Capital de giro: o que significa, sua importância, qual banco oferece e como o microempreendedor individual (MEI) pode adquiri o valor

De acordo com os dados do Serasa Experian, de janeiro a junho de 2021 foram registrados cerca de 2.070.817 novos negócios, batendo o recorde de nascimento de MEIs. O Microempreendedor Individual (MEI) é caracterizado pelas pessoas jurídicas que possuem o próprio negócio, sendo uma empresa de pequeno porte, com um limite de faturamento de 81 mil ao ano.

Com o alto número de profissionais dessa área algumas dúvidas sobre o assunto podem surgir, em especial sobre o capital de giro, quantia relacionada ao funcionamento de uma empresa. A seguir estão as principais questões sobre o tema a fim de explicar a relação entre ambos e sanar as possíveis dúvidas entre os profissionais e os demais cidadãos interessados no tema.

O que é capital de giro?

O capital de giro é um valor destinado a continuidade de uma empresa, isso significa que é uma quantia utilizada para pagar as despesas, como:

  • Pagamento de fornecedores;
  • Aluguel do espaço;
  • Manter o estoque;
  • Pagar Imposto;
  • Pagamento de salário dos funcionários;

Dessa forma, o termo se refere ao valor destinado ao pagamento de todos os gastos que uma empresa possui para continuar funcionando. O capital de giro pode ser utilizado para o pagamento das despesas totais de um curto período de tempo, como um mês. Além disso, o valor deve ter cerca de 5% de reserva de emergência, o que significa que 5% do valor total deve ser guardado para despesas inesperadas.

Vai ter cartão do benefício Auxílio Brasil?

Sou MEI Preciso de capital de giro?

O capital de giro possui algumas vantagens que podem contribuir com o bom funcionamento de uma empresa. Com o valor reservado, o microempreendedor garante que terá o dinheiro suficiente para manter o seu negócio em situações adversas, como:

  • Crises financeiras;
  • Diminuição do número de vendas;
  • Compras necessárias inesperadas;
  • Oportunidades de compra e venda de algum produto;

Além disso, essa quantia pode gerar uma boa reputação em relação a investidores da empresa, já que indica um planejamento e plano em situações inesperadas. Por isso, o recomendado é que o MEI possua essa reserva e aumente as chances de sucesso de sua empresa.

Quais bancos oferece capital de giro para MEI?

O capital de giro pode ser adquiro por meio de um empréstimo para MEI. Existem muitos bancos que oferecem essa modalidade, a seguir estão listados algumas instituições que podem contribuir com o empreendedor:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Brasil;
  • Santander;
  • Itaú;
  • Bradesco;

Além disso é possível encontrar e analisar as ofertas disponíveis para essa modalidade no site da FinanZero, basta seguir os passos abaixo:

  1. Entre no site da FinanZero;
  2. Escolha o valor que deseja emprestado no simulador encontrado ao abrir o site, o valor pode ser escolhido ao movimentar a linha ou nos botões de (-) para diminuir ou no (+) para aumentar o valor;
  3. Após a escolha do valor clique em “Avançar”;
  4. Informe os dados pessoais que serão solicitados e aguarde as propostas serem enviadas;

Após seguir os passos é possível receber até 10 ofertas pré-aprovadas e escolher a que melhor se encaixa na realidade do microempreendedor. Vale a pena mencionar que existem diferentes modalidades de empréstimo, cada uma com condições diferentes e então o solicitante pode buscar outras opções de crédito para analisar a melhor proposta.

Acesse, simule e garanta já o capital de giro para a sua empresa

Quanto deve ser o capital de giro de uma empresa?

O recurso deve ser utilizado para o pagamento de todas as despesas da empresa. Então, essa quantia pode variar e deve ser calculada pelo dono do negócio, levando em consideração os gastos mensais e a reserva de emergência. Dessa maneira, o empreendedor deve considerar os seguintes gastos:

  • Todas as despesas da loja;
  • O valor gasto com o estoque dos produtos;
  • Impostos e demais taxas que devem ser pagas;

Somando todos os valores e reservando uma porcentagem de reserva o MEI obtém o valor necessário para manter a sua loja. Por isso, a quantia total varia de negócio para negócio e deve ser feita de forma individual, pensando em todas as despesas da empresa.

Como conseguir capital de giro para empresa MEI?

Conforme mencionado, é possível conseguir o valor por meio de instituições financeiras, que oferecem a modalidade para os microempreendedores individuais. Para solicitar essa modalidade basta que o indivíduo busque pelas instituições que deseja, analise as ofertas e verifique o processo de aquisição. O recomendado é que o empreendedor aceite a oportunidade mais vantajosa para sua atual situação.

Além disso, uma outra opção para o MEI é adquiri a quantia desejada por meio do lucro de sua empresa. Com organização financeira é possível guardar uma determinada porcentagem do ganho do negócio até ter o valor do capital de giro. Essa ação possui vantagens, como o não pagamento de juros que os empréstimos oferecem, contudo também é uma opção mais demorada e que depende do valor de ganho da empresa.

Como sacar o FGTS rescisão?

E então, restou mais alguma dúvida sobre como conseguir capital de giro para empresa MEI? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.