PIX: como resgatar um PIX feito de forma errada, por quais razões o valor pode ser devolvido e como evitar golpes usando a forma de pagamento

O PIX, forma de pagamento lançada pelo Banco Central, tem sido muito utilizado pela população brasileira desde que foi anunciado em novembro de 2020. Segundo o seu criador, entre novembro de 2020 e abril de 2021 são 404 milhões de usuários que cadastraram o PIX em instituições financeiras que oferecem a modalidade.

Com a grande quantidade de usuários, o PIX vem adicionando em seus serviços mais inovações para trazer, cada vez mais, praticidade aos que fazem uso do serviço. Dessa forma, para novembro de 2021 o PIX anuncia mais uma inovação, o novo mecanismo de devolução em casos de fraude com o uso da forma de pagamento. Abaixo estão as principais questões sobre o assunto de devolução de dinheiro com o PIX.

Posso deixar de pagar meu aluguel no período da pandemia?

Como resgatar PIX errado?

É comum que ao realizar um PIX os cidadãos possam se enganar e fazer transferências para pessoas ou lugares errados. Veja abaixo o que fazer em determinadas situações e o que vai mudar com o novo mecanismo do PIX.

Resgate do PIX para transferências

Realizar transferências de forma equivocada, seja por chaves erradas ou em casos em que não foi o cidadão que realizou a transferência, são ações comuns entre os usuários do PIX. Assim, para que o valor seja resgatado é preciso entrar em contato com a instituição financeira que realizou a transferência do dinheiro e solicitar que ele seja devolvido.

Contudo, o processo de devolução do valor pode demorar já que é uma situação em que o cidadão fica a disposição da instituição financeira que realizou a transferência, sendo o processo parecido com os erros de DOCs ou TEDs. Uma outra alternativa para que a devolução aconteça é entrar em contato com o recebedor do valor e tentar uma negociação.

Porém, em casos de golpes ou fraudes a situação é mais delicada e o acordo pode não resolver a situação.

Resgate do PIX para compras

Para casos em que acontece algum problema com compras feitas e pagas por PIX, o cliente deverá resolver, primeiramente, com o estabelecimento em que a compra foi realizada. Isso porque cada estabelecimento possui as suas políticas de devolução do valor.

Caso o problema seja que a compra efetuada não foi realizada pelo dono do PIX é preciso entrar em contato com a instituição financeira que realizou a transferência e solicitar que a compra seja cancelada e informar o uso indevido de seu PIX.

O que muda com o mecanismo especial de devolução do PIX?

O novo mecanismo de devolução do PIX tem como objetivo facilitar as devoluções em casos de golpes e fraudes que aconteçam com seus usuários. Segundo o Banco Central o que se espera é um mecanismo que padronize os processos de devolução, tornando-os assim mais ágeis e garantindo que o valor que foi enviado indevidamente seja devolvido.

Ao que sabe, até o momento, o novo mecanismo será lançado em novembro de 2021, mais especificamente no dia 16 pois nessa data o PIX comemora 1 ano desde o seu lançamento. Com isso, serão anunciadas informações mais detalhadas sobre a nova função.

Como pausar o financiamento habitacional da Caixa?

Porque o PIX é devolvido?

Os valores transferidos por PIX podem ser devolvidos nas seguintes situações:

  • Golpes, com clonagem de WhatsApp e entre outras que faze com que o usuário seja enganado e faça transferências;
  • Transferências feitas para chaves erradas do PIX;
  • Problemas com compras que foram pagas pelo PIX;

Diante dessas situações é possível recorrer e tentar comprovar o golpe sofrido ou a devolução diante de envio para a conta errada. Entretanto, existem ações que podem ser tomadas para que os golpes e erros sejam evitados, como listado no tópico a seguir.

O PIX cobra taxa por transferência?

Como evitar golpes no PIX?

Existem muitas formas de golpe relacionadas ao Pix, como roubo de dados, clonagem do WhatsApp, falsas centrais de atendimento e falsas informações sobre a forma de pagamento que são compartilhadas na internet alegando um ganho de dinheiro ao fazer alguma transferência. Por isso, é importante estar atento e tomar algumas atitudes no dia a dia que podem evitar esse tipo de transtorno, como:

  • Ativar a verificação do WhatsApp em duas etapas, pois isso diminui as chances de clonagem do aplicativo;
  • Não informar dados pessoais e bancários por telefone;
  • Verificar a veracidade de pedidos de transferências bancárias antes de realiza-las;
  • Não enviar nenhum código recebido no celular por mensagem;
  • O selo de verificação deve ser confirmado em conversas de WhatsApp e contas nas redes sociais;
  • Cadastre a chave do Pix apenas em sites confiáveis de instituições financeiras ou aplicativo oficial;
  • Compartilhe senhas ou códigos somente em sites oficiais ou aplicativo de bancos;
  • Conferir se os dados e informações da conta para onde está sendo feita a transferência são corretos;

Vale ressaltar que muitos golpes são aplicados com falsas promessas de ganho de dinheiro ao realizar transferências. Os golpistas por meio das redes sociais editam vídeos e imagens que fazem com que as suas falam pareçam ser reais e por isso é preciso estar atento e não acreditar em ganho fácil de dinheiro.

Como evitar golpes no PIX?

E então, restou mais alguma dúvida sobre como funciona a devolução do PIX? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.