, que deve ser lido atentamente. A partir daí, o consorciado inicia o pagamento das prestações e pode participar das assembleias, que são as reuniões em que ocorrem as contemplações da carta de crédito. Essa, por sua vez, é constituída das quantias pagas por todos os participantes mensalmente.

Lei do Consórcio: tudo que você precisa saber

Participação nas assembleias e contemplação

Como dito, a contemplação ocorre nas assembleias, que é quando o consorciado recebe a carta de crédito e pode adquirir o bem. Há, de modo geral, duas formas de ser contemplado: participar de todos os sorteios e aguardar ser sorteado, ou ofertar um lance. Nessa segunda opção, os consorciados que não foram sorteados podem oferecer lances, de acordo com as regras estabelecidas em contrato.

Se o lance for aceito, o participante contemplado terá até cinco dias úteis para pagar o boleto, com o valor correspondente ao que foi oferecido. Essa quantia será abatida do saldo devedor, pois funciona como um adiantamento de pagamento.

A oferta de lance está sujeita à liberação da administradora, que somente a fará se houver recursos suficientes disponíveis no fundo comum, de modo que não interfira negativamente. Além disso, somente poderão participar dos sorteios e lances os consorciados que estiverem com o pagamento das mensalidades em dia.

Entrega de documentos e análise de crédito

No momento de formalização do contrato, o consumidor apresenta documentos pessoais, contudo, após ser contemplado, é comum que esses itens sejam solicitados novamente, numa versão atualizada. Os documentos exigidos, são:

  • documento de identificação com foto;
  • CPF;
  • comprovante de renda, que pode ser holerites, extratos bancários, contrato de trabalho, Decore e entre outros;
  • cópia da declaração do Imposto de Renda;
  • comprovante de residência, como contas de consumo, fatura do cartão de crédito ou boleto de condomínio;
  • comprovante de estado civil, portanto, certidão de nascimento para solteiros e certidão de casamento para os casados;
  • matrícula do imóvel e certidão de IPTU;
  • proposta de venda.

A administradora fará a análise de crédito, e se o consumidor estiver com o nome sujo, a carta de crédito é bloqueada, e somente será liberada quando regularizar o CPF. Por outro lado, se não houver pendências, a carta será liberada em até 7 dias, normalmente.

Liberação da carta de crédito e compra da casa

Após a carta de crédito ser liberada, o consumidor poderá apresentá-la à empresa ou pessoa física, caso o contrato permita, que efetuará a venda da casa. A administradora será a responsável por efetuar o pagamento ao vendedor, porque o consorciado não tem acesso ao dinheiro, somente ao documento que corresponde à quantia disponível.

Se após a contemplação, seja via sorteio ou lance, o participante ainda possuir parcelas a serem pagas, a administradora poderá exigir que a casa adquirida ou qualquer outro bem seja usado como garantia, através da alienação fiduciária. Na prática, isso significa que se o consumidor deixar de pagar as prestações, a empresa poderá tomar o bem e leiloá-lo, a fim de quitar o saldo devedor.

Como escolher o melhor seguro para caminhonete?

Quais as vantagens de comprar casa com consórcio?

Assim como em qualquer operação financeira, o consórcio de imóvel conta com aspectos positivos e negativos, que devem ser observados pelos consumidores interessados. A seguir, listamos os principais.

Não precisa pagar entrada: conforme mencionado ao longo do texto, no consórcio de imóvel é possível comprar casa sem entrada, logo, o interessado tem a possibilidade de melhor se organizar com as finanças e buscar por ofertas que caibam em seu orçamento.

É possível usar o FGTS: o consórcio de imóvel permite que trabalhadores com saldo disponível na conta FGTS utilizem parte ou todo o valor para complementar a carta de crédito, pagar um lance ofertado e aceito e liquidar ou amortizar o saldo devedor.

A aquisição da casa pode demorar: diferente do financiamento, que após a formalização do contrato o dinheiro é liberado e o consumidor pode adquirir o bem, no consórcio o processo de compra tende a ser mais demorado, isso porque, se o participante não possuir recursos suficientes para ofertar um lance, deverá aguardar ser sorteado.

É isento de juros: por não se tratar de um empréstimo, o consórcio é isento de juros. Dessa forma, ainda que haja a taxa de administração, que funciona como uma remuneração à administradora, o valor final do contrato ainda tende a ser mais baixo, se comparado ao financiamento, por exemplo.

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixa nos comentários que a gente te ajuda. Ah, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero.

Próximo artigo

Como escolher o melhor seguro para caminhonete?

Veja cinco dicas sobre como escolher o melhor seguro para caminhonete, qual é o custo médio do serviço e como calculá-lo de forma online.

Ler artigo completo

0 respostas para “Como comprar casa sem entrada?”:

  1. Não existe nenhum comentário nesse post ainda. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navegue por:

Benefícios do GovernoCréditoDestaquesFinanças PessoaisImpostosMercadoNegócios
PáginasFlip – Empréstimo para Pessoa JurídicaZippi – Empréstimo para Pessoa JurídicaJuvo – Empréstimo com garantia de celularBanco Inter – Crédito Consignado OnlineMycon – Consórcio OnlineFortBrasil – Cartão de CréditoSeguro de AutomóvelCrefaz – Empréstimo OnlineFinanciamento imobiliário – FinanZeroConsórcio de serviçosWill Bank – Cartão de Crédito OnlineBrasilCard – Cartão de Crédito OnlineQred: Empréstimo Empresarial OnlineCréditoJá – Refinanciamento de Imóvel OnlineNovo Saque: Crédito Pessoal OnlineFinnsaúde – crédito para saúdeConsórcio de imóveisConsórcio de automóveisApê 11 – Financiamento Imobiliário OnlineQindin – serviços onlineSuperdigital – serviços 100% onlineMister Money – Empréstimo onlineFinanZero- uma nova parceria ParcelexZanTomPay – Soluções em pagamentosZanTom – Empréstimo OnlineBLU365 – Empréstimo onlineTopsolus – Soluções financeiras online98 Pay – Soluções para pagamentosAqui Tem Cred – Empréstimo OnlineAmbler Bank – Empréstimo OnlineL&M – Consultoria em meios de pagamentoRodobens – Empréstimo com garantia de imóvelup.p – Antecipe seu FGTSJeitto – Crédito para pagar suas contas do mêsJBcred – Empréstimo Pessoal OnlineCentral da Visão – Procedimentos mais acessíveisQery – Empréstimo Pessoal OnlineVivo Valoriza EmpresasZema – Empréstimo Pessoal OnlineQista – Empréstimo Pessoal OnlineEmpréstimo com garantia de imóvelCapital Empreendedorhome 2022 teste abEmpréstimo com garantia de veículoEmpréstimo com Garantia de CelularEmpréstimo para MEISimulador de Empréstimo OnlineHome EquityEmpréstimo FGTSEmpréstimo para empresas
Solicite seu empréstimo