Bolsa trabalho: o que é, como funciona, quem tem direito, quais municípios fazem parte e como fazer a inscrição no novo programa do Governo

Com a economia desfavorável em decorrência da pandemia do Covid-19, a taxa de desemprego atinge 14,4% no ano de 2021, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso o Governo Federal busca alternativas para manter a renda da população brasileira, principalmente daqueles que se veem mais prejudicados. O auxílio emergencial, benefício emergencial e o auxílio gás são exemplos de programas que contribuem para a vida financeira da população no momento de crise.

O bolsa trabalho é mais um benefício que tem como finalidade o amparo da sociedade, principalmente em relação a empregabilidade e profissionalização. Por isso, abaixo estão as principais questões sobre o tema, a fim de sanar as eventuais dúvidas que podem surgir entre os cidadãos que irão participar do programa.

Como transferir dinheiro do TikTok pelo PIX?

O que é o bolsa trabalho?

O bolsa trabalho é um programa que tem como objetivo gerar renda, ocupação, qualificação e empregabilidade para a população brasileira mais vulnerável. O novo programa contará com o apoio das prefeituras e pretende alcançar e amparar cerca de 120 mil pessoas. Por enquanto o programa está sendo implementado apenas no Estado de São Paulo.

Como funciona o bolsa trabalho?

O bolsa trabalho é um benefício que faz parte do bolsa do povo, um programa instituído pelo Governo Federal a fim de ser um amparo aos cidadãos brasileiros que se encontram em situações de vulnerabilidade social. Seu funcionamento consiste na oportunidade de trabalho para os indivíduos participantes, de acordo com os municípios e o oferecimento de cursos profissionalizantes.

Os participantes do programa irão trabalhar para os órgãos públicos de seus respectivos municípios e receberão uma bolsa-auxílio de R$ 535 até o final do bolsa trabalho. Dessa forma, a remuneração será paga por 5 meses, tempo total de duração do benefício, assim como o oferecimento dos outros amparos, como emprego e cursos. O inicio previsto para o programa será no dia 15 de setembro de 2021, por enquanto as inscrições já estão em andamento.

Os cidadãos interessados terão que escolher entre os 6 cursos oferecidos, cada um com duração de 80 horas e que serão oferecidos pela Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo). Os cursos disponíveis para escolha são:

  • Auxiliar de Controle de Produção de Estoque;
  • Gestão Administrativa;
  • Gestão de Pessoas;
  • Organização de Eventos;
  • Rotinas e Serviços Administrativos;
  • Secretariado e Recepção;

Como emitir um boleto pelo WhatsApp do Banco do Brasil?

Quem tem direito ao bolsa trabalho?

Para participar do novo benefício, o cidadão precisa se encaixar em algumas categorias, como:

  • Estar desempregado;
  • Ter mais do que 18 anos de idade;
  • Não ser beneficiário do seguro-desemprego ou outro programa assistencial;
  • Ter renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 550, considerando o atual salário mínimo);
  • Ser residente do Estado de São Paulo a no mínimo 2 anos;
  • E ter apenas 1 beneficiário por núcleo familiar;

Quais municípios fazem parte do bolsa trabalho?

Segundo o Governo Federal mais de 500 cidades já aderiram ao programa, as distribuições das vagas de empregos irão levar em consideração o número de pessoas em situações de vulnerabilidade. Os municípios que aderiram ao programa devem anunciar as etapas do processo para os cidadãos. Contudo, como comentado, apenas o Estado de São Paulo está com a implementação do programa, ainda não se sabe se os demais estados irão participar da iniciativa.

Como me inscrever no bolsa trabalho?

Os cidadãos que possuem o direito de se inscreverem, ou seja, que se encaixam nas categorias mencionadas, devem fazer a inscrição pelo site bolsadopovo.sp.gov.br informando todos os dados que são solicitados. O período determinado para que as inscrições aconteçam é do dia 24 a 30 do mês de agosto e as convocações para a participação do projeto devem acontecer entre os dias 8 a 10 do mês de setembro. Serão feitas análises para definir a participação dos inscritos no programa.

Qual o calendário da 6ª parcela do auxílio emergencial 2021?

E então, restou mais alguma dúvida sobre como se inscrever no bolsa trabalho? Se sim, deixe aqui o seu comentário que nós lhe ajudamos.

Além disso, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.