Não é preciso esperar ter o pedido de crédito negado para descobrir que seu nome está sujo. Explicamos aqui como consultar seu CPF de forma gratuita e sem sair de casa.

Composto por algumas palavrinhas simples, o nome tem grande importância no nosso dia a dia. Juntamente com outros documentos, como RG e CPF, é por meio dele que a gente se apresenta e se identifica. Já na hora de conseguir um empréstimo.

Ele pode ser a diferença para ter o pedido aprovado e com condições vantajosas. E é por essas e por outras que tanta gente se preocupa e se pergunta: “como saber se meu nome está sujo”?

Para não ter que passar pelo perrengue de descobrir que o nome está sujo no próprio banco ou mesmo em um estabelecimento comercial. É possível fazer a consulta do seu CPF de forma gratuita e pela internet. Saiba como fazer isso e que medidas você pode adotar para deixar e manter seu nome sempre limpo.

Por que é mais difícil conseguir crédito com o nome sujo?

Pois saiba que, com as instituições financeiras, não é muito diferente. Antes de emprestar a grana, é importante para elas buscar alguma segurança de que você vai conseguir pagar o que está pedindo.

Portanto, após o pedido de empréstimo, é feita uma análise de crédito. Nesta etapa, as instituições avaliam uma série de fatores. Como renda mensal, estabilidade e, claro, se existe restrição no seu CPF.

Quando alguém nos pede dinheiro emprestado, é sempre uma saia justa. Mas, que a verdade seja dita: é muito mais fácil emprestar para alguém conhecido e que sabemos ter o hábito de pagar as dívidas, do que para alguém distante e/ou com fama de mau pagador, não é mesmo?

Em caso positivo, é como se seu nome acendesse um sinal de alerta! Isto é, os bancos e financeiras entendem que você não tem sido um bom pagador e redobram a atenção antes de conceder o crédito. Por isso, a análise tende a ser bem detalhada e criteriosa.

Veja também – Faça a simulação do seu crédito pessoal com segurança na FinanZero!

Teve seu empréstimo negado? A culpa pode ser do nome sujo!

Dependendo de sua situação financeira, clientes com o nome sujo podem ter seu pedido de crédito negado pelas instituições. No entanto, nem sempre fica claro o motivo da negativa e, com isso, vem a dúvida: como saber se meu nome está sujo?

Nesse sentido, é importante destacar que nenhum banco ou financeira é obrigado a conceder empréstimo para um cliente. Isso, mesmo que ele não tenha qualquer restrição em seu CPF!

Porém, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as empresas são obrigadas a informar a razão da negativa, o que pode incluir a verificação de nome sujo. Confira aqui uma matéria do nosso blog com outros critérios levados em conta na análise de crédito!

Como saber se meu nome está sujo de forma gratuita e pela internet

Se não quiser descobrir que seu nome está sujo só depois de ter o pedido de empréstimo negado, uma saída é fazer uma consulta prévia em um dos órgãos de proteção ao crédito. Como por exemplo, o Serviço Central de Proteção ao Crédito Boa Vista (SCPC) permite que a consulta seja feita de forma gratuita e sem sair de casa. Desse modo, basta acessar o site da instituição aqui.

Como as informações do seu nome não podem ficar expostas para todo mundo. Para saber se seu CPF está com restrição, é preciso se cadastrar e validar o registro por e-mail. Feito isso, na sua página, você também poderá conferir seu score de crédito, de acordo com a instituição financeira.

2 dicas para limpar seu nome na praça

Estar com o nome sujo cria uma série de empecilhos no cotidiano. Por exemplo, quem está negativado pode ter muita dificuldade para contratar um cartão de crédito. Alugar um imóvel ou até para abrir uma conta corrente em algum banco. Pensando nisso, abaixo nós separamos abaixo duas dicas de como você pode deixar seu nome limpo.

Procure um empréstimo para quitar as dívidasas

“Mas, vocês não disseram que quem está com o nome sujo pode ter seu pedido de empréstimo negado?”, é o que você pode estar pensando.
De fato, a análise de crédito é bem mais criteriosa para quem está com o nome sujo.

Mas existe sim a chance de você ter seu pedido aprovado. Porém, os juros tendem a ser mais elevados, já que a instituição não tem tanta certeza de que você fará o pagamento em dia e nem que quitará a dívida.

Para driblar esta desconfiança, uma dica é fazer um refinanciamento de imóvel ou de veículo. Ao deixar um bem de garantia, o banco ou financeira fica mais seguro ao emprestar a grana para você. Sendo assim, os juros da modalidade costumam ser menores.

Renegocie com os credores

Não conseguiu um empréstimo para quitar sua dívida à vista? Outra alternativa é tentar negociar diretamente com os credores. Ainda mais quando a dívida já é mais antiga. As empresas têm interesse em receber o valor devido mesmo que seja necessário conceder algumas regalias ao cliente. Por isso, podem acabar oferecendo linhas de crédito melhores para pagamento das contas em atraso.

Após a renegociação da dívida e pagamento da primeira parcela, as empresas são obrigadas a remover seu nome dos cadastros negativos.

Não espere a dívida caducar

Talvez, você já tenha ouvido falar que a dívida caduca depois de 5 anos, e é verdade. Mas, nem pense em esperar todo esse tempo para colocar as contas em dia! Mesmo que seu nome seja retirado dos serviços de proteção ao crédito.

A empresa para a qual você está devendo ainda poderá fazer cobranças. Além disso, seu histórico de pagamentos permanece disponível para outras empresas. O que pode tornar mais difícil conseguir crédito no futuro.

Ficou com mais alguma dúvida nome sujo? Deixe nos comentários, e não se esqueça de seguir a FinanZero nas redes sociais: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.