Infelizmente, estar negativado atualmente é uma realidade para milhões de brasileiros. Confira nesse post como saber se há alguma inadimplência no seu nome e o que fazer para mudar isso

De acordo com o SPC Brasil, até abril de 2020 já haviam mais de 60 milhões de brasileiros negativados no país. Isso porque, aproximadamente 40% da população está inadimplente e 1 em cada 4 brasileiros possuem algum tipo de restrição no próprio nome. O percentual de inadimplência sofreu um aumento de 2,91% se comparado ao ano anterior.

Desse total, mais de 55% das pessoas não sabem exatamente quanto estão devendo e 36% desconhecem a quantidade exata de empresas que as mesmas possuem alguma dívida. Esse dado foi extraído de um levantamento também realizado pelo SPC Brasil em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Com essas informações alarmantes, evidencia-se um descontrole significativo na quitação de dívidas dos brasileiros. Isto é, grande parte dos entrevistados não tem conhecimento básico acerca dos próprios pagamentos, como: quanto se deve e para quem se deve. Portanto, reunimos nesse post as principais informações sobre estar negativado e o que fazer para mudar essa situação.

Clique aqui e faça sua solicitação de empréstimo com a FinanZero.

O que significa estar negativado?

Popularmente conhecido como “ter o nome sujo”, estar negativado significa que o consumidor fez uma compra e o pagamento dela, está em atraso. Dessa forma, os órgãos de proteção ao crédito contabilizam essa inadimplência e o cliente fica restrito para investir em algumas transações como: solicitação de cartão de crédito, concessão de empréstimo, pedidos de financiamento e entre outros.

De modo geral, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) fica com restrições e os bancos ou instituições financeiras entendem que aquele cliente é um “mau pagador”. Por isso, é tão importante manter o pagamento de todas as dívidas em dia e não comprar mais do que se pode arcar. Investir em um planejamento financeiro e economizar no pagamento de pequenas taxas, pode fazer uma grande diferença no fim do mês.

Empréstimo: qual é o melhor tipo para negativados?

Qual a consequência de estar negativado?

Conforme mencionado, ao estar com o nome negativado devido ao não pagamento das dívidas, as instituições financeiras entendem que determinado consumidor é um “mau pagador”. Como consequência, há maior resistência em realizar operações bancárias pois acredita-se que não haverá um retorno do valor que foi concedido pelos bancos.

Além disso, as taxas de juros para negativados são mais altas nas operações de crédito. Isto é, as financeiras entendem que o consumidor negativado oferece um risco maior de inadimplência e dessa forma, aplicam taxas de juros mais altas sobre essas transações. Ou seja, além de ter mais dificuldade para fazer solicitações bancárias, os bancos aplicam maiores taxas para o consumidor negativado.

Qual o melhor site para comprar móveis?

Como saber se estou negativado?

Para poder saber se está negativado, o consumidor pode fazer a consulta através dos órgãos de proteção ao crédito que mencionamos anteriormente. Atualmente, existem três principais órgãos que regulamentam os CPF’s e apontam quais dívidas estão ligadas ao nome dos clientes. Então, são eles:

Além dos sites pela internet, os três bureaus de crédito (os “birôs”) também contam com aplicativos para smartphones disponíveis nos sistemas Android e IOS. Todos os exemplos citados são gratuitos (a versão premium é opcional) e o consumidor consegue acompanhar a lista de dívidas em próprio nome ou a pontuação do seu score.

O que é score?

Em resumo, o score é uma é uma pontuação que determina os hábitos de pagamento dos indivíduos perante o mercado de crédito. Essa pontuação pode variar de varia de 0 a 1.000 e quanto mais próximo do 0, há maior possibilidade do cliente ser inadimplente. Por outro lado, quando o score estiver próximo do 1.000, significa que o consumidor tem um bom perfil para pagamentos.

A pontuação do score é definida com base na coleta de diversos dados pessoais do consumidor, tais como: histórico de pagamento, vínculos profissionais, comprometimento da renda, compatibilidade das informações etc. Assim sendo, os bancos e financeiras fazem a análise na pontuação do cliente para definir se irão ou não conceder algum serviço de crédito que está sendo solicitado.

Taxa Selic em alta é bom ou ruim?

Como limpar meu nome?

Para que o consumidor possa “limpar seu nome sujo” e sair da margem de negativado, ele deverá entrar em contato com o estabelecimento que está devendo e negociar a melhor forma de pagamento. Isto é, cada loja possui uma política interna acerca das negociações e quitação das dívidas, por isso, o mais adequado é estabelecer as melhores condições diretamente com as instituições.

Todavia, essa não é a única forma de limpar o nome. Os órgãos de proteção ao crédito já mencionados – Boa Vista SCPC, Serasa e SPC – possuem em suas respectivas plataformas, condições para quem está negativado e quer pagar suas dívidas. Então, além de fazer a consulta das inadimplências pelos bureaus de crédito, também é possível quitar as contas atrasadas em parceria com esses órgãos.

Qual o novo valor do Bolsa Família?

Por fim, ficou com dúvidas sobre estar negativado? Se sim, deixe aqui nos comentários que a FinanZero te ajuda.

Ademais, siga a FinanZero nas redes sociais para mais dicas e para nos acionar quando quiser: @finanzero no Instagram, /FinanZero no Facebook e @finanzero no Twitter.