INSS ampliou a prova de vida digital para 5,3 milhões de beneficiários, confira como fazer o procedimento

Nesta semana o governo ampliou o projeto piloto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que permite fazer a prova de vida anual por meio de um aplicativo no celular.

Basicamente, a prova de vida digital é feita por biometria facial e, por isso, o beneficiário não precisa ir até o banco presencialmente, onde normalmente é feito o procedimento.

No entanto, por enquanto, o acesso ao serviço só está liberado para segurados que tenham carteira de motorista ou título de eleitor. Isso porque para realizar a biometria facial, o INSS utiliza dados do Departamento Nacional de Trânsito e do Tribunal Superior Eleitoral.

Peça uma cotação grátis e receba ofertas de empréstimo de até 10 parceiros FinanZero!

Como funciona a prova de vida digital?

Como dito anteriormente, por enquanto, o INSS realiza a biometria facial a partir da base de dados do Departamento Nacional de Trânsito e do Tribunal Superior Eleitoral.

A prova de vida digital está disponível no aplicativo MeuGov.br, que tem diversos serviços do governo. O serviço está disponível para celulares Androids ou com sistema iOS.

Confira também – Aposentado pode sacar FGTS? Saiba quais os direitos

Passo a passo para fazer a prova de vida digital

De acordo com o INSS, depois de baixar o aplicativo, o beneficiário precisa seguir o passo a passo:

  • Conferir os dados pessoais;
  • Clicar em “autorizar” e, em seguida, em “realizar validação”;
  • Depois disso, o aplicativo vai solicitar que o beneficiário libere tirar fotos e gravar vídeos, nesse passo é necessário clicar em “permitir”;
  • Por fim, forneça alguns dados solicitados pelo aplicativo.

Depois disso, o aplicativo vai fornecer algumas dicas para que o segurado faça a prova de vida digital. Como, por exemplo:

  • estar em um ambiente iluminado;
  • não ter pessoas ou objetos ao fundo;
  • deixe o rosto visível, por isso, evite usar chapéu e óculos de sol;
  • por fim, apoie o celular em uma superfície firme e se precisar peça ajuda para alguma pessoa.

Além disso, caso sinta alguma dificuldade em fazer a prova de vida digital, o INSS disponibilizou um vídeo com instruções de como realizar todo o processo. Caso queira assistir, basta clicar aqui.

O que é prova de vida?

A prova de vida do INSS é um procedimento obrigatório que todos os segurados do instituto devem cumprir.

Em resumo, o processo é realizado para que o beneficiário comprove que está vivo e, por isso, pode continuar recebendo o benefício do INSS.

O serviço é obrigatório por ser uma forma do instituto conseguir evitar pagamentos indevidos e fraudes.

Saiba mais em – INSS: projeto de prova de vida digital. Entenda

Com que frequência sobre obrigado a fazer a prova de vida?

De acordo com o INSS, o segurado precisa comprovar ao instituto que está vivo uma vez ao ano. Por isso, normalmente, o procedimento acontece no mês de aniversário do beneficiário.

Mas, por conta da pandemia do coronavírus, isso não está sendo seguido a risca. Por isso, é necessário conferir com o INSS quais são as regras e condições antes de seguir com o procedimento.

Por fim, ficou com mais alguma dúvida sobre a prova de vida digital do INSS? Deixe nos comentários e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.